A influencia da qualidade na atratividade de instituicoes de ensino superior com capital aberto

Maria Cristina Nogueira Gramani

Resumo


Quando a rentabilidade esta aliada à qualidade de uma Instituicao de Ensino Superior (IES) com capital aberto, sua atratividade por parte de futuros investidores e maior. Em geral, a rentabilidade das IES´s e divulgada por meio de prospectos, resultados trimestrais e relação com investidores (RI), entretanto esforcos bem menores sao alocados às demonstracoes de indicadores de qualidade. Desta forma, este artigo propoe identificar fatores que refletem a qualidade de IES´s, apontando doze indicadores, dentre os quais, alguns que levam a beneficios à qualidade e outros que podem acusar riscos de diminuicao da qualidade.  Tambem foi construido um mapa de posicionamento com estes doze indicadores alocando-os nas variaveis rentabilidade e qualidade, de forma a identificar o nivel de atratividade de uma IES.


Palavras-chave


Abertura de capitais; Ensino superior; Qualidade

Referências


AGHION, P.; COHEN, E.. Education et croissance. Paris: La Documentation Francaise, 2004. (Coll. Report for the Conseil D’Analyse Economique; 59).

BALL, R.; BROWN, P. An empirical evaluation of accounting income numbers, Journal of Accounting Research, Chicago, v. 6, p. 159-178, 1968.

BRASIL. Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliacao da educacao Superior – SINAES e da outras providencias. Diario Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasilia, DF, 15 abr. 2004. Disponivel em: . Acesso em: 20 ago. 2008.

______. Ministerio da Educacao. Decreto nº 3.860, de 9 de julho de 2001. Dispoe sobre a organizacao do ensino superior, a avaliacao de cursos e instituicoes e da outras providencias. Diario Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasilia, DF, 10 jul. 2001. Disponivel em: . Acesso em: 20 ago. 2008.

______. Ministerio da Educacao e do Desporto. Secretaria de Educacao Superior. Programa de avaliacao Institucional das Universidades Brasileiras – PAIUB. Brasilia, DF, 1994.

CARVALHO, R. B.; MATTOS, F. A. Analise mediacional: uma contribuicao da Ciencia da Informacao para o mercado de capitais. Informacao & Sociedade: Estudos, v. 18, n. 1, p. 133-145, 2008.

COMPROMISSO de melhorar qualidade dos cursos de direito e firmado por 29 faculdades. Portal do MEC, Brasilia, DF, 17 jan. 2008. Disponivel em: . Acesso em: 21/08/2008.

DAVENPORT, T.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as organizacoes gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

DIAS, C. L., HORIGUELA, M. L. M.; MARCHELLI, P. S. Politicas para avaliacao da qualidade do ensino superior no Brasil: um balanco critico. Educacao e Pesquisa, Sao Paulo, v. 32, n. 3, p. 435-464, set./dez. 2006.

DIETSCHI, D. A.; NASCIMENTO, A. M. Um estudo sobre a aderencia do balanced scorecard às empresas abertas e fechadas. Revista Contabilidade e Financas, Sao Paulo, v. 19 n. 46, p. 73-85, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANCA CORPORATIVA. Codigo brasileiro das melhores praticas de governanca corporativa. 3. ed. Sao Paulo, 2004.

LEAO, I.; SENADOR, D. P. Academia atenta às demandas da sociedade. Jornal da USP, Sao Paulo, ano 18, n. 656, set. 2003. Disponivel em: . Acesso em: 21/08/2008.

MAZZAROTTO, N. Competition and market incentives in Higher Education. Social Science Research Network, [S. l.], 24 Sept. 2007. Disponivel em: . Acesso em: 20 ago. 2008.

NAIK, N. Eficiencia de mercado; um espelho para as informacoes. In: WHARTON SCHOOL. Dominando financas. Sao Paulo: Makron Books, 2001.

PINHO, A. MEC agora ameaca punir 49 cursos de pedagogia. Folha Online, Sao Paulo, 19 jan. 2008a. Educacao. Disponivel em: . Acesso em: 21 ago. 2008.

______. MEC ameaca punir 17 cursos de medicina com notas ruins. Folha Online, Sao Paulo, 30 abr. 2008b. Educacao. Disponivel em: . Acesso em: 21 ago. 2008.

POLIDORI, M. M.; ARAUJO, C. M.; BARREYRO, G. B. SINAES: perspectivas e desafios na avaliacao da educacao superior brasileira. Ensaio: avaliacao e politicas públicas em educacao, Rio de Janeiro, v. 14, n. 53, out./dez. 2006.

PORFILIO, B. J.; YU, T. Student as Consumer: a critical narrative of the commercialization of teacher education. Journal of Critical Education Policy Studies, [S. l.], v. 4, n. 1, Mar. 2006.

PRICEWATERHOUSE&COOPERS. Private equity e venture capital no Brasil [ano 2007]. Sao Paulo, 2008. Disponivel em: . Acesso em: 21 ago. 2008.

SOUZA, J. L.; ALCÂNTARA, P. I. Jogo limpo: a governanca corporativa atrai investidores ao mercado de acoes e impulsiona o crescimento dos negocios. Desafios do Desenvolvimento, Brasilia, DF, n. 7, 1 fev. 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.