Formação e capacitação de docentes para atuar com alunos com deficiencia auditiva: um estudo no Instituto Federal do Espirito Santo - IFES

Wellington Goncalves, Verana Maria Fornaciari Goncalves, Lilian Pittol Firme

Resumo


Este trabalho apresenta um diagnostico da formação e capacitação de docentes para atuar com alunos com deficiencia auditiva. O estudo proposto tem por objetivo identificar a atual situação de formação e capacitação dos docentes do IFES em relação a inclusao dos discentes com deficiencia auditiva em sala de aula regular. Trata-se de um estudo de caso no qual os dados principais foram coletados junto aos docentes da instituicao. O estudo proposto foi realizado em 4 campi do IFES. Os resultados indicaram a necessidade da realização de um planejamento pedagogico voltado à formação docente, no qual envolva o individuo, a familia, o docente e a instituicao. Ao realizar uma devolutiva em forma de relatorio junto aos entrevistados e gestores dos campi, os resultados alcancados foram considerados satisfatorios, atingindo desta forma aos objetivos propostos. Adicionalmente, este trabalho devera contribuir para a construção do conhecimento no que tange à inclusao de pessoas com deficiencia auditiva. Os resultados podem ser adaptados à realidade de diferentes situacoes, regioes e localidades que identificarem a necessidade de capacitação docente, tendo como visao a inclusao de alunos com deficiencia auditiva, respeitando os principios dos pilares eticos, sociais e normativos de cada realidade. Sendo necessario que a escola encontre alternativas práticas, construidas e dialogadas para incluir efetivamente.


Palavras-chave


Inclusao escolar; Formação e capacitação docente; Deficiencia auditiva

Referências


ALBERTI, T. F. et al. Dinâmicas de grupo orientadas pelas atividades de estudo: desenvolvimento de habilidades e competencias na educacao profissional. Revista Brasileira de Estudos Pedagogicos, Brasilia, v. 95, n. 240, p. 346-362, 2014. Disponivel em: . Acesso em: 12 fev. 2016.

ALARCAO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. Sao Paulo: Cortez, 2010.

ALMEIDA, J. P.; ROCHA, I. S.; PEIXOTO, S. A. Uma reflexao acerca do ensino de geografia e da inclusao de alunos surdos em classes regulares. Revista Brasileira de Educacao em Geografia, Campinas, v. 3, n. 5, p. 98-118, 2013. Disponivel em: . Acesso em: 11 fev. 2016.

ALVES, A. J. O planejamento de pesquisas qualitativas em educacao. Cadernos de pesquisa, Sao Paulo, n. 77, p. 53-61, 1991. Disponivel em: . Acesso em: 11 fev. 2016.

ANDRE, M. O que e um estudo de caso qualitativo em educacao? Revista da FAEEBA-Educacao e Contemporaneidade, Salvador, v. 22, n. 40, p. 95-103, 2013. Disponivel em: . Acesso em: 12 fev. 2016.

AZAMBUJA, G.; SOUZA, C. R. S.; PAVAO, S. M. O. Cultura de educacao inclusiva: a educacao especial e os processos formativos de professores. Revista Reflexao e Acao, Santa Cruz do Sul, v. 20, n. 2, p. 291-308, 2012. Disponivel em: . Acesso em: 10 fev. 2016.

BEHAR, P. A.; TORREZZAN, C. A. W. Educacao por competencias e experiencia estetica: planejando a interatividade homem-maquina de materiais educacionais digitais. Revista Iberoamericana de Tecnologia en Educacion y Educacion en Tecnologia, La Plata, n. 13, p. 8-17, 2014. Disponivel em: . Acesso em: 12 fev. 2016.

BRASIL. Decreto lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Diario Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasilia, 27 dez. 1961. Secao 1, p. 11429. Disponivel em: . Acesso em: 11 fev. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank