Revista Meta: Avaliação

e-ISSN 2175-2753

A revista do Mestrado Profissional em Avaliação da Fundação CESGRANRIO - Meta: Avaliação é uma publicação científica, de periodicidade quadrimestral, veiculada exclusivamente através da internet, nos meses de abril, agosto e dezembro. A publicação focaliza o campo da avaliação, com ênfase especial nas áreas de educação, saúde e sociedade, caracterizando assim sua natureza multidisciplinar. Meta: Avaliação é um canal de divulgação da prática e da teoria da avaliação no Brasil e no mundo. O periódico dedica-se a publicar pesquisas, estudos, artigos, resenhas de livros, teses e dissertações, relacionadas ao campo da avaliação.

Notícias

 
Nenhuma notícia publicada.
 
Outras notícias...

v. 11, n. 31 (2019): Revista Meta: Avaliação Jan./Abr.

Buscando atender a sua perspectiva multidisciplinar, a Revista Meta: Avaliação, em seu número 31, volume 11, traz 10 artigos que contemplam a questão da avaliação sob diferentes aspectos. Os seis primeiros possuem como questão central a avaliação educacional contextualizadas em diferentes temas. Em seguida, já na área da saúde, é apresentado um trabalho sobre a validação de um instrumento para avaliar a aceitabilidade de um Programa de Homeopatia. Os três últimos artigos abordam: uma avaliação de impacto relacionada à Política Nacional de Museus; um estudo sobre os dados abertos, disponibilizados à sociedade pela Previdência Social; e, por fim, um artigo que se propõe em avaliar o impacto da concessão de rodovias do Distrito Federal em relação a ocorrência de acidentes de trânsito.

O primeiro artigo, de Navarro, Reyes e Vera – Validade e Justiça: por uma avaliação significativa em provas estandardizadas de escritura – discute a proposta de um novo teste de avaliação da escrita desenvolvido para obter informações sobre o desempenho escrito, no início do Ensino Superior no Chile. Incluindo atividades de escrita cidadã com fins acadêmicos, avaliam os textos por meio de uma rubrica holística centrada alcance de objetivos. Os resultados mostraram que houve um alto nível de interesse dos estudantes e uma distribuição normal dos desempenhos.

Borges e Rothen, autores do segundo texto - Avaliação Educacional Brasileira na Década de 1980: o campo entre duas abordagens – trazem como contribuição uma pesquisa documental que analisa a configuração do campo científico da avaliação educacional no Brasil na década de 1980, identificando os agentes que o constituíram e suas contribuições teóricas. Esses autores identificaram 19 pesquisadores brasileiros que se destacaram no campo da avaliação, discutindo duas abordagens: uma que se fundamenta na mensuração dos resultados e outra que defende prioritariamente a participação nos processos avaliativos.

O terceiro texto, de autoria de Moraes, Menezes e Dias - Uma Análise Contextualizada dos Resultados das Escolas Públicas Brasileiras – teve por objetivo analisar o ‘efeito escola’ das escolas públicas brasileiras. Nesta direção, realizaram uma análise contextualizada dos resultados das escolas, com vistas a determinar em que condições alcançaram tais resultados. Ficou evidente que a eficiência média das escolas não se atrela unicamente ao nível sócio educacional dos alunos. 

Eficiência na Provisão Educacional no Rio Grande do Sul: uma análise municipal em três estágios, é o quarto artigo, sendo de autoria de Franca Frio e Caruso. Esses autores tiveram como propósito mensurar a eficiência na gestão municipal de educação em municípios gaúchos, utilizando dados da FINBRA (Finanças do Brasil), do Censo Escolar, do Atlas do Desenvolvimento Humano e da Prova Brasil. Entre os resultados obtidos destaca-se que os resultados mostram a presença de uma pequena quantidade de munícipios considerados eficientes ou ineficientes, porém, a maioria foi considerada tendo níveis medianos de eficiência.

O quinto artigo, de Dutra, Coelho e Dutra - Indicadores Educacionais e Proficiência no ENEM: um estudo nos institutos federais do Brasil, buscou investigar o impacto diferenciador de contextos, insumos e processos presentes nas estruturas educacionais individualizadas de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia do Brasil sobre o desempenho educacional de seus discentes. Os autores obtiveram indícios de que insumos e processos afetam o desempenho, porém, com baixo poder explanatório. Assim, rejeitaram a hipótese de que o desempenho educacional desses alunos é afetado pela especificidade de insumos, processos e contextos existentes nessas instituições.

Paixão, Rabelo e Bruni, autores do sexto artigo - Avaliação do Docente pelo Discente no Âmbito do Ensino Técnico Integrado: Evidências de Validade da Escala SIR-II - tiveram como objetivo fazer a tradução, retrotradução, revisão por especialista e pré-testagem da segunda versão da escala Student Instructional Report (SIR-II) da organização Educational Testing Service (ETS), na parte em que trata da avaliação do docente. Para tanto usaram uma amostra composta por 5.622 casos criados por estudantes de cursos técnicos de nível médio. O modelo usado demonstrou ajustamento quanto à unidimensionalidade, confiabilidade e convergência, apresentando evidências de validade da escala em sua versão brasileira

Coelho, Oliveira e Reis abordaram, no sétimo artigo, a Avaliação da Aceitabilidade de um Programa de Homeopatia sob a Ótica dos Usuários: construção e validação de instrumento. Para tanto, construíram e validaram um instrumento para avaliar a aceitabilidade de um Programa de Homeopatia, sob a ótica do usuário. Passando por todas as etapas necessárias à construção e validação de instrumentos de medida, as autoras admitem que este poderá contribuir para a obtenção de informações sobre as expectativas, percepções de desempenho e preferências dos usuários nos serviços de saúde oferecidos, favorecendo a qualidade do cuidado prestado.

Avaliação de Impacto do Edital Mais Museus na Criação de Novos Museus em Pequenos Municípios Brasileiros: uma análise a partir do método de diferenças em diferenças é o oitavo artigo, redigido por Maravalhas e Silva Júnior, que buscou analisar o impacto deste edital na criação de museus no território brasileiro. Com base no método comparativo entre diferenças e semelhanças, os autores encontraram evidências que apontam para a insuficiências desta política. Eles afirmam que as iniciativas de criação de museus em municípios parecem estar mais relacionadas a fatores exógenos às políticas de indução, tais como população municipal, nível de desenvolvimento do município, atividades turísticas e contextos regionais.

Oliveira e Orlando Filho, autores do nono artigo - Avaliação dos Dados Abertos da Previdência Social, trazem como contribuição uma avaliação dos dados abertos disponibilizados pela Previdência Social, no Portal dados.gov.br. O objetivo deste Portal é garantir ao cidadão atendimento de qualidade, pois ao dispor de meios de acessá-las se garante uma das principais características de um Estado Democrático. Os autores criaram um questionário com 70 perguntas com a finalidade de prover respostas às questões avaliativas. O instrumento foi validado por três especialistas em Avaliação e, logo após, reformulado e submetido a 23 especialistas de diversas áreas. Entre os resultados obtidos, salienta-se o julgamento em relação ao grau de Transparência dos Dados Abertos, que apurou um resultado parcialmente satisfatório, indicando a necessidade de sanar deficiências, tanto nos conjuntos de dados, quanto no Portal.

Encerram este número Oliveira et al. abordando a Avaliação de Impacto das Concessões na Redução de Acidentes, Feridos e Mortos em Rodovias Federais do Distrito Federal e Entorno, que teve por objetivo avaliar o impacto que a concessão de rodovias federais trouxe na redução de acidentes de trânsito de rodovias federais e entorno do Distrito Federal. Entre os resultados do estudo está o fato de que houve redução de acidentes, mas não foi possível afirmar que tenha havido redução do número de feridos e mortos em decorrência de acidentes de trânsito nas rodovias federais concedidas.

Procurando contribuir para o aprofundamento de conhecimentos relacionados aos estudos da avalição multidisciplinar, avaliadores e pesquisadores encontram nos trabalhos apresentados neste número da Revista Meta: avaliação, assuntos relevantes nos campos de conhecimento da educação, saúde, museologia, tecnologia da informação e gestão pública de rodovias. Os artigos foram construídos utilizando diferentes abordagens ou metodologias e, certamente, se constituem em excelentes fontes de consulta para seus leitores. Aproveitem!

Sumário

Estudos e Artigos

Federico Navarro, Natalia Ávila Reyes, Gabriela Gómez Vera
1-35
Regilson Maciel Borges, Jose Carlos Rothen
PDF
36-66
Joysi Moraes, Daniel Teixeira de Menezes, Bruno Francisco Batista Dias
PDF
67-96
Marco Túlio Aniceto Franca, Gustavo Saraiva Frio, Dyana Fett Caruso
PDF
97-123
Rogério Severiano Dutra, Antonio Carlos Dias Coelho, Giselle Bezerra Mesquita Dutra
PDF
124-153
Roberto Brazileiro Paixao, Anamaria Azevedo Lafeta Rabelo, Adriano Leal Bruni
PDF
154-176
Isabela Braga Coelho, Andreia Ferreira Oliveira, Lenice Gnocchi Costa Reis
PDF
177-197
Flora Maravalhas, Luiz Honorato Silva Júnior
PDF
198-222
Douglas Gomes de Oliveira, Ovidio Orlando Filho
PDF
223-250
Júlio Cesar Matos de Oliveira, Mac Regio Sampaio Franco, Luiz Honorato da Silva Júnior, Annita Valleria Calmon Mendes, Alexandre Nascimento de Almeida
PDF
251-273