Fatores relevantes no processo de permanencia prolongada de discentes nos cursos de graduação presencial: um estudo na Universidade Federal do Espirito Santo

Alexandre Severino Pereira, Teresa Cristina Janes Carneiro, Gutemberg Hespanha Brasil, Maria Auxiliadora de Carvalho Corassa

Resumo


A permanencia prolongada no ensino superior e a condicao em que o estudante demanda um tempo maior do que o previsto na matriz curricular para conclusao do curso. Na Universidade Federal do Espirito Santo, 52,2% dos estudantes que deveriam se formar nos semestres de 2007/2 a 2012/1 ficaram retidos. O objetivo desta pesquisa foi identificar os fatores associados à retencao nos cursos de graduação presenciais visando propor acoes institucionais para reduzir o problema. A metodologia consistiu em comparar dois grupos de alunos, os retidos e os formados, por meio de um modelo de regressao logistica. Os resultados apontaram 21 fatores intervenientes no processo, dos quais os mais relevantes foram o “coeficiente de rendimento acumulado”, o “número de reprovacoes”, a “relação candidato/vaga no vestibular”, a “area do conhecimento do curso”, o “desempenho na segunda etapa do vestibular” e o “trancamento de curso”. 


Palavras-chave


Educação superior; Retencao discente; Permanencia prolongada; Regressao logistica

Referências


ASTIN, A. W. Student involvement: a developmental theory for higher education. Journal of College Student Personnel, v. 25, p. 297-308. 1984.

BEAN, J. P. Dropout and turnover: the synthesis and test of a causal model of student attrition. Research in Higher education, v. 12, p. 155-187. 1980.

BEAN, J. P.; METZNER, B. S. A conceptual model of nontraditional undergraduate student attrition. Review of Educational Research, v. 55, p. 485-540. 1985.

BRASIL, Ministerio da Educacao, Secretaria da Educacao Superior – SESu. Diplomacao, retencao e evasao nos cursos de graduacao em Instituicoes de Ensino Superior Públicas. Relatorio da Comissao Especial de Estudos sobre Evasao nas Universidades Públicas Brasileiras, ANDIFES/ABRUEM/SESu/MEC, 134p. 1997.

CABRERA, A. F.; CASTAÑEDA, M. B.; NORA, A.; HENGSTLER, D. The convergence between two theories of college persistence. Journal of Higher Education, v. 63, n. 2, p. 143-164. 1992.

CAMPELLO, A. de V. C.; LINS, L. N. Metodologia de analise e tratamento da evasao e retencao em cursos de graduacao de instituicoes federais de ensino superior. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO, 28., 2008, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Disponivel em: . Acesso em: 21 mar. 2013.

CORRAR, L.J.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J.M. (Coord.) Analise multivariada: para os cursos de administracao, ciencias contabeis e economia. Sao Paulo: Atlas, 2007.

CORREA, A. C. C.; NORONHA, A. B. Avaliacao da evasao e permanencia prolongada em um curso de graduacao em administracao de uma universidade pública. In: SEMINARIOS EM ADMINISTRACAO FEA-USP, 7., 2004, Sao Paulo. Anais eletrônicos... Disponivel em: . Acesso em: 10 mar. 2013.

DIAS, A. F. M.; CERQUEIRA, G. S.; LINS, L. N. Fatores determinantes da retencao estudantil em um curso de graduacao em engenharia de producao. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCACAO EM ENGENHARIA, 37., 2009, Recife. Anais eletrônicos... Disponivel em: . Acesso em: 14 mar. 2013.

FAVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. L. da; CHAN, B. L. Analise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisoes. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

FIELD, A. Descobrindo a estatistica usando o SPSS. 2. ed. Porto Alegre: Artmed. 2009.

HAIR, F.J.; BLACK, W. C,; BABIN, B.; ANDERSON, R. E.; TATHAN, R. L. Analise multivariada de dados. 6a ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

LAUTERT, L. V. dos S.; ROLIM, M.; LODER, L. L. Investigando processos de retencao no âmbito de um curso de engenharia eletrica. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCACAO EM ENGENHARIA, 39., 2011, Blumenau. Anais eletrônicos... Disponivel em: . Acesso em: 20 mar. 2013.

NORONHA, A. B.; CARVALHO, B. M.; SANTOS, F. F. F. Estudo do perfil dos alunos evadidos da faculdade de economia, administracao e contabilidade, campus Ribeirao Preto, e avaliacao do tempo de titulacao dos alunos atualmente matriculados. Texto para Discussao – Serie Administracao. Ribeirao Preto: FEA/USP, 2001. Disponivel em: < ftp://cpq.fearp.usp.br:2300/textos_discussao/adm/wp-a09.pdf >. Acesso em: 21 mar. 2013.

PASCARELLA, E. T. Student-faculty informal contact and college outcomes. Review of Educational Research, v. 50, n. 4, p. 545-595. 1980.

PEREIRA, A. S. Retencao discente nos cursos de graduacao presencial da UFES. 2013. 164 f. Dissertacao (Mestrado Profissional em Gestao Pública), Programa de Pos-Graduacao em Gestao Pública, Universidade Federal do Espirito Santo, Vitoria, 2013.

POLYDORO, S. A. J. O Trancamento de matricula na trajetoria academica do universitario: condicoes de saida e de retorno à instituicao. 2000. 179 f. Tese (Doutorado em Educacao), Programa de Pos-Graduacao em Educacao, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

RIOS, J. R. T.; SANTOS, A. P. dos; NASCIMENTO, C. Evasao e retencao no ciclo basico dos cursos de engenharia da Escola de Minas da UFOP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO DE ENGENHARIA, 29., 2001, Porto Alegre. Anais eletrônicos...Disponivel em: . Acesso em: 21 mar. 2013.

SOARES, I. S. Evasao, retencao e orientacao academica: UFRJ – Engenharia de Producao – Estudo de Caso. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCACAO EM ENGENHARIA, 34., 2006, Passo Fundo. Anais eletrônicos... Disponivel em: < http://www.abenge.org.br/CobengeAnteriores/2006/artigos/8_228_956.pdf >. Acesso em: 2 fev. 2013.

SPADY, W. G. Dropouts from higher education: an interdisciplinary review and synthesis. Interchange. v. 1, p. 64-85. 1970.

______. Dropouts from higher education: toward an empirical model. Interchange. v. 2, n. 3, p. 38-62. 1971.

TINTO, V. Dropout from higher education: a theoretical synthesis of recent research. Review of Educational Research, v. 45, n. 1, p. 89-125. 1975.

______. Leaving college: rethinking the causes and cures of student attrition. 2nd, Chicago: University of Chicago Press. 1993.

______. Classrooms as communities: exploring the educational character of student persistence. Journal of Higher Education. v. 68, n. 6, p. 599-624. 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362015000400009

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.