Sobre o sucesso e o fracasso no Ensino Medio em 15 anos (1999 e 2014)

Patricia Borges Coutinho da Silva, Nayane Caldeira Rezende, Teresa Cristina Correia Quaresma, Alvaro Chrispino

Resumo


As pesquisas feitas por Gomes (1999) no artigo “Sucesso e Fracasso no Ensino Medio, apontaram para os problemas neste nivel de ensino, como a alta Taxa de Abandono e de Repetencia. Quinze anos depois, o texto e revisitado com o objetivo de verificar a situação do Ensino Medio brasileiro frente aos seus desafios e obstaculos indicados desde antes. Atualizou-se os dados de desempenho academico, de taxas de abandono e de reprovação e comparou-se com os dados originais de Gomes (1999). Os resultados indicam uma diminuicao na Taxa de Abandono e um aumento na Taxa de Reprovação em quase todo o Brasil. Os indices de proficiencia estao mais baixos do que ha 15 anos, permitindo inferir que o exito dos alunos pode nao estar vinculado diretamente a sua permanencia na escola e que a alta Taxa de Reprovação nao resulta objetivamente em maior desempenho dos estudantes.


Palavras-chave


Ensino Medio; Reprovação; Abandono; Avaliação

Referências


ANDRE, M. Avaliacao revela impacto de um programa de formacao de professores. Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 16, n. 58, p. 149-168, 2008. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0104-40362008000100010.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira.Dicionario de indicadores educacionais. Brasilia, DF, 2004. Disponivel em: . Acesso em: 29 jan. 2014.

BRASIL. Ministerio da Educacao. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira .Indicadores educacionais da Educacao Basica: taxas de rendimento. Brasilia, DF, 2011. Disponivel em: . Acesso em: 29 jan. 2014.

CHRISPINO, A.; BAYMA, F.; REZENDE, F. P. de. Analise e proposta de formacao de educadores e administradores em Politicas Públicas. Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 20, n. 76, p. 555-586, 2012. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0104-40362012000300008.

FRANCO, C.; ALVES, F.; BONAMINO, A. Qualidade do ensino fundamental: politicas, suas possibilidades, seus limites. Educacao & Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 989-1014, 2007. Disponivel em:. Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0101-73302007000300017.

GOMES, C. A. A escola de qualidade para todos: abrindo as camadas da cebola. Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 13, n. 48, p. 281-306, 2005a. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0104-40362005000300002.

GOMES, C. A . Desseriacao escolar: alternativa para o sucesso? Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 13, n. 46, p. 11-38, 2005b. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362005000100002.

GOMES, C. A. Sucesso e fracasso no ensino medio. Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 7, n. 24, p. 259-280, 1999.

IBGE-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica. Reprovacao por serie - Ensino Medio. Disponivel em: . Acesso em: 05 jun. 2013.

IBGE-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica . Sintese de indicadores sociais: uma analise das condicoes de vida da populacao brasileira. Rio de Janeiro, 2013. (Estudos e Pesquisas. Informacao Demografica e Socioeconômica, n. 32).

KOETZ, C. M.; WERLE, F. O. C. Trajetoria do sistema de avaliacao do rendimento escolar do Estado do Rio Grande do Sul. Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 20, n. 77, p. 677-700, 2012. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0104-40362012000400004.

KUENZER, A. Z. O ensino medio no Plano Nacional de Educacao 2011-2020: superando a decada perdida?Educacao & Sociedade, Campinas, v. 31, n. 112, p. 851-873, 2010. DOI: 10.1590/s0101-73302010000300011.

MORAES, C. S. V.; ALAVARSE, O. M. Ensino medio: possibilidades de avaliacao. Educacao & Sociedade, Campinas, v. 32, n. 116, p. 807-838, 2011. Disponivel em: . Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S0101-73302011000300011.

NERI, M. C. (Coord.). O tempo de permanencia na escola e as motivacoes dos sem-escola. Rio de Janeiro: FGV/IBRE, CPS, 2009. Disponivel em: . Acesso em: 29 maio 2013.

NERI, M. C . Voce no mercado de trabalho. Rio de Janeiro: FGV/IBRE, CPS, 2008. Disponivel em:. Acesso em: 11 jan. 2012.

PARO, V. H. Continuous progress, school supervision, external evaluation: implications for the quality of education. Revista Brasileira de Educacao, Rio de Janeiro, v. 16, n. 48, p. 695-716, 2011. Disponivel em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782011000300009&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 31 jan. 2014. DOI: 10.1590/S1413-24782011000300009.

RIBEIRO, S. C. A pedagogia da repetencia. Estudos Avancados, Sao Paulo, v. 5, n. 12, p. 7-21, 1991. DOI: 10.1590/s0103-40141991000200002.

WERLE, F. O. C.Politicas de avaliacao em larga escala na educacao basica: do controle de resultados à intervencao nos processos de operacionalizacao do ensino.Ensaio: Avaliacao e Politicas Públicas em Educacao, Rio de Janeiro, v. 19, n. 73, p. 769-792, 2011. DOI: 10.1590/S0104-40362011000500003.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362016000200009

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

SCImago Journal & Country Rank