Programa educacional especializado para capacitação e inclusao no trabalho de pessoas com deficiencia intelectual

Annie Gomes Redig, Rosana Glat

Resumo


O artigo discute, no âmbito da Educação Especial, a inclusao profissional de pessoas com deficiencia intelectual, a partir da analise da legislação brasileira referente à formação, capacitação e insercao desses sujeitos no trabalho. Apresenta os dados de uma pesquisa que analisou a implementação de um programa especializado, com base no modelo de “trabalho customizado”, com quatro jovens alunos de cursos profissionalizantes de uma escola especial que estagiaram na Faculdade de Educação da UERJ. Este conceito baseia-se no processo de preparação tanto do futuro trabalhador quanto na criação e/ou adaptação de postos de trabalho em empresas e outras instituicoes, adequando a demanda do empregador com as habilidades do sujeito com deficiencia. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação, envolvendo avaliação do campo, treinamento e acompanhamento dos sujeitos em suas atividades. Os dados obtidos apontam que a customização do trabalho permitiu um bom desempenho e produção profissional dos treinandos, contribuindo para sua inclusao social no ambiente de trabalho, diminuindo barreiras atitudinais e preconceitos. Abre, portanto, um campo fertil de atuação da Educação Especial.


Palavras-chave


Educação especial; Capacitação e inclusao no trabalho; Deficiencia intelectual; Profissionalização de pessoas com deficiencia

Referências


AMERICAN ASSOCIATION ON INTELLECTUAL AND DEVELOPMENTAL DISABILITIES. User’s Guide to accompany the 11th edition of Intellectual Disability: Definition, Classification, and Systems of Supports. AAIDD, 2012.

ABREU-ELLIS, C.; ELLIS, J. B. A transicao da escola para o trabalho de pessoas com deficiencias. In: PLETSCH, M. D.; DAMASCENO, A. (Orgs). Educacao Especial e Inclusao Escolar: reflexoes sobre o fazer pedagogico. Seropedica, RJ: Editora da UFFRJ, 2011. p. 83-96.

ALMEIDA, L. A. D.; CARVALHO-FREITAS, M. N. de; MARQUES, A. L. Analise comparativa das percepcoes das pessoas com deficiencia em relacao à insercao no mercado formal de trabalho. In: CARVALHO-FREITAS, M. N. de; MARQUES, A. L. (Orgs.) O trabalho e as pessoas com deficiencia: pesquisas, praticas e instrumentos de diagnostico. Curitiba: Jurua, 2009. p.55-70.

ARAUJO, J. P.; SCHMIDT, A. A inclusao de pessoas com necessidades educacionais especiais no trabalho: a visao de empresas e de instituicoes educacionais especiais na cidade de Curitiba. Revista Brasileira de Educacao Especial. Marilia, v. 12, n. 2. p. 241-254. maio-ago.2006.

BECERRA, M. T.; MONTANERO, M.; LUCERO, M.; GONZALEZ, E. Evaluacion de un programa de apoyo laboral para trabajores con discapacidad intelectual em tareas con elevada exigencia cognitiva. Revista Española sobre discapacidad intelectual, v. 39. n. 226,p. 63-81, 2008.

BRASIL. Lei 8.112 de 11 de dezembro de 1990. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8112cons.htm Acesso em: 28/03/16.

______. Lei 8.213 de 24 de julho de 1991. Disponivel em:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8213cons.htm Acesso em: 28/03/16.

______. Resolucao 2 de 11 de setembro de 2001. Institui Diretrizes Nacionais para a Educacao Especial na Educacao Basica. Disponivel em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB0201.pdf Acesso em: 28/03/16.

______. Lei 12513 de 26 de outubro de 2011. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12513.htm Acessado em: 28/03/16.

______. Decreto 7611 de 17 de novembro de 2011a. Dispoe sobre a Educacao Especial, o atendimento educacional especializado e da outras providencias. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/d7611.htm Acesso em: 28/03/16.

______. Lei 13146 de 6 de julho de 2015. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm Acesso em: 28/03/16.

CEZAR, K. R. Pessoas com deficiencia intelectual: inclusao trabalhista: lei de cotas. Sao Paulo: LTr, 2012.

COELHO, V. P.; ORNELAS, J. Os contributos do emprego apoiado para a integracao das pessoas com doenca mental. Analise Psicologica. p. 465-478, 2010. DOI: 10.14417/ap.1022

COMIN, B. C.; LINCOLN, L. E. da S. C.. A pessoa com Sindrome de Down e o mercado de trabalho. In: COSTA, M. da P. R. da.. A pessoa com deficiencia no mercado de trabalho. Sao Carlos: Pedro; Joao Editores, 2012. p. 59-78.

CORDEIRO, D. R. C. L.; OLIVEIRA, A. A. S. de.. A educacao profissional de pessoas com deficiencia: um levantamento de teses e dissertacoes. In: Anais do VI Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Educacao Especial e VII Encontro da Associacao Brasileira de Pesquisadores em Educacao Especial. Londrina: 2011. p. 2662-2673.

____. A inclusao de pessoas com deficiencia na rede regular de educacao profissional. Dissertacao do Programa de Pos-Graduacao em Educacao da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, campus Marilia, 2013.

FOGLI, B. F. C. dos S. A dialetica da inclusao em educacao: uma possibilidade em um cenario de contradicoes – um estudo de caso sobre a implementacao da politica de inclusao para alunos com deficiencia na rede de ensino FAETEC. Tese de Doutorado do Programa de Pos-Graduacao em Educacao da UERJ. 2010.

GALER, D. Disabled capitalists: exploring the intersections of disability and identify formation in the world of work. Disability Studies Quarterly: the first journal in the field of disability studies. v. 32, n. 3, p. 1-17, 2012.

GILLIES, J. University Graduates with a disability: thet transition to the workforce. Disability Studies Quarterly: the first journal in the field of disability studies. v. 32, n. 3, p. 1-18, 2012.

GIORDANO, B. W. (D)eficiencia e trabalho: analisando suas representacoes. Sao Paulo: Annablume: Fapesp, 2000.

GLAT, R.; PLETSCH, M. D. Inclusao escolar de alunos com necessidades especiais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012.

GRIFFIN, C.; HAMMIS, D.; GEARY, T. Introduction to customized job development. In:

______. (Orgs.). The job developer’s handbook: practical tactics for customized employment. 3. ed. Baltimore, Maryland: Paul H. Brookes Publishing Co. 2011. p. 1-22.

JESUS, D. M. de. O que nos impulsiona a pensar a pesquisa-acao colaborativo-critica como possibilidade de instituicao de praticas educacionais mais inclusivas? In: BAPTISTA, C. R.; CAIADO, K. R. M.; JESUS, D. M. de (Orgs). Educacao Especial: dialogo e pluralidade. Porto Alegre: Ed. Mediacao, 2010. p. 139-160.

LUECKING, R. G. The way to work: how to facilitate work experience for youth in transition. Baltimore, Maryland: Paul H. Brookes Publishing Co. 2009.

______. Connecting employers with people who have intellectual disability. In: Intellectual and developmental disabilities, v.49, n. 04, p. 261-273, 2011.

______. Emprego Customizado: empregando pessoas com necessidades especiais. Workshop na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2012.

______. Seamless transition from school to employment. In: Voice: Employment and community participation. Down Syndrome Victoria and Down Syndrome NSW Member´s Journal. Agosto, 2013.

MARTINS, L. de A. R. Pesquisa-acao numa perspectiva inclusiva: reflexoes e acoes. In: BAPTISTA, C. R.; CAIADO, K. R. M.; JESUS, D. M. de (Orgs). Educacao Especial: dialogo e pluralidade. Porto Alegre: Ed. Mediacao, 2010. p. 161-170.

MARTIN-LUECKING, D. Plano de Transicao e Programa de Ensino Individualizado – PEI. Palestra ministrada na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2012.

MASCARO, C. A. A. de. Capacitacao de pessoas com deficiencia intelectual para o trabalho: estudo de caso de um curso de Educacao Profissional. Dissertacao (Mestrado em Educacao). Programa de Pos-Graduacao em Educacao, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), 2012.

MATOS, N. R. V. de. Emprego apoiado: uma analise psicossocial da inclusao da pessoa com deficiencia no mercado de trabalho. Dissertacao (Mestrado em Psicologia Social) –Pontifica Universidade Catolica de Sao Paulo, 2013.

MELETTI, S. M. F. O significado do processo de profissionalizacao para o individuo com deficiencia mental. Revista Brasileira de Educacao Especial, v.7, n1, p.77-90, 2001.

NUNES SOBRINHO, F. de P.; LUCENA, U. F. de. Customizacao de um posto de trabalho em uma secretaria de escola: um estudo de caso. In: Anais do VI Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Educacao Especial e VII Encontro da Associacao Brasileira de Pesquisadores em Educacao Especial. Londrina: UEL, 2011. p. 2707-2717.

OLIVEIRA, M. A. de; GOULART JUNIOR, E.;FERNANDES, J. M. Pessoas com deficiencia no mercado de trabalho: consideracoes sobre politicas públicas nos Estados Unidos, Uniao Europeia e Brasil. Revista Brasileira de Educacao Especial, Marilia, v. 5, n. 2, p. 219-232, maio/ago. 2009.

OMOTE, S. Diversidade, Educacao e sociedade inclusiva. In: OLIVEIRA, A. A. S. de; OMOTE, S.; GIROTO, C. R. M. (Orgs.). Inclusao escolar: as contribuicoes da Educacao Especial. Sao Paulo: Cultura Academica Editora, Marilia: Fundepe, 2008. p. 15-32.

______. Inclusao Escolar e Social: a etica entre o estigma e a inclusao. In: MARTINS, L. de A. R.; PIRES, G. N. da L.; PIRES, J. (Orgs.). Inclusao escolar e social: novos contextos, novos aportes. Natal: EDUFRN, 2012. p. 39-54.

PETERSON, P. J. Inclusao nos Estados Unidos: filosofia, implementacao e capacitacao de professores. Revista Brasileira de Educacao Especial, Marilia, v.12, n.1, p. 3-10. jan./abr. 2006.

REDIG, A. G.. Aplicacao e analise de um programa customizado para a inclusao de jovens com deficiencia intelectual em atividades laborais. Tese de Doutorado. Programa de Pos-Graduacao em Educacao, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), 2014.

REDIG, A. G.; MASCARO, C. A. A. de C.; CARLOU, A. Inclusao no trabalho de pessoas com necessidades educacionais especiais. In: GLAT, R.; PLETSCH, M. D. (Orgs.). Estrategias educacionais diferenciadas para alunos com necessidades especiais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013. p. 157-174.

SANTOS, A. C. dos; NETO, U. G.; REZENDE, E. O. de. Profissionalizacao da pessoa com deficiencia: aspectos historicos. In: COSTA, M. da P. R. da.. A pessoa com deficiencia no mercado de trabalho. Sao Carlos: Pedro & Joao Editores, 2012. p. 9-22.

SAWAIA, B. B. Uma analise da violencia pela filosofia da alegria: paradoxo, alienacao ou otimismo ontologico critico? In: SOUZA, L. de; TRINDADE, Z. A. (Orgs.). Violencia e exclusao: convivendo com paradoxos. Sao Paulo: Casa do Psicologo, 2004. p. 21- 42.

SILVA, A. G. da. Profissionalizao e mercado de trabalho para pessoas com deficincia UFG. v. 31, n. 2, p. 231-259. Jul/dez, 2006.

THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-Ao. 18. ed. So Paulo: Cortez, 2011.

WALTER, C. C de F. Avaliao de um programa de comunicao alternativa e ampliada para mes de adolescentes com autismo. Tese de Doutorado. Programa de Ps-Graduao em Educao Especial, Universidade Federal de So Carlos, So Carlos, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362017002500869

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank