Captando o significado do contexto para uma avaliação significativa

Thereza Penna Firme, Vathsala Stone, Ana Carolina Letichevsky, Angela Cristina Dannemann

Resumo


O ato de um individuo avaliado ser uma composicao única de atributos e necessidades e facilmente entendido. O menos obvio e que os programas tambem tem personalidades complexas por si mesmos, como os individuos que os compoem. Eles extraem as suas necessidades de seus proprios contextos, e dai encontram sentido na avaliação que opere nesses contextos singulares. O que e significativo para um programa pode nao ser para outro. A avaliação e influenciada pelo contexto do programa. Reciprocamente, ela pode influenciar o contexto tambem. O desafio e descobrir por completo o contexto com suas necessidades. Assim os resultados serao significativos para o programa em sua esfera de influencia. Tres tipos de contextos de avaliação da experiencia brasileira sao ilustrados e discutidos neste trabalho - um programa de grande visibilidade dentro de um contexto politico, um programa de baixa visibilidade em um contexto difuso, e um programa cujo contexto contem simultaneamente os dois componentes.


Palavras-chave


Avaliação significativa; Contexto do programa; Relação avaliação contexto

Referências


FETTERMANN, D. M. Foundation of empowerment evaluation. Thousand Oaks, CA: SAGE Publications, 2002.

HOUSE, E. R. Professional evaluation: social impact and political consequences. Thousand Oaks, CA: Sage Publications, 1993.

MERTENS, D. M. The inclusive view of evaluation: visions for the new millennium. In: DONALDSON, S. I.; SCRIVEN, M. (Ed.). Evaluating social programs and problems: visions for the New Millennium. Hillsdale, NJ: Lawrence Elbaum Associate, 2003.

PRESKILL, H. S.; CATSAMBAS, T. T. Reframing evaluation through appreciative inquiry. Thousand Oaks, CA: Sage Publications, 2006.

PRESKILL, H. S.; COGHLAN, A. Using appreciative inquiry in evaluation. New Directions For Evaluation, San Francisco, n. 100, p. 41-52, 2003.

STAKE, R. E. Standards-based & responsive evaluation. Thousand Oaks, CA: SagePublications, 2004.

STUFFLEBEAM, D. L,; MADAUS, G. F.; KELLAGHAN, T. Evaluation models. Boston: Kluwer Academic Publishers, 2000.

STUFFLEBEAM, D. L.; SHINKFIELD, A. J. Systematic evaluation. Boston: Kluwer Nujhoff , 1985.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank