Professores universitários: Quais são os desafios e perspectivas da pandemia?

Erlaine Binotto, Jane Corrêa Alves Mendonça, João André Amorim Araújo, Roselyn Rodrigues Fontoura

Resumo


O objetivo foi analisar, em dois períodos, os desafios e perspectivas na vida laboral dos docentes que realizaram teletrabalho durante a pandemia da COVID-19, com docentes da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Foi utilizado questionário na plataforma Google para coleta de dados em dois momentos da pandemia. Os resultados mostraram possibilidade de continuidade do trabalho remoto, porém com alternância entre remoto e integral. Desde a etapa 1, cinco meses após o início da pandemia e, a etapa 2, em 2022, muitas situações foram sendo readequadas pelos docentes para enfrentar os tempos de pandemia e trabalho/ensino remoto. Aspectos positivos foram as facilidades trazidas pelo trabalho remoto e a pouca incidência de contágio. Sugerem a instituição melhorar a assistência nas plataformas virtuais e capacitações, porque 58% querem a continuidade integral ou parcial das atividades remotas.


Palavras-chave


Teletrabalho; Educação Superior; Pandemia; Aprendizado; Desafios

Referências


ALVES, A. C. Teletrabalho na administração pública: estudo de caso na Controladoria Geral da União. 2020. Dissertação (Mestrado em Gestão Pública) – Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2020.

ANDARGIE, M. S.; TOUCHIE, M.; O’BRIEN, W. Case study: a survey of perceived noise in Canadian multi-unit residential buildings to study long-term implications for widespread teleworking. Building Acoustics, [s. l.], v. 28, n. 4, p. 443-460, 2021. https://doi.org/10.1177/1351010X21993742

ARAÚJO, J. A. A., et al. Atuação docente e pandemia em uma Universidade Federal: Contextos complexos e desafiadores. IN: ENCONTRO DA ANPAD, 45., 2021, Anais[...], 2021, Rio de Janeiro. v. 1. p. 1-16.

BENAVIDES, F. G., et al. O futuro do trabalho após a COVID-19: o papel incerto do teletrabalho no domicílio. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 46, e31, 2021. https://doi.org/10.1590/2317-6369000037820

BEZERRA, K. P., et al. Ensino remoto em universidades públicas estaduais: o futuro que se faz presente. Research, Society and Development, v. 9, n. 9, p. 1-17, 2020. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7226

BRASIL. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 25 abr. 2007.

BRASIL. Decreto nº 11.072, de 17 de maio de 2022. Dispõe sobre o Programa de Gestão e Desempenho - PGD da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 maio 2022.

BRASIL. Lei Nº 11.153, de 29 de julho de 2005. Dispõe sobre a instituição da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, por desmembramento da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 1 ago. 2005.

BRASIL. Ministério da Economia. Instrução Normativa SGP/SEDGG/ME nº 36, de 5 de maio de 2022. Estabelece o retorno ao trabalho em modo presencial dos servidores e empregados públicos dos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal - SIPEC. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 6 maio 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Nº 329, de 11 de março de 2020. Institui o Comitê Operativo de Emergência do Ministério da Educação - COE/MEC, no âmbito do Ministério da Educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 12 nov. 2020.

BUENO, E. Q.; SALVAGNI, J. A aprendizagem organizacional e o autodesenvolvimento no âmbito do teletrabalho. Revista Eletrônica do Mestrado Profissional em Administração da Universidade Potiguar, Natal, v. 8, n. 2, p. 110-124, 2016. https://doi.org/10.21714/raunp.v8i2.1496

CASTIONI, R., et al. Universidades federais na pandemia da COVID-19: acesso discente à internet e ensino remoto emergencial. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 29, n. 111, p. 399-419, abr./jun. 2021. https://doi.org/10.1590/s0104-40362021002903108

CHAHAD, J. P. Z. O futuro do trabalho pós Covid-19. Ciência & Trópico, Recife, v. 45, n. 1, p. 85-113, 2021.https://doi.org/10.33148/cetropicov45n1(2021)art6

CIFARELLI, R. A.; SOUZA, M. A. T. A implantação do teletrabalho apoiado na responsabilidade social corporativa: um estudo de caso em empresa de tecnologia. Revista Metropolitana de Governança Corporativa, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 69-83, jul./dez. 2016.

FILARDI, F.; CASTRO, R. M. P. D.; ZANINI, M. T. F. Vantagens e desvantagens do teletrabalho na administração pública: análise das experiências do Serpro e da Receita Federal. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 28-46, jan./mar. 2020. https://doi.org/10.1590/1679-395174605

GARRETT, R. K.; DANZIGER, J. N. Which telework? Defining and testing a taxonomy of technology mediated work at a distance. Social Science Computer Review, [s. l.], v. 25, n. 1, p. 27-47, 2007. https://doi.org/10.1177/0894439306293819

GASPAR, M. A., et al. Teletrabalho no desenvolvimento de sistemas: um estudo sobre o perfil dos teletrabalhadores do conhecimento. Revista Ciências Administrativas, Fortaleza. v. 17, n. 3, p. 1029-52, set,/dez. 2011.

GORDÓN, F. R. A. Del aprendizaje en escenarios presenciales al aprendizaje virtual en tiempos de pandemia. Estudios Pedagógicos (Valdivia), v. 46, n. 3, p. 213-223, 2020. https://doi.org/10.4067/S0718-07052020000300213

HALAL, F. FURG dá início a consulta pública para implementação do Programa de Gestão. Universidade Federal do Rio Grande, 2022. Available from: https://www.furg.br/es/noticias/noticias-institucional/furg-da-inicio-a-consulta-publica-para-implementacao-do-programa-de-gestao Acess in: 2022 May 13.

HOPKINS, J. L.; MCKAY, J. Investigating ‘anywhere working’ as a mechanism for alleviating traffic congestion in smart cities. Technological Forecasting and Social Change, [s. l.], v. 142, p. 258-272, May 2019. https://doi.org/10.1016/j.techfore.2018.07.032

KUPFERSCHMIDT, K., COHEN, J. Can China’s COVID-19 strategy work elsewhere? Science, [s. l./, v. 367, n. 6482, p. 1061-1062, 2020. 10.1126/science.367.6482.106

MAHLER, J. The telework divide: managerial and personnel challenges of telework. Review of Public Personnel Administration, Thousand Oaks, v. 32, n. 4, p. 407-418, 2012. https://doi.org/10.1177/0734371X124581

NGUYEN, M. H. Factors influencing home-based telework in Hanoi (Vietnam) during and after the COVID-19 era. Transportation, [s. l.], v. 48, n. 6, p. 3207-3238, 2021. https://doi.org/10.1007/s11116-021-10169-5

NILLES, J. Telecommunications and organizational decentralization. Transactions on Communications, [s. l.], v. 23, n. 10, p. 1142-1147, Oct. 1975. https://doi.org/10.1109/TCOM.1975.1092687

NOGUEIRA FILHO, J. A., et al. O teletrabalho como indutor de aumentos de produtividade e da racionalização de custos: uma aplicação empírica no Ministério da Justiça e Segurança Pública. Revista do Serviço Público, Brasília, DF, v. 71, n. 2, p. 274-296, 2020. https://doi.org/10.21874/rsp.v71i2.3173

NOHARA, J. J., et al. O teletrabalho na percepção dos teletrabalhadores. Innovation and Management Review, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 150-170, 2010.

OKANO, M. T., et al. Impactos da pandemia Covid-19 em empresas de grande porte: avaliação das mudanças na infraestrutura de tecnologia para o teletrabalho sob as óticas das teorias das capacidades dinâmicas e estrutura adaptativa. Revista Research, Society and Development, [s. l.], v. 9, n. 9, dez. 2020. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7852

OLIVEIRA, M. A. M.; PANTOJA, M. J. Desafios e perspectivas do teletrabalho nas organizações: cenário da produção nacional e agenda de pesquisa. Revista Ciências Administrativas, Fortaleza, v. 26, n. 3, 9538, 2020. https://doi.org/10.5020/2318-0722.2020.26.3.9538

OLIVEIRA, M. A. M.; PANTOJA, M. J. Perspectivas e desafios do teletrabalho no setor público. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESEMPENHO DO SETOR PÚBLICO, 2., 2018, Florianópolis. Anais[...] Florianópolis: Universidade do Sul de Santa Catarina; Universidade Federal de Santa Catarina; Universidade do Estado de Santa Catarina; Fundação Ena Escola de Governo, 2018.

PAN-AMERICAN HEALTH ORGANIZATION - PAHO; WORLD HEALTH ORGANIZATION - WHO. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Available from: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875 Acess in: 2022 Ago 4.

PEREIRA, L. J., et al. Teletrabalho e qualidade de vida: estudo de caso do poder judiciário em um estado do norte do Brasil. Revista Gestão e Desenvolvimento, v. 18, n. 1, p. 222-245, jan./abr. 2021. https://doi.org/10.25112/rgd.v18i1.2283

RABELO, A. Quais as vantagens e desvantagens do teletrabalho e das organizações virtuais na era da informação? Revista de Administração FACES Journal, [s. l./, v. 1, n. 1, p. 61-67, 2000.

ROCHA, C. T. M.; AMADOR, F. S. Telework: conceptualization and issues for analysis. Cadernos EBAPE.BR, [s. l.], v. 16, n. 1, p. 152-162, 2018. https://doi.org/10.1590/1679-395154516

SAKUDA, L. O.; VASCONCELOS, F. C. Teletrabalho: desafios e perspectivas. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 12, n. 33, p. 39-49, jun. 2005. https://doi.org/10.1590/S1984-92302005000200002

SARAIVA, K.; TRAVERSINI, C. S.; LOCKMANN, K. A educação em tempos de COVID-19: ensino remoto e exaustão docente. Práxis Educativa. Ponta Grossa, v. 15, p. 1-24, 2020. https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.15.16289.094

SAVIĆ, D. COVID-19 and work from home: digital transformation of the workforce. The Grey Journal, [s. l.], v. 16, n. 2, p. 101-104, 2020.

TANUS, G. F. S. C.; SÁNCHEZ-TARRAGÓ, N. Atuação e desafios das bibliotecas universitárias brasileiras durante a pandemia de COVID-19. Revista Cubana de Información en Ciencias de la Salud. v. 31, n. 3, e1615, 2020.

TASKIN, L.; BRIDOUX, F. Telework: a challenge to knowledge transfer in organizations. The International Journal of Human Resource Management, [s. l.], v. 21, n. 13, p. 2503–2520, out. 2010. https://doi.org/10.1080/09585192.2010.516600

THYE, K. E., et al. The benefits of and challenges faced by worldwide Federal Governments in Implementing the telework program. In: KNOWLEDGE MANAGEMENT INTERNATIONAL CONFERENCE (KMICe), 2012, Johor Bahry, Malaysia. Available from: https://repo.uum.edu.my/id/eprint/11033/ Access in: 2022 Ago 4.

TOKARCHUK, O.; GABRIELE, R.; NEGLIA, G. Teleworking during the COVID-19 crisis in Italy: evidence and tentative interpretations. Sustainability. [s. l.], v. 13, n. 4, p. 1-11, 2021. https://doi.org/10.3390/su13042147

TORRES, P. R. COVID-19: teletrabajo en tiempos de pandemia. Historia y Comunicación Social, Madrid, v. 26, n. Especial, p. 11-18, fev. 2021. https://doi.org/10.5209/hics.74237

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Conselho Universitário. Relatório de Gestão 2021. Dourados: Conselho Universitário, 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Instrução Normativa nº 9, de 12 de maio de 2022. Estabelece o encerramento da vigência da modalidade de trabalho remoto em âmbito da Universidade Federal da Grande Dourados. Dourados, 2022c.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Portaria Nº 190, de 12 de março de 2020. Institui o Comitê Operativo de Emergência no âmbito da Universidade Federal da Grande Dourados – COE/UFGD. Dourados, 2020a.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Portaria Nº 201. de 17 de março de 2020. Recompor o Comitê Operativo de Emergência da Universidade Federal da Grande Dourados – COE/UFGD. Dourados, 2020b.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Resolução Nº 281, de 26 de janeiro de 2022. Normatiza a aplicação da Fase Verde do RAEMF a partir de fevereiro de 2022 e altera os Projetos Pedagógicos dos Cursos de Graduação da UFGD. Dourados, 2022b.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Resolução Cepec nº 106, de 29 de junho de 2020. Aprova a retomada das atividades letivas a partir de 03 de agosto de 2020, de forma remota com o regulamento do Regime Acadêmico Emergencial (RAE) da Pró-Reitoria de Ensino e Graduação (PROGRAD). Dourados, 29 jun. 2020c.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS – UFGD. Resolução Cepec nº 279, de 24 de janeiro de 2022. Dispõe sobre a retomada das atividades didático-pedagógicas na modalidade presencial. Dourados, 24 jan. 2022a.

VELASCO, S. M. V.; PANTOJA, M. J.; OLIVEIRA, M. A.M. Qualidade de vida no teletrabalho compulsório no contexto da COVID-19: percepções entre os gêneros em organizações públicas. Administração Pública e Gestão Social, [s. l.], v. 15, n.1, 2023.

VILARINHO, K. P. B.; PASCHOAL, T.; DEMO, G. Teletrabalho na atualidade: quais são os impactos no desempenho profissional, bem-estar e contexto de trabalho? Revista do Serviço Público, [s. l.], v. 72, n. 1, p. 133-162, 2021. https://doi.org/10.21874/rsp.v72i01.4938




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362024003204159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2024 Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio:




Programa de Apoio às Publicacoes Cientificas (AED) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e tecnologico (CNPq), Ministerio da Educação (MEC), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ.
 

SCImago Journal & Country Rank