Gestao estrategica multicultural baseada no Balanced Scorecard em instituicoes de ensino

Saul Eliahú Mizrahi, Ana Ivenicki

Resumo


Este artigo apresenta os fundamentos para a construção de uma proposta de gestao estrategica para escolas de Ensino Basico com principios do Balanced Scorecard em uma abordagem multicultural, consolidando um conjunto integrado de procedimentos e recomendações metodologicas, de modo a promover a valorização da diversidade cultural para o sucesso escolar. Para atingir este objetivo, buscou-se identificar e analisar elementos que facilitam ou dificultam a gestao nesta perspectiva. As vantagens encontradas neste trabalho sao seu foco na melhoria institucional, proporcionando maior comunicação entre as partes. Apoia, assim, a realização dos objetivos de democratização da gestao do ensino.

Palavras-chave


Educação basica; Planejamento estrategico; Balanced Scorecard; Multiculturalismo

Referências


CANDAU, V. M. Multiculturalismo e educacao: desafios para a pratica pedagogica. In: MOREIRA, A. F.; CANDAU, V. M. (Org.). Multiculturalismo: diferencas culturais e praticas pedagogicas. Petropolis: Vozes, 2008.

CANEN, A. G.; CANEN, A. Logistics and cultural diversity: hand in hand for organisational success. Cross cultural management: an international journal, United Kingdom, v. 6, n. 1, p. 3-10, 1999.

CANEN, A. G.; CANEN, A. Multicultural competence and trust: a new road for logistics management Cross cultural management: an international journal, United Kingdom, v. 11, n. 3, p. 38-53, 2004.

CANEN, A. G..; CANEN, A. Multicultural Leadership: the costs of its absence in organizational conflict management. International Journal of Conflict Management, United Kingdom v. 19, p. 4-19, 2008.

CANEN, A. G.; CANEN, A. Organizacoes multiculturais: logistica na corporacao globalizada. Rio de Janeiro: Ciencia Moderna, 2005.

CARVALHO, D. E. Uma contribuicao para a elaboracao de mapas estrategicos: um estudo da aplicacao do metodo de analise e estruturacao de modelos (AEM). 2009. 138 f. Dissertacao (Mestrado)-Programa de Pos Graduacao em Administracao, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, 2009.

CORREA, A. C. O Balanced Scorecard como um sistema complexo adaptativo: uma abordagem quântica à estrategia. 2005. 361 f. Tese (Doutorado)-Faculdade de Engenharia de Producao, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, 2005.

DERRIDA, J. Forca de lei: o fundamento mistico da autoridade. Sao Paulo: WMF: Martins Fontes, 2007.

FIGUEIREDO, A. L. A. Selecao e contratacao de prestadores de servicos logisticos para uma empresa de midia de jornal: um estudo de caso. 2007. Dissertacao (Mestrado)-Pos-Graduacao em Engenharia de Producao Industrial, Pontificia Universidade Catolica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

FISHER, R.; URY, W.; PATTON, B. Como chegar ao sim: negociacao de acordos sem concessoes. 2. ed. Rio de Janeiro: IMAGO, 2005.

FRAGA, V. F. Gestao pela formacao humana: uma abordagem fenomenologica. Rio de Janeiro: Editora Impetus, 2003.

GONCALVES, M. A. S. Teoria da acao comunicativa de habermas: possibilidades de uma acao educativa de cunho interdisciplinar na escola. Educacao & Sociedade, Sao Paulo, ano 20, n. 66, p.125-140, abr. 1999.

HOFSTEDE, G. Culturas e organizacoes: compreender a nossa programacao mental. Lisboa: Silabo, 1997.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. A estrategia em acao: Balanced Scorecard. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Kaplan e Norton na pratica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004a.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Mapas estrategicos: Balanced Scorecard: convertendo ativos intangiveis em resultados tangiveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004b.

LIKERT, R.; LIKERT, J. G. Administracao de conflitos: novas abordagens. Sao Paulo: McGraw-Hill, 1979.

MOITA LOPES, L. P. Sexualidades em sala de aula: discurso, desejo e teoria queer. In: MOREIRA, A. F.; CANDAU, V. M. (Org.). Multiculturalismo: diferencas culturais e praticas pedagogicas. Petropolis: Vozes, 2008.

NIVEN, P. R. Balanced Scorecard passo a passo: elevando o desempenho e mantendo resultados. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2007.

PAMPLONA, A. A. Reflexoes para se pensar as diferencas: a experiencia de uma escola pública municipal. 2009. 187 f. Dissertacao (Mestrado)-Mestrado Profissional em Gestao do Patrimônio Cultural, Universidade Catolica de Goias, Goiânia, 2009.

PREEDY, M. et al. Gestao em educacao: estrategias, qualidade e recursos. Porto Alegre: Artmed, 2006.

SEMPRINI, A. Multiculturalismo. Bauru: Edusc, 1999.

SILVA, T. T. Curriculo e identidade social: territorios contestados. In: _____. (Org.). Alienigenas na sala de aula: uma introducao aos estudos culturais em educacao. Petropolis: Vozes, 2009.

STÜHLER, G. D.; ASSIS, M. D. P. Relacoes interpessoais: construindo um clima institucional positivo na escola. In: CANEN, A., SANTOS, A. R. (Org.). Educacao multicultural: teoria e pratica para professores e gestores em educacao. Rio de Janeiro: Ciencia Moderna, 2009.

TROMPENAARS, F. Nas ondas da cultura: como entender a diversidade cultural nos negocios. Sao Paulo: Educator, 1994.

VERGARA, S. C. Metodos de pesquisa em administracao. 2. ed. Sao Paulo: Atlas, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank