A formação do professor da Educação Basica entre politicas públicas e pesquisas educacionais: uma experiencia no Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais

Ademilson de Sousa Soares

Resumo


O estudo apresenta reflexoes acerca da natureza do oficio de professor, reafirmando o valor da pesquisa educacional como elemento de ligação entre a formação inicial do futuro docente e o exercicio profissional do professor da ativa. O texto destaca a importância de que os projetos de pos-graduação em educação sejam desenvolvidos a partir do dialogo com os cursos de formação de professores e com a realidade das escolas brasileiras de Educação Basica. Alem disso, o trabalho reafirma o papel indutor das politicas educacionais no sentido de aproximar a Universidade da Escola de Educação Basica como meta fundamental para a ação pública em todas as instâncias do sistema educacional brasileiro. O projeto Prodocencia da UFVJM, que busca consolidar os cursos de licenciatura a partir dessa aproximação e desse dialogo, e apresentado como exemplo desse papel indutor das politicas públicas educacionais.

Palavras-chave


Educação Basica; Politicas Educacionais; Pos-graduação em Educação; Prodocencia da UFVJM

Referências


ANPED. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PA“S-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO. Editorial: 40 anos de pós-graduação em educação no Brasil. Revista Brasileira de Educação, n. 30, número especial, set./out./nov./dez, 2005.

ANPED. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PA“S-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO. Política e Gestão da Educação Básica, 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2010.

BOOTE, D.; et al. O. Da história e do futuro da formação de professores no Canadá inglAas: a tradição na prática dos formadores dos professores. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

BRASIL. Relatório do Exame Nacional de Avaliação Discente dos cursos de Ciências Biológicas, Educação Física e de Química da UFVJM. Brasília, DF: ENADE/ MEC/ INEP, 2009.

CAPES. COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DO PESSOAL DE NAVEL SUPERIOR. Pronunciamento da Diretoria de Educação Básica Presencial da Capes. Brasília, DF: CAPES, 2009. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2010.

CHARLOT, B. A pesquisa educacional entre conhecimentos, políticas e práticas: especificidades e desafios de uma área de saber. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 31, jan./abr., p. 7-18, 2006.

LANG, V. A profissão do professor na França: permanAancia e fragmentação. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

LELIS, I. A construção social da profissão docente no Brasil: uma rede de histórias. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

MAROY, C. O modelo do prático reflexivo diante da enquete na Bélgica. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

MOON, R. As políticas reformistas: transição na formação dos professores na Inglaterra. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

PERRENOUD, P. As Altas Escolas Pedagógicas (HEP) suíças entre a forma escolar e a forma universitária: as questões. In: TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

SOARES, A. S. Bacharel ou licenciado: ser ou não ser, eis a questão. In: ENCONTRO NACIONAL DE EXTENSÃO, 13., 2006, Minas Gerais. Anais... Belo Horizonte: PUCMinas, 2006.

SOARES, A. S. Licenciatura versus bacharelado: a cultura da polarização na formação inicial dos professores. Poíesis Pedagógica, Goiás, v. 9, n.1, jan/jun., p.109-123, 2011.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

UFVJM. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI. Prodocência: diagnóstico das licenciaturas, 2010. (Relatório parcial mimeografado).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank