Escala de Satisfação com a Dinâmica de Trabalho Docente: Desenvolvimento e Validação

Cristina Costa-Lobo, Marta Abelha, Themys Carvalho

Resumo


Este artigo explica os procedimentos de estudo de validade e de confiabilidade da Escala de Satisfação com a Dinâmica de Trabalho Docente (ESDTD). A ESDTD avalia a representação conceptual dos professores em relação às suas concepcoes de curriculo, ao desenvolvimento curricular, à gestao curricular, ao projeto e ao trabalho colaborativo; a satisfação dos professores em relação ao trabalho realizado pela direcao, pelos sub-departamentos, pela coordenação direta, pelos conselhos de turma e pelos responsaveis de unidades educacionais. Nos itens finais da ESDTD, sao avaliadas as percepcoes
dos professores sobre a cultura de agrupamento, sinalizando os aspectos considerados positivos e considerados problematicos. Foi testada a possibilidade de realizar uma analise fatorial e posteriormente avaliar os dados psicometricos e a confiabilidade de cada dimensao, para testar a validade interna da escala. Ha evidencias da adequação
da analise fatorial, mais especificamente da pertinencia da prova de Kaiser-Meyer-Olkin e do teste de esfericidade de Bartlett. Foi avaliada a variância explicada pela analise de componentes principais, definindo previamente a analise em seis fatores, com valores proprios superiores a 1. Ao definir seis componentes principais, as dimensoes explicaram
mais de 55% da variabilidade total. A analise da confiabilidade do tamanho e a avaliação da homogeneidade dos itens permitem obter valores de consistencia interna muito elevados para todos os itens e para todas as dimensoes. Os valores encontrados foram adequados para manter a estrutura e a distribuicao dos itens iniciais. A escala mostra
bons niveis de validade e de confiabilidade. Antecipa-se a utilidade de outros estudos serem desenvolvidos, complementando a sua analise psicometrica.


Palavras-chave


Dinâmica docente; Satisfação de Docentes; Escala; Validade; Confabilidade

Referências


ABELHA, M. (2011). Trabalho colaborativo docente na gesto do currculo do Ensino Bsico: do discurso s prticas. Tese de Doutoramento em Didtica. Aveiro: Universidade de Aveiro.

ABELHA, M.; MACHADO, E. A. & COSTA-LOBO, C. (2014). Colaborao docente em contexto educativo angolano: potencialidades e constrangimentos. In A. Lopes, M. Cavalcante, D. Oliveira & A. Hyplito (Orgs.) Trabalho Docente e Formao: Polticas, Prticas e Investigao: Pontes para a mudana. Atas do II Encontro Luso-Brasileiro sobre o Trabalho Docente e Formao, (pp.5368-5380). Porto: CIIE Centro de Investigao e Interveno Educativas. (ISBN: 978-989-8471-13-0).

ALVES, P. & FIGUEIREDO, L. (2011). A Avaliao de Desempenho Docente - Quanto vale o que fazemos? Educao, Sociedade & Culturas, n 33, 2011, 123-140.

HARGREAVES, A. (1998). Os professores em tempos de mudana. Lisboa: Mc Graw-Hill.

HARGREAVES, A.; EARL, L. & RYAN, J. (2001). Educao para a mudana Reinventar a escola para os jovens adolescentes. Porto: Porto Editora.

HARGREAVES, A. EARL, L., MANNING, S. & MOORE, S. (2002). Aprendendo a mudar: o ensino para alm dos contedos e da padronizao. Porto Alegre: Artmed.

LISBOA, J., AUGUSTO, M. & FERREIRA, P. (2012). Estatstica Aplicada Gesto. Lisboa: Vida Econmica Editorial.

COSTA-LOBO, C. (2011). Abordagem sociocognitiva do ajustamento carreira no ensino superior: o papel das atividades em grupo, da autoeficcia e dos interesses. Tese de Doutoramento em Psicologia - Especialidade de Psicologia Vocacional. Braga: Universidade do Minho Escola de Psicologia

MILHEIRO, R. (2013). Trabalho Colaborativo Entre Docentes Um Estudo de Caso. Tese de Mestrado em Cincias da Educao Superviso Pedaggica. Lisboa: Escola Superior de Educao Joo de Deus.

PESTANA, M. & GAGEIRO, J. (2005). Anlise de dados para Cincias Sociais A Complementaridade do SPSS. 4Edio. Lisboa: Edies Slabo.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362017002501206

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank