Distribuicao espacial dos polos regionais do Cederj: uma analise estatistica

Keila Mara Cassiano, Fatima Kzam Damaceno de Lacerda, Carlos Eduardo Bielschowsky, Masako Oya Masuda

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo avaliar a abrangencia geografica da oferta de cursos superiores atraves da educação a distância pelo Consorcio Cederj no Estado do Rio de Janeiro. Trata-se de um estudo censitario, incluindo todos os alunos ativos dos cursos de graduação, em abril de 2012. Os dados referentes ao número de alunos e locais de residencia foram obtidos e, posteriormente, analisados pelo programa SPSS – Statistical Package for the Social Sciences. Foram calculados os Indices do Número de Alunos para Cada 1.000 Habitantes (IACMH) e de Alunos para Cada 1.000 Domicilios (IACMD), baseados nos dados disponibilizados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica, 2010. As analises foram feitas por municipio e por mesorregiao do Estado. A distância entre residencia e polo, para cada aluno, foi estimada atraves do Google Maps. Os resultados indicam que a missao inicial do Cederj, de oferecer ensino público e gratuito em regioes nao atendidas, ou pouco atendidas, pelas instituicoes públicas de Ensino Superior, tem sido adequadamente implementada.


Palavras-chave


Educação a distância; Democratização de acesso ao Ensino Superior; Polo de apoio presencial

Referências


ALONSO, K. M. A avaliacao e a avaliacao na educacao a distância. In: PRETI, O. (Org.). Educacao a distância: sobre discursos e praticas. Brasilia, DF: Liber Livro, 2005. p. 153-69.

AUTHIER, M. Apprendre à distance: le monde de l’education, de la culture et de la formation. France: [s.n.], 1998. (Hors-serie).

BARRETO, C.C. Etapas de producao de material didatico impresso para EAD: compartilhando uma experiencia. In: BARRETO, C.C. et al. Planejamento e elaboracao de material didatico impresso para educacao a distância. Rio de Janeiro: Fundacao CECIERJ, 2009. p. 243-69.

BIELSCHOWSKY, C.E. Educacao superior a distância: uma estrategia para avaliacao institucional. In: BRASIL. Ministerio da Educacao e Cultura, Secretaria de Educacao a Distância. Desafios da educacao a distância na formacao de professores. Brasilia, DF, 2006. p. 51-65.

FLINTE, V.; GRENHA, V; MACEDO, M.V. Frequencia dos alunos nas tutorias presenciais e seu desempenho academico em disciplinas de primeiro periodo do curso de Licenciatura em Ciencias Biologicas, CEDERJ. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCACAO SUPERIOR A DISTÂNCIA, 5., 2008, Gramado, RS. Anais... Disponivel em: . Acesso em: maio 2009.

GRANATO, T. M. et al. O destino dos alunos egressos de cursos oferecidos atraves do Consorcio CEDERJ: relatorio de pesquisa de egressos formados 2005-2009. Rio de Janeiro: Fundacao CECIERJ/Consorcio CEDERJ, 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA – IBGE. Censo demografico 2010: resultados do universo. Rio de Janeiro, IBGE, 2010. Disponivel em: . Acesso em: jan. 2012.

LACERDA, F. K. D. Contribuicoes da educacao a distância para a educacao ambiental: utilizacao da rede sociotecnica na analise das concepcoes de meio ambiente e saúde no Polo de Nova Friburgo. 2012. 292 f. Tese (Doutorado em Meio Ambiente) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

LITO, F.M. Aprendizagem a distância. Sao Paulo: Imprensa Oficial do Estado de Sao Paulo, 2010.

MEDEIROS, L. et al. Sistemas de tutoria em cursos a distância: programa interinstitucional de capacitacao em EAD para a UAB. Brasilia, DF: Secretaria de Educacao a Distância, 2007.

POLAK, Y. N. S. A avaliacao do aprendiz em EAD. In: LITTO, F. M.; FORMIGA, M. M. M. (Org.). Educacao a distância: o estado da arte. Sao Paulo, Pearson Education do Brasil, 2009. p. 153-60.

_______. Consorcio CEDERJ. Projeto politico pedagogico. Rio de Janeiro, 2000.

_______. Consorcio CEDERJ, Diretoria de Registro Escolar. Base de dados. Rio de Janeiro, 2012.

_______. Fundacao CECIERJ. Polos. Rio de Janeiro, 2012. Disponivel em: . Acesso em abr. 2013.

RIO DE JANEIRO (Estado). Lei no 5.597, de 18 de dezembro de 2009. Institui o Plano Estadual de Educacao - PEE/RJ, e da outras providencias. Disponivel em: . Acesso em: jan. 2012.

SALGADO, M. U. C. Caracteristicas de um bom material impresso para a educacao a distância. In: ALMEIDA, M. E. B.; MORAN, J. M. (Org.). Integracao das tecnologias na educacao: salto para o futuro. Brasilia, DF: Secretaria de Educacao a Distância, 2005. v. 1, p. 154-8.

TORI, R. Educacao sem distância: as tecnologias interativas na reducao das distâncias em ensino e aprendizagem. Sao Paulo: Editora Senac, 2010.

VALLE, L.; BOHADANA, E. Sobre presenca e distância: reflexoes filosoficas sobre a ead online. In: Reuniao da Associacao Nacional de Pos-Graduacao e Pesquisa em Educacao – ANPED, 33., 2010. Anais... Rio de Janeiro: ANPED, 2010. Disponivel em: . Acesso em: jan. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362016000100004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank