Rendimento escolar: um estudo comparativo entre alunos da área urbana e da área rural em uma escola pública do Piauí

Suzana Gomes Lopes, Isabel Matilde de Carvalho Xavier, Alexandre Leite dos Santos Silva

Resumo


O objetivo principal deste estudo foi comparar o rendimento escolar entre alunos do 6º ano que residem nas áreas rural e urbana de uma escola pública do Piauí. Além disso, investigaram-se as causas socioeconômicas e escolares que influenciam tal rendimento, segundo os professores e os alunos. Os dados de rendimento foram obtidos mediante registros escolares, e os fatores influenciadores de rendimento foram investigados por meio de questionários e de entrevistas. Os registros escolares apontaram que os alunos que residem em área rural possuem um menor rendimento em comparação àqueles que moram na área urbana. Esta variação estaria ligada a aspectos sociais e escolares em diferentes níveis: de aluno, de turma e de escola.


Palavras-chave


Avaliação Escolar; Rural-urbano; Fatores Influenciadores

Referências


ALVES, M. T. G.; SOARES, J. F.; XAVIER, F. P. Índice socioeconômico das escolas de educação básica brasileiras. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 22, n. 84, p. 671-704, jul./set. 2014. https://doi.org/10.1590/S0104-40362014000300005

AMÉRICO, B. L.; LACRUZ, A. J. Contexto e desempenho escolar: análise das notas na Prova Brasil das escolas capixabas por meio de regressão linear múltipla. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 51, n. 5, p. 854-878, set./out. 2017. https://doi.org/10.1590/0034-7612160483

BACHA, S. M. C. et al. Rendimento escolar de alunos da área rural em escola urbana. Revista CEFAC, São Paulo, v. 8, n. 4, p. 429-440, out./dez. 2006. https://doi.org/10.1590/S1516-18462006000400004

BLOOM, B.; HASTINGS, T.; MADAUS, G. Manual de avaliação formativa e somativa do aprendizado escolar. São Paulo: Pioneira, 1983.

BONAMINO, A.; OLIVEIRA, L. H. G. Estudos longitudinais e pesquisa na educação básica. Linhas Críticas, Brasília, v. 19, n. 38, p. 33-50, jan./abr. 2013. https://doi.org/10.26512/lc.v19i38.4084

BRASIL. Senado Federal. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 5 out. 1988.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 dez. 1996.

CALDART, R. S. Educação do campo. In: CALDART, R. S. et al. (org.). Dicionário da educação do campo. 2. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012. p. 257-265.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. 11. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

COLEMAN, J. S. Desempenho nas escolas públicas. In: BROOKE, N.; SOARES, J. F. Pesquisa em eficácia escolar: origem e trajetórias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008. p. 26-32.

COLEMAN, J. S. et al. Equality of educational opportunity. Washington, DC: National Government Printing Office, 1966.

COSTA, G. D. F. Relações entre as orientações motivacionais e o desempenho escolar de alunos da 7ª série do Ensino Fundamental em Matemática, na resolução de equações do 1º grau. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

DAL-FARRA, R. A.; LOPES, P. T. C. Métodos mistos de pesquisa em educação: pressupostos teóricos. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 24, n. 3, p. 67-80, 2013. https://doi.org/10.14572/nuances.v24i3.2698

FARIA, E. M.; GUIMARÃES, R. R. M. Excelência com equidade: fatores escolares para o sucesso educacional em circunstâncias desfavoráveis. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 26, n. 61, p. 192-215, jan./abr. 2015. https://doi.org/10.18222/eae266103115

FONSECA, E. O.; NAMEN, A. A. Mineração em bases de dados do Inep: uma análise exploratória para nortear melhorias no sistema educacional brasileiro. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 32, n. 1, p. 133-157, jan./mar. 2016. https://doi.org/10.1590/0102-4698140742

FUNDAÇÃO LEMANN. QEdu. Matrículas e Infraestrutura. [s.l.], 2016. Disponível em: http://www.qedu.org.br/brasil/censo-escolar?year=2013&dependence=0&localization=0&item=. Acesso em: 6 out. 2017.

HAGE, S. M. Por uma escola do campo de qualidade social: transgredindo o paradigma (multi)seriado de ensino. Em aberto, Brasília, DF, v. 24, n. 85, p. 97-113, abr. 2011. https://doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.24i85.%25p

HAYDT, R. C. Avaliação do processo ensino-aprendizagem. 6. ed. São Paulo: Ática, 1997.

HILL, M. M.; HILL, A. Investigação por questionário. 2. ed. Lisboa: Sílabo, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Censo demográfico 2010: resultados preliminares do universo: conceitos e definições: tabelas adicionais. Rio de Janeiro: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, 2011.

KOLLING, E. J.; NERY, I.; MOLINA, M. C. Por uma educação básica do campo. Brasília, DF: Articulação Nacional por uma Educação do Campo, 1999. (Coleção Por uma Educação Básica do Campo, 1).

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 19. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

MASCARENHAS, S. Atribuições causais e rendimento no ensino médio. Rio de Janeiro: Ed. Autora, 2004.

OLIVEIRA, L. L. N. A.; MONTENEGRO, J. L. A. Panorama da educação do campo. In: MUNARIM, A. et al. (org.). Educação do campo: reflexões e perspectivas. Florianópolis: Insular, 2010. p. 47-80.

OSTI, A.; MARTINELLI, S. C. Desempenho escolar: análise comparativa em função do sexo e percepção dos estudantes. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 1, p. 49-59, jan./mar. 2014. https://doi.org/10.1590/S1517-97022013005000021

PALERMO, G. A.; SIVIA, D. B. N.; NOVELLINO, M. S. F. Fatores associados ao desempenho escolar: uma análise da proficiência em matemática dos alunos do 5º ano do ensino fundamental da rede municipal do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Estudos de População, Rio de Janeiro, v. 31, n. 2, p. 367-394, jul./dez. 2014. https://doi.org/10.1590/S0102-30982014000200007

PARREIRA, A.; SILVA, A. L. A lógica complexa da avaliação. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 23, n. 87, p. 367-388, abr./jun. 2015. https://doi.org/10.1590/S0104-40362015000100015

RODRIGUES, L. O. Ensaios sobre o diferencial de desempenho escolar entre alunos de escolas rurais e urbanas no Brasil. Dissertação (Mestrado em Economia Rural) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará, 2017.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, G. C. R. F. Atribuições causais sobre o rendimento escolar dos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental de Manaus. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Faculdade de Psicologia, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, Amazonas, 2011.

SILVA, C. B.; KICHOW, I. V. A transição da escola rural para a escola urbana e seus reflexos no Ensino de Matemática: um caso na cidade de Laguna Carapã. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11., 2013, Curitiba. Anais [...] Curitiba: Sociedade Brasileira de Educação Matemática, 2013. p. 1-7.

SOARES, J. F.; ANDRADE, R. J. Nível socioeconômico, qualidade e eqüidade das escolas de Belo Horizonte. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 50, p. 107-126, jan./mar. 2006. http:s//doi.org/10.1590/S0104-40362006000100008

SOUSA, C. P. Avaliação do rendimento escolar: sedimentação de significados. In: SOUSA, C. P. (org.). Avaliação do rendimento escolar. Campinas, SP: Papirus, 1991. p. 143-150.

VIANNA, H. M. Avaliação educacional: uma perspectiva história. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, n. 12, p. 7-24, 1995. https://doi.org/10.18222/eae01219952297

VILELA-RIBEIRO, E. B.; BENITE, A. M. C. A escola como espelho da sociedade: o desempenho escolar em ciências é afetado pela escola que os estudantes frequentam? Meta: Avaliação, Rio de Janeiro, v. 7, n. 21, p. 364-381, set./dez. 2015. https://doi.org/10.22347/2175-2753v7i21.835




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362020002802371

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.