Ideias e formação de agenda de uma reforma educacional

Carlos Vasconcelos Rocha

Resumo


Este trabalho busca demonstrar como a relação entre ideias, atores, instituicoes e interesses explicam a formação da agenda da reforma do sistema público de ensino de Minas Gerais das últimas decadas do seculo passado. Atores diversos em termos de ideologia e interesses compartilham um mesmo paradigma de reforma educacional, segundo os valores de descentralização e participação. Apesar disso, desenvolvem argumentos diferenciados.

Palavras-chave


Politicas públicas; Conhecimento; Formulação de politicas educacionais

Referências


ALMEIDA, M. Federalismo e politicas sociais. Revista Brasileira de Ciencias Sociais, Sao Paulo, n. 28, 1995. [ Links ]

BARBOSA, E. Implantacao de Qualidade Total na educacao. Belo Horizonte: UFMG, 1995. [ Links ]

BRASIL. Constituicao (1988). Constituicao da República Federativa do Brasil. Brasilia, DF: Senado Federal, 1988. [ Links ]

CASTRO, C. de M. Educação brasileira: consertos e remendos. Rio de Janeiro: Rocco, 1994. [ Links ]

DRAIBE, S.; HENRIQUE, W. Welfare State, crise e gestao da crise: um balanco da literatura internacional, Revista Brasileira de Ciencias Sociais, Sao Paulo, v. 3, n. 6, fev. 1988. [ Links ]

FARIA, C. Ideias, conhecimento e politicas públicas: um inventario sucinto das principais vertentes analiticas recentes. Revista Brasileira de Ciencias Sociais, Sao Paulo, v. 18, n. 51, p. 21-30, 2003. [ Links ]

FERRO, J. Toyotismo: adquirindo competitividade. Revista dos Metalúrgicos, Sao Paulo, ano 1, n. 1, dez. 1993. [ Links ]

GARCIA, H. Programa de educacao para o Governo Helio Garcia 1991/94. Belo Horizonte: [s. n.], 1990. [ Links ]

GIDDENS, A. As conseqüencias da modernidade. Sao Paulo: Ed. Unesp, 1991. [ Links ]

HAAS, P. Introduction: epistemic communities and international policy coordination. International Organization, v. 46, n. 1, p. 1-35, 1992. [ Links ]

HALL, P. Policy paradigms, social learning, and the state: the case of economic policymaking in Britain. Comparative Politics, New York, april, v. 25, n. 3, 1993. [ Links ]

HOBSBAWM, E. Era dos extremos: o breve seculo XX: 1914-1991. Sao Paulo: Cia. das Letras, 1995. [ Links ]

JOHN, P. Analysing public policy. London: Pinter, 1999. [ Links ]

JOLL, J. As ideias de Gramsci. Sao Paulo: Cultrix, 1977. [ Links ]

KUHN, T. As estruturas das revolucoes cientificas. Sao Paulo: Perspectiva, 1975. [ Links ]

MARES GUIA NETO, W. S. Educação e desenvolvimento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FINANCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO, 1. 1993, Sao Paulo. Trabalhos apresentados... Sao Paulo: Associacao de Instituicoes Financeiras de Desenvolvimento, 1993. [ Links ]

______. Informativo Pitagoras, Belo Horizonte, ano 1, n. 0, jun. 1991. [ Links ]

MATOSO, J. O toyotismo dentro e fora da fabrica. Revista dos Metalúrgicos, Sao Paulo, ano 1, n. 1, dez. 1993. [ Links ]

MATTOS, L. Democracia e colegiado de escola: qual democracia?. Rio de Janeiro: Ed. da UFRJ, 1998. [ Links ]

MINAS GERAIS. Constituicao (1989). Constituicao do Estado de Minas Gerais.Recivil, Belo Horizonte, 2003. Disponivel em: . Acesso em: 4 abr. 2011. [ Links ]

______. Secretaria de Educação. Plano Mineiro de Educação 1984/1987. Belo Horizonte, 1984a. [ Links ]

______. Proposta de reorganizacao da escola: ciclo basico. Belo Horizonte, 1984b. [ Links ]

RAMOS, C. Pedagogia da Qualidade Total. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1994. [ Links ]

______. Sala de aula de qualidade total. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1995. [ Links ]

ROCHA, C. Politica e mudanca institucional: a reforma da educacao pública de Minas Gerais. In: SOUZA, C.; DANTAS NETO, P. Governo, politicas públicas e elites politicas nos estados brasileiros. Rio de Janeiro: Revan, 2006. [ Links ]

RODRIGUES, N. Licoes do Principe e outras licoes. Sao Paulo: Cortez, 1995. [ Links ]

ROSE, R. Lesson-drawin in public policy. New Jersey: Chatham House, 1993. [ Links ]

SABATIER, P.; JENKINS-SMITH. Policy change and learning: an advocacy coalition approach. Boulder, CO: Westview Press, 1993. [ Links ]

SANTOS, W. A tragica condicao da politica social. In: ABRANCHES, S.; SANTOS, W.; COIMBRA, M. Politica social e combate à pobreza. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987. [ Links ]

SAVIANI, D. Os ganhos da decada perdida. Presenca Pedagogica, Sao Paulo, n. 6, nov./dez., 1995. [ Links ]

SENNETT, R. A corrosao do carater. Rio de Janeiro: Record, 1999. [ Links ]

SOARES, M. C. C. Banco Mundial: politicas e reformas. In: TOMMASI, L. O Banco Mundial e as politicas educacionais. Sao Paulo: Cortez, 1998. [ Links ]

TENDLER, J. Mitos da reforma do Estado e a descentralizacao: conclusoes de um estudo de caso no Brasil. In: MELO, M. Reforma do Estado e mudanca institucional no Brasil. Recife: Massangana, 1999. [ Links ]

TOMMASI, L. Financiamentos do Banco Mundial no setor educacional brasileiro: os projetos em fase de implantacao. In: ______. O Banco Mundial e as politicas educacionais. Sao Paulo: Cortez, 1998. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank