A Relação Familia-Escola sob a otica de Professores e Pais de criancas que frequentam o Ensino Fundamental

Lisiane Alvim Saraiva, Adriana Wagner

Resumo


Embora ja estejam comprovados os beneficios da proximidade entre a Familia e a Escola, constata-se que ainda existem muitos empecilhos para que esta relação seja eficaz. A escola parece ter dificuldades em compreender a realidade vivida por seus alunos e familias e a assimetria nessa relação tende a perpetuar as dificuldades de construir uma alianca eficaz que favoreca o envolvimento do aluno no espaco academico. Frente a essa realidade, o objetivo do presente trabalho e apresentar a perspectiva da escola e da familia sobre as vicissitudes dessa relação a partir dos depoimentos de pais e professores de Ensino Fundamental. Realizou-se dois grupos focais: um com professores de Ensino Fundamental (dez participantes) e outro com pais de alunos (sete participantes) que frequentam a mesma etapa de escolarização. A partir da Analise de Conteúdo, as informações do grupo focal com os docentes configuraram os seguintes temas: Demandas das familias que aparecem na pratica docente; Situacoes que demandam interação com as familias; Percepcao do professor sobre a familia e sobre seu papel. A analise do grupo de pais culminou nos seguintes temas: O envolvimento da familia com a escola dos filhos; A comunicação com a escola; Dificuldades Percebidas na Relação Famila-Escola, Mercantilização da Educação. As conclusoes remetem a uma realidade perfilada por fronteiras difusas entre familia e escola, revelando dificuldades que obstruem essa relação e convergem para um jogo de culpabilidades mútuas. Discute-se a possibilidade de otimização dessa relação a partir de estrategias conjuntas sistematicas que contemplem docentes e pais em suas reivindicacoes. Desde essa perspectiva, retoma-se a importância de desenvolver a tarefa educativa de forma conjunta, tendo sempre o aluno como foco e prioridade nesse processo.

Palavras-chave


Relação Familia-Escola; Ensino Fundamental; Educação

Referências


BHERING, E.; SIRAJ-BLATCHFORD, I. A relaA§A£o Escola-Pais: um modelo de trocas e colaboraA§A£o. Cadernos de Pesquisa, SA£o Paulo, n. 106, p. 191-216, mar. 1999.

BHERING, E.; DE NEZ, T. B. Envolvimento de pais em creche: possibilidades e dificuldades de parceria. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 1, n. 18, p. 63-73, jan./abr. 2002.

CARVALHO, M. E. P. de. RelaA§Aµes entre FamA­lia e Escola e suas implicaA§Aµes de GAanero. Cadernos de Pesquisa, SA£o Paulo, n. 110, p. 143-155, jul. 2000.

______. Modos de EducaA§A£o, GAanero e RelaA§Aµes Escola-FamA­lia. Cadernos de Pesquisa, SA£o Paulo, v. 34, n. 121, p. 41-58, jan./abr. 2004.

CAVALCANTE, R. S. C. ColaboraA§A£o entre pais e escola: educaA§A£o abrangente. Psicologia Escolar e Educacional, Campinas, v. 2, n. 2, p. 153-160, 1998.

DITRANO, C. J.; SILVERSTEIN, L. B. Listening to parents’ voices: participatory action research in the schools. Professional Psychology: research and practice, [S.l.], v. 4, n. 37, p. 359-366, ago. 2006.

EPSTEIN, J. L. School, Family, and Community Partnerships: preparing educators and improving schools. Johns Hopkins University: Westview Press, 2011.

GARBA“, M. J. C. QuiA©n reprueba realmente, la escuela o la familia? Revista Educarnos, [S. l.], v. 2, n. 8, p. 11-35, mar. 2013.

GONDIN, S. M. G. Grupos Focais como TA©cnica de InvestigaA§A£o Qualitativa: Desafios MetodolA³gicos. PaidA©ia, RibeirA£o Preto, v. 12 n. 24, p. 149-161, 2003.

GUTIA‰RREZ, J.; DELGADO, J. M. MA©todos y TA©cnicas Cualitativas de InvestigaciA³n en Ciencias Sociales. Madrid: SA­ntesis, 1995.

HILL, N. E.; TAYLOR, L. C. Parental school involvement and children’s academic achievement. Current Directions in Psychological Science, [S.l.], v. 13, n. 4, p. 161-164, ago. 2004.

KOUTROUBA, K. et al. An investigation of greek teachers’ views on Parental Involvement in Education. School Psychology International, v. 30, n. 3, p. 311-328, jun. 2009.

LEWIS, A. E.; FORMAN, T. A. Contestation or Collaboration? A Comparative Study of Home-School Relations. Anthropology& Education Quarterly, [S.l.], v. 33, n. 1, p. 60-89, mar. 2002.

MORGAN, D. L. Focus group as qualitative research. Newbury Park: Sage Publication, 1988. (Qualitative Research Methods Series 16).

OLABUA‰NAGA, J. I. R. Metodologia de lainvestigaciA³n cualitativa. Bilbao: Universidad de Deusto, 1999.

OLIVEIRA, C. B. E.; MARINHO-ARAAšJO, C. M. A relaA§A£o famA­lia-escola: intersecA§Aµes e desafios. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 27, n. 1, p. 99-108, jan./mar. 2010.

POLONIA, A. da C.; DESSEN, M. A. Em busca de uma compreensA£o das RelaA§Aµes entre FamA­lia e Escola. Psicologia Escolar e Educacional , [S.l.], v. 9, n. 2, p. 303-312, 2005.

RIBEIRO, D. F.; ANDRADE, A. dos S. A Assimetria na RelaA§A£o entre FamA­lia e Escola PAºblica. PaidA©ia, RibeirA£o Preto, v. 16, n. 35, p. 385-394, jan. 2006.

SANDERS, M. G.; EPSTEIN, J. L.; CONNORS-TADROS, L. Family Partnerships with High Schools: the parents’ perspective. Baltimore: Johns Hopkins University; Center for Research on the Education of Students Placed at Risk, 1999. (Report n. 32).

SILVEIRA, L. M. O. B. A RelaA§A£o FamA­lia-Escola: uma parceria possA­vel? In.: WAGNER, A. et al. Desafios Psicossociais da FamA­lia ContemporA¢nea: pesquisas e reflexAµes. Porto Alegre: Artmed, 2011. p. 181-190.

VILA, I. Familia y escuela: dos contextos y un solo niA±o. In.: ALFONSO, C. et al. La participaciA³n de los padres y madres en la escuela. Barcelona: Editorial GRA€O, 2003. p. 27-38.

VILLAS-BOAS, M. A. A RelaA§A£o Escola-FamA­lia-Comunidade inserida na problemA¡tica da formaA§A£o de professores. [S. l.: s. n., s.d]. DisponA­vel em: . Acesso em: 03 dez. 2011.

VYVERMAN, V.; VETTENBURG, N. Parent Participation at School: a research study on the perspectives of children. Child.-Glob. J. Child Res., v. 1, n. 16, p. 105-123, fev. 2009.

WAGNER, A.; SARRIERA, J. C.; CASAS, F. Os Direitos da InfA¢ncia: a perspectiva das crianA§as, seus pais e professores. Porto Alegre: Nova Prova Editora, 2009.

WAGNER, A.; TRONCO, C.; ARMANI, A. B. IntroduA§A£o: os desafios da famA­lia contemporA¢nea: revisitando conceitos. In: WAGNER, A. et al. Desafios Psicossociais da FamA­lia ContemporA¢nea: pesquisas e reflexAµes. Porto Alegre: Artmed, 2011. p. 19-35.

XU, J. Do early adolescents want family involvement in their education? Hearing voices from those who matter most. The School Community Journal, [S.l.], v. 12, p. 53-72, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank