Imagens representacionais das politicas públicas à educação e à saúde, no imaginario de um grupo de idosos da comunidade Quilombola−Kalunga, de Monte Alegre de Goias

Fatima Goncalves Messias Takahashi, Vicente Paulo Alves

Resumo


As Teorias do Imaginario de Gilberto Durand e o Teste AT-9 de Yves Durand permitem levantar imagens individuais e grupais. A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas nao estruturadas sobre o imaginario de um grupo de idosos da comunidade Quilombola-Kalunga, em Monte Alegre de Goias (Brasil). As entrevistas versaram tambem sobre as politicas públicas de educação e de saúde, que podem dar melhores condicoes de vida a esses idosos. Sabe-se que a oferta e o controle das diretrizes das politicas públicas em educação e em saúde estao transcritas na Constituicao Brasileira de 1988 e no Estatuto do Idoso (Lei n° 10.741/2003), mas, efetivamente, elas nao chegam aos lugares mais remotos do Pais. O relato da pesquisa busca demonstrar que, junto com a cultura do silencio dos kalungas, esta a omissao e o clientelismo do poder público, que deixa essa população sem atendimento na area de educação e de saúde.


Palavras-chave


Imaginario; Idoso da comunidade Quilombola-Kalunga; Politicas públicas em educação e em saúde

Texto completo:

SciElo

Referências


ARRUTI, J. M. P. A. O quilombo cinceitural: para uma sociologia do “artigo 68¨: texto para discussao do projeto Egbe-Territorios Negros. Rio de Janeiro: Koinonia, 2003.

BACHELARD, G. A terra e os devaneios da vontade: ensaio sobre a imaginacao das forcas. 2. ed. Sao Paulo: Martins Fontes, 2001.

BACHELARD, G. A terra e os devaneios do repouso: ensaio sobre as imagens da intimidade. Sao Paulo: Martins Fontes, 2003.

BRASIL. Constituicao Federal de 1988. Brasilia, DF: Senado Federal, 2001.

BRASIL. Lei nº 10.741, de 01 de outubro de 2003. Dispoe sobre o Estatudo do idoso e da outras providencias. Diario Oficial da Uniao, Brasilia, DF, 3 out. 2003.

BRASIL. Ministerio de Educacao. Secretaria de Educacao Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. Brasilia, DF: Ministerio da Educacao, 1997.

BRASIL. Uma historia do povo Kalunga. Brasilia, DF; 2001. Disponivel em: . Acesso em: 1 abr. 2013.

DURAND, G. As estruturas antropologicas do imaginario: introducao à arquetipologia geral. Lisboa: Presenca. 1989.

DURAND, Y. L’exploration de l’imaginaire: introduction a la modelisation des universmythiques. Paris: l’Espacebleu, 1988.

GOVERNO DE GOIAS. Secretaria de Estado de Gestao e Planejamento. Instituto Mauro Borges de Estatisticas e Estudos Socioeconôemicos. Mapas das microrregioes de Goias – IBGE. Goiania: IMB, 2013. Disponivel em:. Acesso em: 1 abr. 2013.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C. Pesquisa de representacao social: um enfoque qualiquantitativo. Brasilia, DF: Liber 2010.

LOUREIRO, A. M. L. A velhice, o tempo e a morte: subsidios para possiveis avancos do estudo. Brasilia: Editora Universidade de Brasilia, 1a reimpressao, 2000.

LOUREIRO, A. M. L. O teste AT-9 na busca do imaginario. Brasilia, DF: Editora Universidade de Brasilia, 2004.

MCLAREN, P. Multiculturalismo revolucionario: pedagogia do dissenso para o novo milenio. Porto Alegre: Artes Medicas Sul, 2000.

MIERMONT, J. et al. Dicionario das terapias familiares: teoria e pratica. Porto Alegre: Artmed, 1994.

MOURA, C. Quilombos: resistencia ao escravismo. Sao Paulo: Atica, 1987.

MUNANGA, K. Mesticagem como simbolo da identidade brasileira. In:NASCIMENTO, A. O quilombismo: documento de uma militância pan-africanista. Petropolis: Vozes, 1980.

NASCIMENTO, B. O conceito de quilombo e a resistencia cultural negra. Afrodiaspora, Rio de Janeiro, n. 6-7, p. 41-9, 1985.

OLIVEIRA, J. A. P. Desafios do planejamento em politicas públicas: diferentes visoes e praticas. In: Encontro da ANPAD, 29., 2005, Brasilia, DF. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2005. p. 273-88.

PEREZ GOMEZ, A. I. A cultura escolar na sociedade neoliberal. Porto Alegre: Artes Medicas, 2001.

PINSKY, J.; PINSKY, C. B. (Orgs.). Historia e cidadania. 5. ed. Sao Paulo: Contexto, 2010.

RATTS. A. J. P. A geografia entre aldeias e quilombos. In. ALMEIDA, M. G.; RATTS, A. J.P. (Orgs.) Geografia: leituras culturais. Goiânia: Alternativa, 2003. p. 29-48.

SARTRE, J. P. Reflexoes sobre o racismo. Sao Paulo: Difusao Europeia do Livro, 1960.

TORRES, C. A. Democracia, educacao e multiculturalismo: dilemas da cidadania em um mundo globalizado. Petropolis: Vozes, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362015000300002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank