v. 7, n. 19 (2015)

Revista Meta: Avaliação Jan./Abr.

Os artigos que compõem esse número da Revista Meta: Avaliação focalizam o ensino a distância, a avaliação externa de alunos do Ensino Básico e possíveis efeitos no desenvolvimento profissional de professores de Matemática, e ainda contribuições de práticas escolares para o desempenho dos alunos, em avaliação externa nacional.

O primeiro artigo, de Crispim, Archer, Gomes, Gomig, e Cruz, trata dos aspectos teóricos e metodológicos que envolvem a avaliação de um curso de formação profissional, de abrangência nacional, na modalidade da educação a distância. Para seu desenvolvimento, foi construído um sistema de avaliação com a finalidade aferir o processo de ensino-aprendizagem.

O segundo artigo, de Silva, Bastos, Rodrigues, Silva, e Brito, também no âmbito da educação a distância (?), faz parte de um projeto de avaliação desenvolvido pela extensão da Fundação CECIERJ. Traz os resultados de uma avaliação centrada no usuário sobre o grau de satisfação de professores de Língua Portuguesa e Matemática, regentes do segmento de Jovens e Adultos, com o Curso de Formação Continuada.

O terceiro artigo, também sobre professores, por meio de metodologia quantitativa apresenta os resultados de um estudo empírico sobre os efeitos da realização de provas externas nacionais de matemática do 2º e 3º ciclos do ensino básico, no desenvolvimento profissional docente, em Portugal. É de autoria de Marques, Sousa, Costa, e Pacheco.

O quarto artigo, de Salgado Junior, Novi, Ferreira, Oliveira, e Miranda, faz o uso integrado das abordagens quantitativa e qualitativa para se estudar um dado objeto: a eficiência escolar. Tem por objetivo relatar resultados de pesquisa empírica realizada em escolas públicas municipais brasileiras do ensino fundamental para evidenciar práticas escolares que podem ter contribuído para o desempenho dos alunos na Prova Brasil.

Finalmente, o quinto artigo, de Silva e Leite, teve por finalidade avaliar a interface gráfica do curso a distância denominado Voluntariado, Conceitos e Motivação do AFS Intercultura Brasil, em relação a sua ergonomia e usabilidade. O estudo adotou a abordagem de avaliação por especialistas, em uma avaliação heurística.


Sumário

Estudos e Artigos

Ana Carla Crispim, Aline Battisti Archer, Diego Eller Gomes, Regina Pinho Gomig, Roberto Moraes Cruz
1-22
Angela Carrancho da Silva, Elizabeth Ramalho Soares Bastos, Carmen Granja da Silva Rodrigues, Regina C. da Silva, Ana Maria Feydit Brito
23-57
Maria Micaela Marques, Joana Raquel Sousa, Natália Costa, José Augusto Pacheco
58-84
Alexandre Pereira Salgado Junior, Juliana Chiaretti Novi, Jonas Ferreira, Marcio Mattos Borges de Oliveira, Paulo Sergio Miranda
85-122
Simone de Paula Silva, Ligia Leite
123-140