Educação e tecnologia: entre o discurso e a pratica

Angela Carrancho da Silva

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre a insercao de tecnologia no cotidiano escolar. Sao analisados alguns resultados do Proinfo, relacionando-os às suas metas iniciais e aos atuais indices nacionais e internacionais de qualidade de educação. A analise dos indices revela que o investimento em tecnologia para a Educação Basica no pais nao garantiu a tao proclamada qualidade na educação brasileira. A conclusao aponta para a importância do papel do professor, a carreira de magisterio em todos os seus aspectos, alem de uma serie de outros fatores que podem contribuir para a efetiva insercao das TICs na pratica pedagogica. As reflexoes aqui descritas fazem parte dos trabalhos de pesquisa em Avaliação da Formação Continuada em Ambientes Virtuais de Aprendizagem, desenvolvidos na disciplina de Pratica em Avaliação do Mestrado Profissional em Avaliação da Fundação Cesgranrio. As consideracoes apresentadas sao fundamentadas em analises documentais e registros do cotidiano escolar.


Palavras-chave


Educação; Tecnologia; Inclusao digital; Politicas públicas

Referências


ABRANCHES, S. P. Modernidade e formacao de professores: a pratica dos multiplicadores dos Núcleos de Tecnologia Educacional do Nordeste e a informatica na educacao. 2003. 278 f. Tese (Doutorado em Educacao) -Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, 2008.

ANDRADE, E. R. et al. O perfil dos professores brasileiros: o que fazem o que pensam, o que almejam. Brasilia, DF: UNESCO; Sao Paulo: Moderna, 2004.

BARROS, R. P.; HENRIQUES, R.; MENDONCA, R. Education and equitable economic development. Economia, v. 1, n. 1, p. 111-144, jan. 2000.

BRASIL. Decreto nº. 3.276, de 6 de dezembro de 1999. Dispoe sobre a formacao em nivel superior de professores para atuar na educacao basica, e da outras providencias. Diario Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasilia, DF, 7 dez. 1999.

______. Decreto nº. 3.554, de 7 de agosto de 2000. Da nova redacao ao § 2º do art. 3º do Decreto nº 3.276,de 6 de dezembro de 1999, que dispoe sobre a formacao em nivel superior de professores para atuar na educacao basica. Diario Oficial da Uniao, Brasilia, DF, 8 ago. 2000. Secao 1, p. 1.

______. Decreto nº. 6.300, de 12 de dezembro de 2007. Dispoe sobre o Programa Nacional de Tecnologia Educacional -ProInfo. Diario Oficial da Uniao, Brasilia, DF, 13 dez. 2007a. Disponivel em:

. Acesso em: 27 jul. 2009.

BRASIL. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educacao nacional. Diario Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasilia, DF, 23 dez. 1996.

______. Lei nº 9.472, de 16 de julho de 1997. Dispoe sobre a organizacao dos servicos de telecomunicacoes, a criacao e funcionamento de um orgao regulador e outros aspectos institucionais, nos termos da Emenda Constitucional nº 8, de 1995. Diario Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasilia, DF, 17 jul. 1997c.

______. IDEB. Brasilia, DF, 2010. Disponivel em: < http://portal.mec.gov.br/>. Acesso em: mar. 2010.

______. Ministerio da Educacao. Plano de Desenvolvimento da Educacao: razoes, principios e programas. Brasilia, DF, 2007b. Disponivel em:

. Acesso em: mar. 2010.

______. Ministerio da Educacao e do Desporto. Portaria nº 522, de 9 de abril de 1997. Dominio Público, Brasilia, DF, 1997b. Disponivel em: . Acesso em: mar. 2010.

______. Ministerio da Educacao e do Desporto. Secretaria de Educacao a Distância. Programa Nacional de Informatica na Educacao: ProInfo: diretrizes. Brasilia, DF, 1997a. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

______. ProInfo: Programa Nacional de Informatica na Educacao: recomendacoes gerais para a preparacao dos Núcleos de Tecnologia Educacional (versao julho 1997). Brasilia, DF, jul. 1997b. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

BUZATO, M. Letramento digital abre portas para o conhecimento. EducaRede,

[S. l., 2003]. Disponivel em:

. Acesso em: 12

mar. 2010.

CABRAL FILHO, A. V. Sociedade e tecnologia digital: entre incluir ou ser incluida. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, set. 2006. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

CAMPOS, S. S. Mapeamento da informatica educativa nas escolas municipais de Jaragua do Sul/SC. 2004. 154 f. Dissertacao (Mestrado em Educacao)-Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, SC, 2004.

CASTELLS, M. Sociedade em rede: a era da informacao; economia, sociedade e cultura. Sao Paulo: Paz e Terra, 1999.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCACAO (Brasil). Conselho Pleno. Parecer CNE/CP nº. 5, de 13 de dezembro de 2005. Diario Oficial da Uniao, Brasilia, DF, 15 maio 2006a.

______. Resolucao CNE/CP nº. 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduacao em Pedagogia, licenciatura. Diario Oficial da Uniao, Brasilia, DF, 16 maio 2006b. Secao 1, p. 11.

CYSNEIROS, P. G. Programa Nacional de Informatica na Educacao: novas tecnologias, velhas estruturas. In: BARRETO, R. G. (Org.). Tecnologias educacionais e educacao a distância: avaliando politicas e praticas. Rio de Janeiro: Quartet, 2003.

DEMO, P. Inclusao digital: cada vez mais no centro da inclusao social. Inclusao Social, Brasilia, DF, v. 1, n. 1, p. 36-38, out./mar. 2005. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

DISCURSO de professora vira hit na web e ganha apoio de secretaria do RN. Painel Politico, Porto Velho, 2011. Disponivel em: . Acesso em: 21 maio 2011.

FERNANDES, E. Implicacoes metodologicas do uso de tecnologias da comunicacao e da informacao: o caso Proinfo em Dourados-MS. 2003. 137 f. Dissertacao (Mestrado em Engenharia de Producao)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, SC, 2003.

FISHLOW, A. Distribuicao de renda no Brasil: um novo exame. Dados: revista de Ciencias Sociais, Rio de Janeiro, n. 11, 1973.

GURGEL, A. Professora Amanda Gurgel discursa para deputados do RN. You Yube, Natal, 10 maio 2011. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

HOBOLD, C. H. Atuacao do Núcleo de Tecnologia Educacional e a realidade educativa contemporânea. 2002. 68 f. dissertacao (Mestrado em Engenharia de Producao)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, SC, 2002..

HOFFMANN, R. Mensuracao da desigualdade e da pobreza no Brasil. In: HENRIQUES, R. (Org.). Desigualdade e pobreza no Brasil. Rio de Janeiro: Ipea, 2000.

IBGE. Censo Demografico 2010. Rio de Janeiro, 2011. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

______. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio: PNAD 2007. Rio de Janeiro, 2007. < http://www.ibge.gov.br/>. Acesso em: 20 mar. 2010.

INEP. Censo Escolar 2010. Brasilia, DF, 2010.

IPEA. Analise e recomendacoes para as politicas públicas de massificacao de acesso à internet em banda larga. Comunicados do Ipea, Brasilia, DF, n. 46, 26 abr. 2010a. Disponivel em:

comunicado/ 100426_comunicadoipea46.pdf>. Acesso em:

______. PNAD 2009: primeiras analises: tendencias demograficas. Comunicados do Ipea, Brasilia, DF, n. 64,. 13 out. 2010b. Disponivel em:

. Acesso em: mar. 2010.

LANGONI, C. G. Distribuicao da renda e desenvolvimento econômico do Brasil. Rio de Janeiro: Expressao e Cultura, 1973.

MORAES, R. A. A politica educacional de informatica na educacao brasileira e as influencias do Banco Mundial: do formar ao Proinfo: 1987-2005. In: SEMINARIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS, 7., 2006, Campinas. Atas...Campinas, SP: HISTEDBR, 2006. Disponivel em: . Acesso em: 27 jul. 2011.

MORAN, J. M. Mudancas na comunicacao pessoal: gerenciamento integrado da comunicacao pessoal, social e tecnologica. Sao Paulo: Paulinas, 1998.

NEY, M. G. Educacao e desigualdade de renda no meio rural brasileiro. 2006. 21 f. Tese (Doutorado em Economia)-Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2006.

NEY, M. G.; SOUZA, P. M.; PONCIANO, N. J. Desigualdade de acesso à educacao e evasao escolar entre ricos e pobres no Brasil rural e urbano. Revista Cientifica internacional, ano 3, n. 13, maio/jun. 2010.

OLIVEIRA, E. N. A utilizacao dos laboratorios de informatica do Proinfo em escolas de Dourados – MS. 2001. 109 f. Dissertacao (Mestrado em Engenharia de Producao) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, 2001.

PARAGUASSU, L. Computador nas escolas so da resultado com internet, diz estudo. O Estado de S. Paulo, Sao Paulo, 7 nov. 2007.

PASSOS, M. S. C. Uma analise critica sobre as politicas públicas de educacao: a concretizacao dos NTE em Salvador -Bahia. 2006. 181 f. Dissertacao (Mestrado em Educacao e Contemporaneidade)-Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2006.

PROJETO que exige nivel superior para professores sera votado pelo Senado. Capes, Brasilia, DF, 2 fev. 2010. Disponivel em: . Acesso em: mar. 2010.

QUARTIERO, E. M. As tecnologias da informacao e comunicacao no espaco escolar: o Programa Nacional de Informatica na Educacao (Proinfo) em Santa Catarina. 2002. 253 f. Tese (Doutorado em Engenharia da Producao) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, SC, 2002.

RAMOS, L.; VIEIRA, M. Desigualdade de rendimentos no Brasil nas decadas de 80 e 90: evolucao e principais determinantes. Rio de Janeiro: IPEA, 2001. (Texto para discussao, n. 803). Disponivel em: . Acesso em:27 jul. 2011.

RELATORIO da Unesco diz que Brasil tem baixos indices na educacao basica. Folha.com, Sao Paulo, 19 jan. 2010. Disponivel em:

< www1.folha.uol.com.br/folha/.../ult305u681846.shtml>. Acesso em: mar. 2010.

REZENDE, L. V. R. O processo de alfabetizacao em informacao inserido em projetos de inclusao digital: uma analise critica. 2005. Dissertacao (Mestrado em Ciencia da Informacao)-Universidade de Brasilia, Brasilia, DF, 2005.

RONSANI, I. L. Informatica na educacao: uma analise do Proinfo

UnC. HISTEDBR On-line, Campinas, SP, n.19, 2005. Disponivel em: . Acesso em: fev. 2010.

SALAZAR, R.O Programa Nacional de Informatica na Educacao – Proinfo – em Santa Catarina: uma analise sociotecnica das capacitacoes (2002-2004). 2005. 130 f. Dissertacao (Mestrado em Sociologia Politica)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, SC, 2005.

SILVA, J. C. O Programa Nacional de Informatica na Educacao (Proinfo) e o desafio da inclusao digital: um estudo de caso do Proinfo/NTE – Niteroi. 2005. 170 f. Dissertacao (Mestrado em Politicas Sociais)-Universidade Federal Fluminense, Niteroi, 2005.

SILVA, V. L. Informatica na Educacao: possibilidades de inclusao digital. 2007. Dissertacao (Mestrado em Educacao)-Universidade do Oeste de Santa Catarina, Joacaba, SC, 2007.

SILVEIRA, S. A. Exclusao digital: a miseria na era da informacao. Sao Paulo: Fundacao Perseu Abramo, 2001.

SORJ, B. Brasil@povo.com: a luta contra a desigualdade na sociedade da informacao. Rio de Janeiro: Jorge Zahar; Brasilia, DF: Unesco, 2003.

SOUZA, C. B. Criancas e computadores: discutindo o uso das Tecnologias de Informacao e Comunicacao a Educacao Infantil. 2003. 95 f. Dissertacao. (Mestrado)-Engenharia de Producao e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopolis, SC, 2003.

UEDA, M. E. Educacao e rendimentos: uma abordagem econometrica. 2001.181f. Tese (Mestrado em Economia)-Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2001.

UNESCO. Computador na escola: o futuro anunciado. Revista TICs nas Escolas, [S. l.], v. 3, n. 2, 2008a.

______. Computador na escola: tecnologia e aprendizagem. Revista TICs nas Escolas, [S. l.], v. 3, n. 3, 2008b.

______. Monitoramento de Educacao para Todos 2010. Brasilia, DF: Unesco, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank