Revista Meta: Avaliação

e-ISSN 2175-2753

A revista do Mestrado Profissional em Avaliação da Fundação CESGRANRIO - Meta: Avaliação é uma publicação científica, de periodicidade quadrimestral, veiculada exclusivamente através da internet, nos meses de abril, agosto e dezembro. A publicação focaliza o campo da avaliação, com ênfase especial nas áreas de educação, saúde e sociedade, caracterizando assim sua natureza multidisciplinar. Meta: Avaliação é um canal de divulgação da prática e da teoria da avaliação no Brasil e no mundo. O periódico dedica-se a publicar pesquisas, estudos, artigos, resenhas de livros, teses e dissertações, relacionadas ao campo da avaliação.

Notícias

 
Nenhuma notícia publicada.
 
Outras notícias...

v. 11, n. 32 (2019): Revista Meta: Avaliação Maio/Ago.

A Revista Meta: Avaliação apresenta, em seu número 32, volume 11, 10 artigos selecionados por força de sua qualidade, o que pode ser traduzido pelo uso de diferentes abordagens avaliativas, garantindo o atendimento à perspectiva multidisciplinar do periódico.

Os dois primeiros artigos se ocupam de questões avaliativas relacionadas ao Ensino Básico. Os três artigos que se seguem voltam-se para problemas de avaliação no Ensino Superior. O sexto e sétimo artigos relatam estudos sobre avalições conduzidas na área da saúde. O oitavo e nono tratam, respectivamente, de uma comparação entre a avaliação cognitiva de policiais militares e universitários, e uma meta-avaliação de uma avaliação de desempenho conduzida em uma instituição pública. O décimo artigo aborda a questão da avaliação do acesso à informação em tribunais de contas dos estados brasileiros.

Tristan, la Jara e Perez analisam, no artigo El Doble Peso del Contexto: efectos directos e indirectos del nivel socioeconómico y capital cultural en la adquisición de aprendizajes básicos en México, se os efeitos diretos e indiretos do contexto, particularmente o nível socioeconômico e o capital cultural, interferem nos ganhos de aprendizagem, de alunos do ensino básico da cidade de Puebla, México.

No artigo dois, Concepções Avaliativas na Construção de Portfólios, Mena e Bierhalz, discutem a concepção avaliativa que orientou a construção de portfólios e suas contribuições para os processos de ensino e aprendizagem. Buscaram, também, reunir informações mais recorrentes sobre o processo de construção desse instrumento, a fim de divulgar suas possibilidades e limitações no âmbito educacional.

No terceiro texto, de autoria de Kreutz, Vieira e Costa, Avaliação Institucional: análise da participação e percepção dos discentes de uma IES, os autores buscaram traçar o panorama da participação dos discentes do curso de Engenharia de Produção em um processo de avaliação institucional. Eles obtiveram evidências de que esses discentes obtiveram os menores índices de participação, comparativamente às demais engenharias.

Dallabona, Kreutzfeld, Fernandes e Oliveira, autores do quarto artigo, Conhecimentos, Habilidade e Atitudes: percepção de discentes e docentes no processo de ensino-aprendizagem, se propuseram a analisar, em uma amostra de 182 discentes e 23 docentes, a percepção de discentes e docentes do curso de Ciências Contábeis de uma instituição de ensino superior pública sobre conhecimentos, habilidades e atitudes no processo de ensino-aprendizagem. Os dados foram trabalhados por meio da técnica de consenso.

Os autores do quinto texto, Bolzan, Fernandes e Antunes, Concepções Avaliativas no Ensino Superior de Administração, realizaram um estudo que teve por objetivo discutir as percepções de estudantes e de professores do ensino superior de Administração sobre o processo de avaliação das aprendizagens. Foi utilizada a técnica de grupo focal com estudantes brasileiros e portugueses, tendo os achados sido tratados por meio da técnica de Análise do Discurso.

No sexto artigo, Programa Mais Médicos: análise lógica à luz da modelagem de políticas públicas, os autores Macedo, Ferreira, Campos e Rodrigues realizaram uma análise desse Programa, procurando verificar a adequabilidade dos objetivos propostos com os meios implementados para atingi-los a partir dos pressupostos da literatura de análise de políticas públicas. As atividades do PMM foram agrupadas em três eixos de ação: provimento emergencial, educação e infraestrutura. Para cada um desses eixos mapeou-se os resultados alcançados, as possibilidades de aperfeiçoamento, bem como as áreas de possíveis ajustes na implementação.

Ainda na área da saúde, no sétimo trabalho, Dispositivos de Saúde Mental e Políticas Públicas: proposta de um instrumento para avaliar a implementação dos Centros de Atenção Psicossocial, Soares e Queiroga realizaram um mapeamento das leis e diretrizes que orientam a implementação dos Centros de Atenção Psicossocial e conduziram uma análise documental dos prontuários destes serviços.  Com esses dados foram realizados dois grupos focais. Os resultados advindos da aplicação dos instrumentos desenvolvidos para avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial possibilitaram a produção de evidências de validade bem como uma análise geral sobre esses dispositivos.

Rabelo e Mazariolli no artigo número oito, Avaliação Cognitiva de Policiais Militares e Universitários em Medidas Padronizadas de Memória, Atenção e Inteligência, investigaram métodos de mensuração de atenção, memória e inteligência com 105 policiais militares e 113 universitários, com o objetivo de verificar diferenças no desempenho desses dois grupos amostrais e diferenças entre pelotões distintos de policiais. Os autores se valeram de testes estatísticos Test T, ANOVA e de correlações e estudos de precisão. Entre os resultados encontrados, os autores verificaram que, na inteligência geral, memória de curto prazo, atenção concentrada e dividida, o grupo de policiais apresentou resultados mais elevados que os universitários.

No nono trabalho, Avaliação de Desempenho Individual da Comissão Nacional de Energia Nuclear: um estudo meta-avaliativo, Bezerra, Orlando Filho, Gomes, Zouain realizaram uma meta-avaliação somativa com o objetivo de avaliar a avaliação do desempenho individual de servidores realizada na Comissão Nacional de Energia Nuclear. Para tanto, elaboraram um quadro de critérios avaliativos baseado nas categorias Joint Committee on Standards for Educational Evaluation, usaram a abordagem voltada para a administração e aplicaram um questionário a 215 servidores.

Finalmente, no último artigo, redigido em inglês por Raupp, Online Platforms of the Audit Courts of Brazilian States: an assessment of access to information, foi realizada uma avaliação do acesso às informações contidas em plataformas online dos tribunais de contas dos estados brasileiros. O autor usou uma abordagem predominantemente qualitativa no estudo documental desenvolvido. Na coleta de dados se valeu de um protocolo de observação. Os resultados foram submetidos a uma análise descritiva. O modelo de avaliação da plataforma foi baseado em informações retiradas da literatura.

Sumário

Estudos e Artigos

Samana Vergara-Lope Tristan, Felipe Jose Hevia de la Jara, David Loyo Perez
274 - 302
Liziane Padilha Mena, Crisna Daniela Krause Bierhalz
PDF
303 - 320
Rafael Rudolfo Kreutz, Kelmara Mendes Vieira, Flavio Naccheri Vilar Costa
PDF
321 - 345
Lara Fabiana Dallabona, Maicon Kreutzfeld, Ana Rita Venzon Fernandes, Gabriela Ramos de Oliveira
PDF
346 - 375
Larissa Medianeira Bolzan, Domingos Fernandes, Elaine Di Diego Antunes
PDF
376 - 405
Alex dos Santos Macedo, Marco Aurelio Marques Ferreira, Ana Paula Teixeira de Campos, Cristiana Tristao Rodrigues
PDF
406 - 437
Cesar Pedrosa Soares, Fabiana Queiroga
PDF
438 - 467
Ivan Sant´Ana Rabelo, Andrea da Silva Mazariolli
PDF
468 - 494
Leonardo Ferreira Bezerra, Ovidio Orlando Filho, Marcus Brauer Gomes, Deborah Moraes Zouain
PDF
495 - 516
Fabiano Maury Raupp
517 - 538