A Divulgação dos Resultados das Avaliacoes dos Sistemas Escolares: limitacoes e Perspectivas

Nilma Santos Fontanive

Resumo


O artigo vai discutir o impacto que os resultados das avaliações em larga escala podem ter na pratica docente com vistas a promover ganhos de aprendizagem. Os sistemas de avaliação de desempenho dos alunos, introduzidos no Brasil ha quase duas decadas, apesar da enorme quantidade de dados coletados e divulgados, parecem nao ter sido capazes de provocar as mudancas esperadas no cotidiano da relação professor-aluno-aprendizagem. Sao levantadas hipoteses de que os professores, coordenadores pedagogicos e diretores das escolas nao compreendam adequadamente as tecnologias empregadas na avaliação dos estudantes e nos mecanismos e materiais utilizados na divulgação dos resultados e, assim, nao sao capazes de orientar a pratica docente para corrigir os erros e as dificuldades apresentadas pelos alunos.
O artigo tambem faz referencia a algumas iniciativas realizadas por agentes públicos da educação para promover melhorias na aprendizagem, mediante a criação de materiais estruturados para alunos e professores, incluindo questoes de avaliação e exercicios para os alunos. Tais iniciativas podem produzir, a curto e medio prazos, impactos positivos no desempenho dos alunos. Discutem-se ainda as condicoes para que a avaliação efetivamente possa, em um futuro proximo, promover a aprendizagem dos estudantes.

Palavras-chave


Avaliação em Larga Escala; Impactos dos Resultados na Sala de Aula; Apropriação de Resultados pelos Professores

Referências


BRESSOUX, P. As pesquisas sobre o efeito escola e o efeito professor. EducaA§A£o em Revista, Belo Horizonte, n. 38, dez. 2003.

BRAUN, H. Value-added modeling: What does diligence require? Princeton, N.J: Educational Testing Service, 2004.

FONTANIVE, N.S. AvaliaA§A£o em larga escala no Brasil: Sistema Nacional de AvaliaA§A£o da EducaA§A£o BA¡sica (SAEB/95). In: BOMENY, HELENA. (Org.). AvaliaA§A£o e determinaA§A£o de padrAµes na educaA§A£o latinoamericana. Rio de Janeiro: FundaA§A£o GetAºlio Vargas/Preal,1997.

FROME, P.; LASATER, B; COONEY, S. Well-qualified teacher and high-quality teching: are they the same? Atlanta, GA: Southern Regional Educational Board, Research Brief, 2005.

FUNDAA‡AƒO CESGRANRIO. RelatA³rio PedagA³gico do SIADE, CiAancias e CiAancias da Natureza, 2009.

FUNDAA‡AƒO CESGRANRIO. AvaliaA§A£o de Leitura, Escrita e MatemA¡tica do Ensino Fundamental do Rio Grande do Sul. RelatA³rio PedagA³gico, 2009.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira. Brasilia, c. 2011, DisponA­vel em: . Acesso em: 19 nov. 2012.

KLEIN, R.; FONTANIVE, N. S. AvaliaA§A£o em larga escala. Em Aberto, BrasA­lia, DF, v. 15, n. 66, p. 29-34, 1995.

KLEIN, R. UtilizaA§A£o da Teoria de Resposta ao Item no Sistema Nacional de AvaliaA§A£o da EducaA§A£o BA¡sica. Ensaio – Aval. e pol. pub. Edu., Rio de Janeiro, v. 11, n. 40, p. 283-296, jul./set, 2003.

KLEIN, R: Souza, Albertode Mello e (Org). Testes de Rendimento Escolar. Em dimensAµes da avaliaA§A£o Educacional, org. Rio de Janeiro: Vozes, 2005. p. 110-138.

KLEIN, R.; FONTANIVE, N. Alguns indicadores educacionais de qualidade no Brasil de hoje. SA£o Paulo em Perspectiva, SA£o Paulo, v. 23, n. 1, p. 19-28, jan./jun, 2009.

McKINSEY REPORT: How the World´s Best-performing School Systems Come Out on Top. London: McKinsey&Company, 2007.

OCDE: PISA 2009 Results: What Students Know and Can Do. [S.l.]: OECD, 2010. v.1.

ROSENSHINE, B; STEVENS, R. Teaching functions. In: WITTROCK, M. C. (Ed.). Handbook of Research on Teaching. 3nd ed. New York: Macmillan, 1986. p. 376-391.

SCRIVEN, M. The methodology of evaluation . In: TYLER, R. W.; GAGNA‰, R. M.; SCRIVEN, M. (Ed.). Perspectives of Curriculum Evaluation. Chicago: Rand McNally, p. 39-83, 1967.

TODOS pela EducaA§A£o. SA£o Paulo,[s.d.]. DisponA­vel em: . Acesso em: 19 nov. 2012.

VAN HANEGHAN, J. P. Validiting assessment for learning: Consequential systems approaches. Journal of MultiDisciplinary Evaluation, v. 6, n. 12, june 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank