O impacto do desempenho das instituicoes de educação basica na qualidade do ensino superior

Maria Cristina Nogueira Gramani, Andre Luis de Castro Moura Duarte

Resumo


Esta pesquisa analisou a eficiencia educacional das Unidades Federativas (UF) do Brasil, relacionando o desempenho das instituicoes de Educação Basica com a qualidade alcancada pelas instituicoes do ensino superior. Alem disso, investigou-se em qual nivel da Educação Basica devem alocar-se esforcos para melhoria da eficiencia educacional de cada UF. A eficiencia educacional foi medida considerando a relação entre o indice de qualidade do Ensino Superior (produto) e o desempenho da Educação Basica (insumos). O desempenho da educação basica levou em consideração o Indice de Desenvolvimento da Educação Basica (Ideb), ja a qualidade do Ensino Superior foi determinada pelo Indice Geral de Cursos (IGC). Atraves de uma tecnica denominada Data Envelopment Analysis, foram identificadas as UFs mais eficientes e as metas de melhoria para as menos eficientes. Os resultados indicaram ainda que, em geral, os anos iniciais do Ensino Fundamental merecem maior atencao por parte dos gestores e governantes.

Palavras-chave


Educação Basica; Ensino Superior; Analise envoltoria de dados; Eficiencia educacional

Referências


AHN, T.; CHARNES, A.; COOPER, W. Some statistical and DEA evaluations of relative efficiencies of public and private institutions of higher learning. Socio-Economic Planning Sciences, Amsterdam, v. 22, n. 6, p. 259-269, 1988. [ Links ]

BANKER, R. D.; CHARNES, A.; COOPER, W.W. Some models for estimating technical and scale efficiencies in Data Envelopment Analysis. Management Science, Philadelphia, PA, v. 30, p. 1078-1092, 1984. [ Links ]

BARBOSA, S. G.; WILHEM, V. E. Avaliacao do desempenho das escolas públicas por meio de Data Envelopment Analysis. Acta Scientiarum: technology, Maringa, PR, v. 31, n. 1, p. 71-79, 2009. [ Links ]

CHARNES, A.; COOPER, W.W.; RHODES, E. Measuring efficiency of decision making units. European Journal of Operational Research, vol.1, p. 429-44, 1978. [ Links ]

COELLI, T. J. A guide to DEAP version 2.1: a Data Envelopment Analysis (Computer) Program. Armidale: Department of Econometrics, University of New England, 1994. Mimeografado. [ Links ]

COKGEZEN, M. Technical efficiencies of faculties of economics in Turkey. Education Economics, London, v. 17, n. 1, p. 81-94, 2009. [ Links ]

DELGADO, V. M. S.; MACHADO, A. F. Eficiencia das escolas públicas estaduais de Minas Gerais. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 37, n. 3, p. 427-464, 2008. [ Links ]

DIAS, C. L.; HORIGUELA, M. de L. M. ; MARCHELLI, P. S. Politicas para avaliacao da qualidade do Ensino Superior no Brasil: um balanco critico. Educacao e Pesquisa, Sao Paulo, v. 32, n. 3, p. 435-464, 2006. [ Links ]

DYSON, R. G. et al. Pitfalls and protocols in DEA. European Journal of Operational Research, Amsterdam, v. 132, p. 245-259, 2001. [ Links ]

FACANHA, L.; RESENDE, M.; MARINHO, A. Brazilian federal universities: relative efficiency evaluation and data envelopment analysis. Revista Brasileira de Economia, Rio de Janeiro, v. 51, n. 4, p. 489-508, 1997. [ Links ]

FARIA, F. P.; JANUZZI, P. M.; SILVA, S. J. Eficiencia dos gastos municipais em saúde e educacao: uma investigacao atraves da analise envoltoria no estado do Rio de Janeiro. Revista de Administracao Pública, Rio de Janeiro, v. 42, n.1,p. 155-177, 2008. [ Links ]

FERREIRA, L. L. Relacoes entre o trabalho e a saúde de professores na educacao basica no Brasil: relatorio final do Projeto Condicoes de Trabalho e suas Repercussoes na Saúde dos Professores de Educacao Basica no Brasil. Sao Paulo: Fundacentro, 2010. Acesso em: . Acesso em: 23 jun. 2010. [ Links ]

FREITAS, A. L. P.; RODRIGUES, S. G.; COSTA, H. G. Emprego de uma abordagem multicriterio para classificacao do desempenho de instituicoes de ensino superior. Ensaio: avaliacao e politicas públicas em educacao, Rio de Janeiro, v.17, n. 65, p. 655-674, 2009. [ Links ]

GOUVEIA, A. B. Avaliacao da politica educacional municipal: em busca de indicadores de efetividade nos âmbitos do acesso, gestao e financiamento. Ensaio: avaliacao e politicas públicas em educacao, Rio de Janeiro, v. 17, n. 64, p. 449-476, 2009. [ Links ]

HU, Y.; ZHANG, Z.; LIANG, W. Efficiency of primary schools in Beijing, China: an evaluation by data envelopment analysis. International Journal of Educational Management, Cambridge, MA, v. 23, n. 1, p. 34-50, 2009. [ Links ]

INEP. IDEB. Brasilia, DF, 2010a. Disponivel em: . Acesso em: 11 ago. 2011. [ Links ]

______. Prova Brasil e Saeb. Brasilia, DF, 2010b. Disponivel em: . Acesso em: 11 ago. 2011. [ Links ]

JOHNES, G.; JOHNES, J. Measuring the research performance of UK Economics Departments: an application of Data Envelopment Analysis. Oxford Economic Papers, New Series, v. 45, n. 2, p. 332-347, 1993. [ Links ]

KÖKSAL, G.; NALCACI, B. The relative efficiency of departments at a Turkish engineering college: a data envelopment analysis. Higher Education, New York, v. 51, p. 173-189, 2006. [ Links ]

KAO, C.; PAO, H. An evaluation of research performance in management of 168 Taiwan universities. Scientometrics, New York, v. 78, n. 2, p. 261-277, 2009. [ Links ]

LEITAO, H. dos A. et al. Analise acerca do boicote dos estudantes aos exames de avaliacao do ensino superior. Estudos em Avaliacao Educacional, Sao Paulo, n. 45, p. 110-117, jan./abr. 2010. [ Links ]

LINS, M. E. et al. O uso da Analise Envoltoria de Dados (DEA) para avaliacao de hospitais universitarios brasileiros. Ciencia Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.12, n. 4, p. 985-998, 2007. [ Links ]

MANDELLI, M. Estudantes poderao concorrer a mais vagas com Enem. Estadao.com.br, Sao Paulo, 28 set. 2009. Disponivel em: . Acesso em: 11 ago. 2011. [ Links ]

MARINHO, A.; RESENDE, M.; FACANHA, L. Brazilian federal universities: relative efficiency evaluation and data envelopment analysis. Revista Brasileira de Economia, Rio de Janeiro, v. 51, n. 4, p. 489-508, 1997. [ Links ]

MELLO, J. C. C. B. S. et al. Eficiencia DEA como medida de desempenho de unidades policiais. Producao Online, Florianopolis, SC, v. 5, n. 3, 2005. [ Links ]

POLIDORI, M. M.; ARAUJO, C. M.; BARREYRO, G. B. SINAES: perspectivas e desafios na avaliacao da educacao superior brasileira. Ensaio: avaliacao e politicas públicas em educacao, Rio de Janeiro, v.14, n. 53, 2006. [ Links ]

RAMANATHAN, R. An introduction to data envelopment analysis: a tool for performance measurement. Thousand Oaks, CA: Sage, 2003. [ Links ]

VELOSO, F. 15 anos de avancos na educacao no Brasil: onde estamos? In: VELOSO, F. et al. (Org.). Educacao basica no Brasil: construindo o pais do futuro. Rio de Janeiro: Campus, 2009. p. 3-24. [ Links ]

ZAINKO, M. A. S. Avaliacao da educacao superior no Brasil: processo de construcao historica. Avaliacao, Campinas, SP, v.13, n.3, p. 827-831, 2008. [ Links ]

ZOGHBI, A. C. P. et al. Mensurando o desempenho e a eficiencia dos gastos estaduais em educacao fundamental e media. Estudos Econômicos, Sao Paulo, v. 39, n. 4, p. 785-809, 2009. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank