As redes da Educação Integral no Distrito Federal sob o prisma da Gestao Escolar

Ivonete Ferreira de Sousa, Ranilce Guimaraes-Iosif, Sinara Pollom Zardo

Resumo


Este artigo analisa as redes da educação integral segundo a interpretação da gestao escolar. Trata-se de um estudo qualitativo realizado em uma escola pública do Distrito Federal, baseado no metodo do ciclo de politicas. Utilizaram-se as tecnicas de analise documental e realizaram-se observacoes e entrevistas semiestruturadas com gestores do Projeto Educação Integral em Tempo Integral (PROEITI). Os resultados apontaram que o PROEITI avancou ao ampliar a oferta para todas as criancas matriculadas em uma jornada de 10 horas diarias, e possibilitou a contratação de professores concursados para atuar nas disciplinas complementares e nas disciplinas de informatica e educação fisica. Os maiores desafios vivenciados pelos gestores relacionam-se à limitação de verbas para o desenvolvimento das atividades propostas pela educação integral, à carencia de formação continuada dos docentes e à restricao de estrutura fisica das escolas.


Palavras-chave


Gestao Escolar; Educação Integral; PROEITI; Redes de Politicas

Referências


BALL, S. J. Educao global S.A: novas redes polticas e o imaginrio neoliberal. Traduo Janete Bridon. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2014. [ Links ]

BALL, S. J. Educational reform: a critical and post-structural approach. Buckingham: Open University Press, 1994. [ Links ]

BARDIN, L. Anlise de Contedo. Traduo Lus Antero Reto, Augusto Pinheiro. Lisboa: Edies 70, 2010. [ Links ]

BLOG DE EDUCAO INTEGRAL. Projeto Piloto de Educao Integral em Tempo Integral no DF. Braslia, DF. 2013. Disponvel em: . Acesso em: 18 ago. 2016. [ Links ]

BOWE, R.; BALL, S. J; GOLD, A. Reforming education & changing schools: case studies in policy sociology. London: Routledge, 1992. [ Links ]

BRASIL. Decreto N 7.083, de 27 de janeiro de 2010. Dispe sobre o Programa Mais Educao. Dirio Oficial da Unio, Braslia, DF, 2010. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017. [ Links ]

BRASIL. Educao Integral: texto referncia para o debate nacional. Braslia, DF: Ministrio da Educao, 2009. (Srie Mais Educao). Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017. [ Links ]

BRASIL. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educao. 2014. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017. [ Links ]

BRASIL. Rede de saberes mais educao: pressupostos para projetos pedaggicos de educao integral: caderno para professores e diretores de escolas. Braslia, DF: Ministrio da Educao, 2008. [ Links ]

BRASIL. Saiba Mais: Programa Mais Educao. Braslia, DF, 2016. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017. [ Links ]

CASTRO, A.; LOPES, R. E. A escola de tempo integral: desafios e possibilidades. Ensaio: Avaliao e Polticas Pblicas em Educao, v. 19, n. 71, p. 259282, 2011. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362011000300003. [ Links ]

DEMO, P. Escola de tempo integral. UnB, 2007. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017. [ Links ]

DEWEY, J. The school and society, 1899. In: DEWEY, J. The Early works of Jonh Dewey: Early Essays and Leibnizs New Essays, 1882-1888. Carbondale: Southern Illinois University Press, 1976. p. 1109. (Collected Works of John Dewey). [ Links ]

DISTRITO FEDERAL. Lei N 4.751, de 07 de fevereiro de 2012. Dispe sobre sistema de ensino e a gesto democrtica do sistema de ensino pblico do Distrito Federal. Braslia, DF, 2012b: [Poder Executivo]. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017.

DISTRITO FEDERAL. Projeto de Educao Integral em Tempo Integral: PROEITI: verso preliminar. Braslia, DF: SEDF, 2012a.

GIDDENS, A. A terceira via: reflexes sobre o impasse poltico atual e o futuro da social-democracia. Rio de Janeiro: Record, 1999.

GONALVES, D. C. As Redes de Formao de Professores a Distncia sob a Interpretao dos gestores do Sistema UAB. 2017. 161 f. Dissertao (Mestrado em Educao) Programa de Ps-Graduao em Educao, Universidade Catlica de Braslia, Braslia, 2017.

GOULART, M. A. A intersetorialidade no contexto da educao integral. Educao Integral, Braslia, DF, 2008. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017.

MAINARDES, J. Abordagem do ciclo de polticas: uma contribuio para a anlise de polticas educacionais. Artigo. Educao e Sociedade, v. 27, n. 94, p. 4769, 2006. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302006000100003.

MARTINS, A. S. Todos pela educao: o projeto educacional de empresrios para o Brasil do sculo XXI. In: REUNIO ANUAL DA ANPED, 31., 2008, Caxambu. Anais ... Caxambu: ANPED. No paginado. Disponvel em: . Acesso em: 8 dez. 2017.

MOLL, J. Conceitos e pressupostos: o que queremos dizer quando falamos de educao integral?. Educao Integral , Braslia, DF, ago. 2008. Disponvel em: . Acesso em: 08 dez. 2017

MOLL, J. Desafios, avancos e limites do sistema educacional e da organizacao curricular no seculo XXI. In: SCOCUGLIA, A. Prefeitura Municipal de Gravatai . Gravatai: SMED, 2007. p. 139-148.

SANTOS, A. V. et al. Governanca: conceitos e emergencia na educacao brasileira. Ensaio: Avaliacao e Politicas Pblicas em Educacao, v. 24, n. 93, p. 939967, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362016000400008.

SILVA, M. V.; SOUZA, V. A.; RICHTER, L. M. Educacao e classes sociais: as redes de politicas pblicas e o ethos mercantil na esfera pblica. ETD: Educacao Tematica Digital, v. 17, n. 3, p. 653672, 2015. doi: https://doi.org/10.20396/etd.v17i3.8638251.

SOUSA, I. F. A gestao da educacao integral: o caso de uma escola pblica do Distrito Federal. 2016. 167 f. Dissertacao (Mestrado em Educacao) Programa de Pos-Graduacao em Educacao, Universidade Catolica de Brasilia, Brasilia, 2016.

TEIXEIRA, A. Centro Educacional Carneiro Ribeiro. Revista Brasileira de Estudos Pedagogicos, v. 31, n. 73, p. 7884, 1959.

TEIXEIRA, A. Educacao nao e privilegio. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ. 1994.

VASCONCELOS, R. D. As politicas pblicas de educacao integral: a escola unitaria e a formacao onilateral. 2012. xxx 278 f. Tese (Doutorado em Educacao) Programa de Pos-Graduacao em Educacao, Universidade de Brasilia, Brasilia, 2012.

YANG, R. Comparacoes entre politicas. In: BRAY, M.; ADAMSON, B.; MASON, M. (Org.). Pesquisa em Educacao Comparada: abordagens e metodos. p. 319343. Brasilia: Liber Livro, 2015.

YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento de metodos. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002601432

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank