Desempenho dos estudantes de cursos presenciais e a distância no Enade em 2015, 2016 e 2017

Angelo Luiz Cortelazzo, Cristina de Carvalho Ares Elisei

Resumo


Com o objetivo de comparar o desempenho de concluintes de cursos presenciais e a distância (EaD) nos Exames Nacionais de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2015, 2016 e 2017, foi feita a análise exploratória dos dados disponíveis, verificado o desempenho dos estudantes de todas as turmas participantes e dos concluintes de instituições que ofereceram simultaneamente cursos presenciais e a distância. Os resultados mostraram que estudantes de cursos EaD, especialmente naqueles com grande quantidade de concluintes, tendem a apresentar um conceito Enade contínuo numericamente menor e médias com maior variabilidade. Para uma instituição que oferece cursos EaD e presenciais, houve diferença nos resultados em função da sua natureza jurídica: escolas públicas tiveram conceitos significativamente maiores nos cursos presenciais, enquanto que nas escolas privadas essa diferença não foi observada ou foi menos evidente. Para os cursos EaD, a despeito de valores numericamente maiores nas instituições públicas, não houve diferença significativa entre os resultados.

Palavras-chave


Educação Superior; ENADE; Avaliação; Ensino Presencial; Ensino a Distância

Referências


BIELSCHOWSKY, C. E. Análise dos resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) para educação a distância do ciclo 2015 a 2017. EaD em Foco, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, out. 2018b. https://doi.org/10.18264/eadf.v8i1.758

BIELSCHOWSKY, C. E. Qualidade na educação superior a distância no Brasil: onde estamos, para onde vamos? EaD em Foco, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, e709, mar. 2018a. https://doi.org/10.18264/eadf.v8i1.709

BITTENCOURT, D. N.; ROESLER, J.; DIAS, J. S. Avaliação externa de cursos de graduação a distância: análise dos indicadores do MEC. In: QUEZADA, M. M.; RAMA, C. (ed.). Los problemas de la evaluación de la educación a distancia en América Latina y el Caribe. Quito: Loja, 2015. Cap. 2, p. 17-45.

BRASIL. Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 dez. 2005.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior -SINAES e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 15 abr. 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 40, de 12 de dezembro de 2007. Institui o e-MEC, sistema eletrônico de fluxo de trabalho e gerenciamento de informações relativas aos processos de regulação, avaliação e supervisão da educação superior no sistema federal de educação, e o Cadastro e-MEC de Instituições e Cursos Superiores e consolida disposições sobre indicadores de qualidade, banco de avaliadores (Basis) e o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) e outras disposições. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 29 dez. 2010.

BRITO, M. R. F. O SINAES e o ENADE: da concepção à implantação. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 13, n. 3, p. 841-850, nov. 2008. https://doi.org/10.1590/S1414-40772008000300014

BRITO, T. F. Corpo docente: fatores determinantes do desempenho discente no ENADE. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

CAETANO, C.C.R. et al. Desempenho no ENADE em Ciências Contábeis: ensino a distância (EAD) versus presencial. Revista Universo Contábil, Blumenau, v.11, n.4, p. 147-165, out/dez. 2015.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação e transformações da Educação Superior brasileira (1995-2009): do Provão ao Sinaes. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 15, n. 1, p.195-224, mar. 2010. https://doi.org/10.1590/S1414-40772010000100011

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Sinopses estatísticas da Educação Superior 2018. 2018. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-do-Enade Acesso em: 30 out. 2018.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Censo da Educação Superior 2019. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior Acesso em: 10 mar. 2019.

LAGUARDIA, J.; PORTELA, M. Evasão na educação a distância. ETD – Educação Temática Digital, Campinas, v. 11, n. 1, p. 349-379, jul./dez. 2009.

LAPPONI, J. C. Estatística usando Excel. 4. ed. São Paulo: Campus, 2005.

MACHADO, E.A. Desempenho acadêmico e satisfação dos estudantes na modalidade EaD: um estudo comparativo entre concluintes dos cursos de Ciências Contábeis e Administração. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade: Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

OLIVEIRA, E. T.; PICONEZ, S. C. B. Avaliação da educação superior nas modalidades presencial e a distância: análises com base no Conceito Preliminar de Cursos (CPC). Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 22, n. 3, p. 833-851, nov. 2017. https://doi.org/10.1590/s1414-40772017000300014

PIVA JUNIOR, D.; CORTELAZZO, A. L. Diminuição da evasão decorrente do uso de avaliações formativas em sistema informatizado de desenvolvimento das disciplinas. In: CONGRESSO CLABES, 8., 2018, Cidade do Panamá. Disponível em: https://revistas.utp.ac.pa/ index.php/clabes/article/view/1931 Acesso em: 25 out. 2020.

RODRIGUES, B. C. O. et al. Determinantes do desempenho acadêmico dos alunos dos cursos de Ciências Contábeis no ensino à distância. Enfoque Reflexão Contábil, Maringá, v. 35, n. 2, p. 139-153, 2016. https://doi.org/10.4025/enfoque.v35i2.30105

TUKEY, J. W. Exploratory data analysis. Reading: Addison-Wesley, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362021002902247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank