A (re)interpretação e a implementação das políticas educativas de cidadania pelos professores *

Maria José D. Martins, Ana Margarida Veiga Simão

Resumo


Esta investigação visa compreender de que forma os professores do 1º Ciclo do Ensino Básico (EB) implementam as políticas educativas de cidadania delineadas nos documentos oficiais. Assim, analisaram-se os textos legais e as orientações do Ministério da Educação português e da União Europeia, que definem as políticas de Educação para a cidadania, que têm servido de guia para os professores educarem para a/e na cidadania no EB. Os dados obtidos por meio de questionários disponibilizados on-line, respondidos por 109 professores com idades entre 23 e 63 anos, permitiram concluir que há grande variedade nos temas abordados e nas estratégias de ensino. A Educação Ambiental e as regras da convivência interpessoal foram os domínios mais referenciados. Referências a ações solidárias na comunidade e o estabelecimento de regras de convivência interpessoal constituíram práticas pedagógicas que remetem para uma conceção atual de cidadania.


Palavras-chave


Cidadania e desenvolvimento; Democracia; Educação Básica

Referências


BARROSO, J. O Estado e a regulação: a regulação transnacional, a regulação nacional e a regulação local. In: BARROSO, J. (org.). A regulação das políticas públicas de educação: espaços, dinâmicas e actores. Lisboa: Educa, 2006. p. 9-39.

EUROPEAN COMMISSION. Citizenship education at school in Europe 2017: Eurydice report. Luxembourg: Publication Office of the European Union, 2017. Disponível em: https://op.europa.eu/en/publication-detail/-/publication/6b50c5b0-d651-11e7-a506-01aa75ed71a1/language-pt/format-PDF Acesso em: 27 nov. 2019.

MARCHESI, A, TEDESCO, J., COLL, C. (coords.). Calidad, equidad y reformas en la enseñanza . Buenos Aires: Fund. Santillana, 2010.

MARTINS, O. (coord.). Perfil de competênias dos alunos à saída da escolaridade obrigatória . República Portuguesa: Ministério da Educação, 2017. Disponível em: https://dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/Projeto_Autonomia_e_Flexibilidade/perfil_dos_alunos.pdf Acesso em: 27 nov. 2019.

MARTINS, M. J. D.; MOGARRO, M. J. A educação para a cidadania no século XXI. Revista Iberoamericana de Educação , [s. l.], v. 53, p. 185-202, 2010. Disponível em: http://www.rieoei.org/boletin53_1.htm Acesso em: 30 out. 2019.

MENEZES, I. De que falamos quando falamos de cidadania? In: CARVALHO, C.; SOUSA, F.; PINTASSILGO, J. (eds.) A educação para a cidadania como dimensão transversal do currículo escolar . Porto: Porto, 2005. p. 37-47.

MONTEIRO, R. (coord.). Estratégia nacional de educação para a cidadania . Lisboa: República Portuguesa, Mistério da Educação, 2017. Disponível em: http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/ECidadania/Docs_referencia/estrategia_cidadania_original.pdf Acesso em: 2 nov. 2019.

MUHAMMAD; S. Teaching the good citizen? Democratic citizenship education in Austria and Portugal. Teachers’ conceptualisations and experiences. Dissertação [Doutoramento] – Universidade de Lisboa, Lisboa, 2020.

OLIVEIRA, M. A.; CORSETTI, B. A cidadania na Revista de Estudos Pedagógicos: publicações entre 1995 e 2013. Cadernos de História da Educação , Uberlândia, v. 17, n. 1, p. 232-244, jan./abr. 2018. https://doi.org/10.14393/che-v17n1-2018-14

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA – Unesco. Educação para a cidadania global (ECG): a abordagem da Unesco. [S. l.], 2015.

REICHERT, F.; TORNEY-PURTA, J. A cross national comparison of teacher’s beliefs about the aims of civic education in 12 countries: a person centered analysis. Teaching and Teacher Education , [s. l.], v. 77, p. 112-125, jan. 2019. https://doi.org/10.1016/j.tate.2018.09.005

REPÚBLICA PORTUGUESA. Decreto-lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro a 2001. Aprova a reorganização curricular do ensino básico. Diário da República , Lisboa, 18 jan. 1001, Séria I-A, nº 15.

REPÚBLICA PORTUGUESA. Decreto-lei n.º 139/2012, 5 de julho de 2012. Estabelece os princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos, da avaliação dos conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos dos ensinos básico e secundário. Diário da República , Lisboa, 5 jul. 2012, Série I, nº 129.

REPÚBLICA PORTUGUESA. Decreto-lei n.º 55/2018, de 6 de julho de 2018a. O programa do XXI Governo Constitucional assume como prioridade a concretização de uma política educativa centrada nas pessoas que garanta a igualdade de acesso à escola pública, promovendo o sucesso educativo e, por essa via, a igualdade de oportunidades. Diário da República , Lisboa, 6 jul. 2018, Série I, nº 129.

REPÚBLICA PORTUGUESA. Presidência do Conselho de Ministros. Estratégia para a igualdade e a não discriminação (ENIND). Resolução do Conselho de Ministros n.º 61/2018b. Disponível em: https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/documentos/Lists/PDEFINTER_DocumentoLookupList/20_Estrategia-Nacional-para-a-Igualdade-e-a-Nao-Discriminacao-2019-2030-Portugal-mais-Igual.pdf Acesso em: 20 nov. 2019.

RIBEIRO, N.; NEVES, T.; MENEZES, I. Educação para a cidadania em Portugal: contributos para analisar a sua evolução no currículo escolar português. Currículo sem Fronteiras , Porto, v. 14, n. 3, p. 12-31, set../dez. 2014. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/78011/2/98363.pdf Acesso em: 12 dez. 2019.

SÁ, V. Avaliação institucional de escolas de educação básica em Portugal: políticas, processos e práticas. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas em Educação , Rio de Janeiro, v. 26, n. 100, p. 801-821, jul./set. 2018. https://doi.org/10.1590/S0104-40362018002601163

SERRÃO, J.; FREITAS, M. Desafios e oportunidades da Educação para a Cidadania. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación , Coruña, v. Extr.,n. 6, A6-421, dez. 2017. https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.06.2965

WILLEMSE, T. M. et al. Fostering teacher’s professional development for citizenship education. Teaching and Teacher Education , [s. l.], v. 49, p. 118-127, Jul. 2015. https://doi.org/10.1016/j.tate.2015.03.008




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362021002902902

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank