Avaliação da concessao legal de poder da escola de medicina da Universidade de Stanford: usando um amigo critico para melhorar a experiencia na residencia

David Fetterman

Resumo


A avaliação de concessao legal de poder foi adotada pela Escola de Medicina da Universidade de Stanford para participar da reforma curricular. Tambem foi usada para preparar um credenciamento em um site de visita. A avaliação de concessao legal de poder e uma forma guiada de autoavaliação. Ela foi selecionada, pois os principios e práticas de avaliação legal de poder correspondem harmoniosamente à natureza colaborativa e participativa da reforma curricular na escola. Este artigo destaca uma das mais importantes caracteristicas da avaliação de concessao legal de poder: o amigo critico. Este individuo possui experiencia em avaliação, porem serve como instrutor, conselheiro e guia em vez de "o perito". A avaliação esta nas maos das pessoas do programa, porem o amigo critico ajuda a manter o bom caminho e a rigorosidade. Como um indicador da importância desse papel, as avaliações dos alunos nas escalas de residencia selecionadas, onde um amigo critico foi solicitado para responder às preocupacoes dos alunos, resultou em um aumento significante na classificação dos alunos.

Palavras-chave


Concessao legal de poder; Avaliação; Avaliação de concessao legal de poder; "Amigo critico;" Classificação dos alunos

Referências


BOHM, D. On dialogue. London: Routledge, 1996. [ Links ]

COOKE, M. et al. American medical education 100 years after the Flexner report. The New England Journal of Medicine, Boston, MA, v. 355, n. 13, p. 1339-1344, 2006. [ Links ]

FETTERMAN, D. M. Foundations of empowerment evaluation. Thousand Oaks, CA: Sage, 2001. [ Links ]

FETTERMAN, D. M.; BOWMAN, C. Experiential education and empowerment evaluation: Mars Rover educational program case example. Journal of Experiential Education, St. Catherines, Ontario, v. 25, n. 2, p. 286-295, 2002. [ Links ]

FETTERMAN, D. M.; KAFTARIAN, S.; WANDERSMAN, A. Empowerment evaluation: knowledge and tools for self-assessment and accountability. Thousand Oaks, CA: Sage, 1996. [ Links ]

FETTERMAN, D. M.; WANDERSMAN, A. Empowerment evaluation: yesterday, today, and tomorrow. American Journal of Evaluation, Thousand Oaks, CA, v. 28, n. 2, p. 179-198, 2007. [ Links ]

FETTERMAN, D. M.; WANDERSMAN, A. Empowerment evaluation principles in practice. Thousand Oaks, CA: Sage, 2005. [ Links ]

PATTON, M. Toward distinguishing empowerment evaluation and placing it in a larger context: take two. American Journal of Evaluation, Thousand Oaks, CA, n. 26, p. 408-414, 2005. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.