Instituicoes de formação profissional – historia e perspectivas: o projeto da nova institucionalidade da educação profissional brasileira dos anos 1990

Ronaldo Marcos de Lima Araujo

Resumo


Problematizamos o projeto da “nova institucionalidade da educação profissional”, presente em diferentes programas federais, gerados no Governo Fernando Henrique Cardoso, que pretendia promover uma renovação ampla da educação profissional brasileira. Focamos nos efeitos de diferentes programas de educação profissional sobre o quadro institucional da educação profissional em Belem-PA, no periodo de 1995 a 2003. Verificamos que estes programas se orientavam por referencias identificadas com o pragmatismo e que, por meio de observacoes e entrevistas, a renovação da educação profissional nao se efetivou e que o produto mais evidente do conjunto de acoes realizadas foi a reprodução do ideario, segundo o qual a educação profissional deve estar subordinada aos interesses fragmentados e imediatos do mercado. Finalizamos indicando que uma nova educação profissional ainda esta por ser construida.

Palavras-chave


educação profissional; Avaliação de politicas de educação profissional

Referências


ARAUJO, R. M. de L. InovaA§Aµes Organizacionais e QualificaA§A£o: os aspectos atitudinais da qualificaA§A£o. DissertaA§A£o (Mestrado)–Programa de Estudos PA³s-Graduados em HistA³ria e Filosofia da EducaA§A£o, PontifA­cia Universidade CatA³lica de SA£o Paulo, SA£o Paulo, 1996.

ARAUJO, R. M. de L. Desenvolvimento de competAancias profissionais: as incoerAancias de um discurso. 2001. 218f. Tese (Doutorado em EducaA§A£o)- Faculdade de EducaA§A£o da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2001.

ARAUJO, R. M. L. et al. A educaA§A£o profissional do ParA¡. BelA©m: EDUFPA, 2007.

BRASIL. PLANFOR: termos de referAancia. BrasA­lia, DF: MinistA©rio do Trabalho e Emprego, 1996.

CAMARGO, C. R. (Org.). ExperiAancias inovadoras de educaA§A£o profissional: memA³ria em construA§A£o de experiAancias inovadoras na qualificaA§A£o do trabalhador (1996-1999). SA£o Paulo: UNESP; BrasA­lia, DF: Flacso, 2002.

CUNHA, L. O Ensino de ofA­cios nos primA³rdios da industrializaA§A£o. SA£o Paulo: UNESP, 2000.

FLACSO. FACULDADE LATINO-AMERICANA DE CIAŠNCIAS SOCIAIS. Cadastro das Entidades de EducaA§A£o Profissional do Estado do ParA¡. BrasA­lia, DF: Flacso, 2000.

GALVAƒO, R. C. A FormaA§A£o Profissional do Sistema S no Contexto Paraense: RelatA³rio tA©cnico-cientA­fico de bolsista PIBIC-UFPA-CNPQ. BelA©m: [s.n.], 2006.

KUENZER, A. EducaA§A£o Profissional: categorias para uma nova pedagogia do trabalho DisponA­vel em: . Acesso em: 25 jul. 2000.

LEITE, E. O desfile dos atores no enredo da nova institucionalidade da educaA§A£o profissional no Brasil: um samba articulado?. Belo Horizonte: Texto, 1999.

MACHADO, L. R. de S. A institucionalizaA§A£o da lA³gica das competAancias no Brasil. DisponA­vel em : < nocaodecopmpetencias.hpg.bol.com>. Acesso em: 08 dez. 2002.

MELCHIOR, M. A construA§A£o de CompetAancias. In: ______. Da AvaliaA§A£o dos saberes A ConstruA§A£o de CompetAancias. Porto Alegre: Premier, 2003.

OLIVEIRA, M. T. C. Da formaA§A£o profissional A educaA§A£o para o trabalho e a cidadania: uma reflexA£o sobre as recentes transformaA§Aµes do pensamento do empresariado industrial brasileiro sobre a capacitaA§A£o profissional. 1998. 214p. DissertaA§A£o (Mestrado em EducaA§A£o), PontifA­cia Universidade CatA³lica de Rio de Janeiro, 1998.

PEREIRA, M. de O. A formaA§A£o de jovens no MunicA­pio de BelA©m realizada por ONGs em parceira com o Programa CapacitaA§A£o SolidA¡ria. 2003. DissertaA§A£o (Mestrado) –Programa de PA³s-graduaA§A£o em Mestrado de ServiA§o Social da UFPA. BelA©m: UFPA, 2003.

SANTOS, M. R. S. dos. EducaA§A£o profissional e TecnolA³gica. In:______. A contra-reforma da EducaA§A£o Superior: uma anA¡lise do ANDES-SN das principais iniciativas do governo Lula da Silva. BrasA­lia, DF: ANDES, 2004.

SUDAM. SUPERINTENDAŠNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZA”NIA. PNUD. PROGRAMA DAS NAA‡A•ES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO. FormaA§A£o profissional na AmazA´nia legal. BelA©m: SUDAM, 1996. 2 v.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank