Gestao educativa gerencial: superação do modelo burocratico?

Sueldes de Araújo, Alda Maria Duarte Araújo Castro

Resumo


O estudo discute as mudancas ocorridas na gestao pública e suas repercussoes no campo educacional a partir da adocao do modelo flexivel de produção. Parte do pressuposto de que as modificacoes ocorridas nas sociedades contemporâneas foram influenciadas pela necessidade de reorganização do capital que, em crise, tentava superar o modelo taylorista/fordista de produção, por um modelo mais agil, mais flexivel que atendesse às atuais exigencias do mercado. Para a implementação da nova gestao pública, os paises latino-americanos passaram a utilizar estrategias que tinham, como referencia, o modelo empresarial e se baseavam em criterios de eficiencia, de eficácia e de produtividade. Nesse novo paradigma gerencial, defendia a substituicao do modelo burocratico de gestao por um modelo descentralizado, com foco no atendimento ao cliente. Essas diretrizes tiveram uma ampla repercussao no campo educacional e foram disseminadas pelos organismos internacionais. Os estudos evidenciam que o modelo de gestao gerencial nao tem conseguido superar o modelo de gestao burocratica que existia no interior da escola; o que se constata e a transformação desta em uma burocracia flexivel, coerente com o novo modelo de produção.

Palavras-chave


Gestao burocratica; Nova gestao pública; Gestao educacional

Referências


ABRUCIO, F. L. Os avancos e os dilemas do modelo pos-burocratico: a reforma da administracao pública à luz da experiencia internacional recente. In: BRESSER PEREIRA, L. C.; SPINK, P. (Org.). Reforma do Estado e administracao pública gerencial. 5. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003. [ Links ]

______. O impacto do modelo gerencial na administracao pública: um breve estudo sobre a experiencia internacional recente. Brasilia, DF, 1997. (Cadernos ENAP, n. 10). [ Links ]

ANTUNES, R. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmacao e a negacao do trabalho. Sao Paulo: Boitempo, 2000. [ Links ]

BRAVERMAN, H. Trabalho e capital monopolista: a degradacao do trabalho no seculo XX. 3. ed. Rio de janeiro: LTC, 1987. [ Links ]

BRESSER PEREIRA, L. C. Gestao do setor público: estrategia e estrutura para um novo Estado. In: BRESSER PEREIRA, L. C.; SPINK, P. (Org.). Reforma do Estado e administracao pública gerencial. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1998. [ Links ]

BRESSER PEREIRA, L. C. Gestao do setor público: estrategia e estrutura para um novo Estado. In: BRESSER PEREIRA, L. C.; SPINK, P. (Org.). Reforma do Estado e administracao pública gerencial. 5. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003. [ Links ]

BORGES, A. Licoes de reformas da gestao educacional: Brasil, EUA e Gra-Bretanha. Em Perspectiva, Sao Paulo, p. 78-79, 2004. Disponivel em . Acesso em: 12 jun. 2007. [ Links ]

CABRAL NETO, A.; CASTRO, A. M. D. A. Gestao Educacional na America Latina: delineamentos e desafios para os sistemas de ensino. In: EYNG, A. M.; GISI, M. L.(Org.). Politica e gestao da educacao superior: desafios e perspectivas. Ijui: Unijui, 2007. [ Links ]

CABRAL NETO, A.; RODRIGUES, J. Reformas educacionais na America Latina: cenarios, proposicoes e resultados. In: CABRAL NETO, A. et al. Pontos e contrapontos da politica educacional: uma leitura contextualizada de iniciativas governamentais. Brasilia, DF, Liber Livro, 2007. [ Links ]

CAMPOS, A. M. Accountability: quando poderemos traduzi-la para o portugues?. Revista Brasileira de Administracao Pública, Rio de Janeiro, p. 30-50, fev./abr. 1990. [ Links ]

CASTRO, A. M. D. A. Accountability: uma nova estrategia de controle da gestao escolar. In: CONFERENCIA INTERNACIONAL EDUCACAO, GLOBALIZACAO E CIDADANIA, 2008. Novas perspectivas da sociologia da educacao: trabalhos apresentados... Joao Pessoa: UFPB, 2008. Disponivel em: . Acesso em: 27 jun. 2008. [ Links ]

CLAD. La responsabilizacion ("accountability") en la nueva gestion pública latinoamericana. Buenos Aires, 2000. Disponible en: . Acceso en: 22 jan. 2007. [ Links ]

CLARKE, S. Crise do fordismo ou crise da social-democracia?. Lua Nova, Sao Paulo, n. 24, set. 1991. [ Links ]

DE ROSSI, V. L. Gestao do Projeto Politico-Pedagogico: entre coracoes e mentes. Sao Paulo: Moderna, 2004. [ Links ]

DECLARACAO Mundial Sobre Educacao Para Todos: satisfacao das necessidades basicas de Aprendizagens. Jomtien, Tailândia, 1990. Disponivel em: . Acesso em: 13 fev. 2007. [ Links ]

FONSECA, M. et. al (Org.). Escolas gerenciadas: planos de desenvolvimento e projetos politico-pedagogicos em debates. Goiânia: UCG, 2004. [ Links ]

FRIEDMAN, M. Capitalismo e liberdade. Sao Paulo: Nova Cultural, 1985. [ Links ]

GAJARDO, M. Reformas educativas en America Latina: balance de una decada. Chile: PREAL, 1999. [ Links ]

HADDAD, S.; SILVA, C. C. Educacao para Todos: licao de casa malfeita. Observatorio de Imprensa, Sao Paulo, 2000. Disponivel em: . Acesso em: 16 mar. 2011. [ Links ]

HARVEY, D. A condicao pos-moderna. Sao Paulo: Loyola, 1993. [ Links ]

HAYEK, F. A. O caminho da servidao. Traducao Anna Maria Capovilla, Jose italo Stelle e Liane de Morais Ribeiro. 5. ed. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1993. [ Links ]

MARCO de acao de Dakar. Educacao para Todos: atingindo nossos compromissos coletivos. Dakar, Senegal, 2000. Disponivel em: . Acesso em: 13 fev. 2007. [ Links ]

MARINI, C. Aspectos contemporâneos do debate sobre reforma da administracao pública: a agenda herdada e as novas perspectivas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DEL CLAD SOBRE LA REFORMA DEL ESTADO Y DE LA REFORMA DA ADMINISTRACION PUBLICA, 8., Panama, 2003. Anais... Panama, 2003. [ Links ]

OLIVEIRA, D. Regulacao das politicas educacionais na America Latina e suas conseqüencias para os trabalhadores docentes. Educacao e sociedade, Campinas, SP, v. 26, n. 92, out. 2005. [ Links ]

______. Regulacao educativa na America Latina: repercussoes sobre a identidade dos trabalhadores docentes. Educacao em Revista, Belo Horizonte, n. 44, dez. 2006. [ Links ]

UNESCO. Balance de los 20 años del proyecto principal de educacion en America Latina e el Caribe. Santiago, 2001. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank