Abordagem do Ciclo de Políticas e Suas Contribuições para Análise da Política de Avaliação em Larga Escala

Almir Paulo dos Santos

Resumo


 

O objetivo deste trabalho é apresentar as contribuições do Ciclo de Políticas, como método de análise de políticas educacionais, no contexto da política de avaliação em larga escala, a partir das leis de criação dos sistemas municipais de ensino. Foram focalizados dois municípios com diferente Índice de Desenvolvimento da Educação Básica no Estado de Santa Catarina, identificando as dificuldades e implicações que as avaliações promoveram na educação municipal. O Ciclo de Políticas é um método para análise de políticas, formulado pelos sociólogos Stephen Ball e Richard Bowe, utilizado em diferentes contextos, como referencial teórico-analítico para estudo das políticas educacionais. A partir do Ciclo de Políticas, identificou-se que as avaliações em larga escala, estão presentes no contexto do currículo escolar, porém, ainda persistem muitas dificuldades em conduzir o processo avaliativo a partir das práticas escolares. Salienta-se a necessidade da articulação das políticas de educação municipal com suas unidades escolares, para que possam conduzir o processo avaliativo, de maneira eficaz, focalizando a qualidade na educação.


Texto completo:

PDF PDF Espanhol

Referências


BALL, S. Reformar escolas/reformar professores e os terrores da performatividade. Revista Portuguesa de Educação, v. 15, n. 2, p. 03-23, 2002.

BALL, S.; BOWE, R. Subject departments and the ‘implementation’ of National Curriculum policy: anoverview of the issues. Journal of Curriculum Studies, [S. l.], v. 24, n. 2, p. 97-115, 1992.

BARRETO, R. G. As políticas de formação de professores: novas tecnologias e educação à distância. In: BARRETO, R. G. Tecnologias educacionais e educação à distância: avaliando políticas e práticas. Rio de Janeiro: Quartet, 2008. p. 331-334.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2014.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. [Diário Oficial da União], Brasília, DF, 26 jun. 2014. Edição Extra. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2014.

COUTINHO, Carlos Nelson. Marxismo e política: a dualidade de poderes e outros ensaios. Cortez: São Paulo, 1996.

CURY, C. R. J. Gestão democrática da educação pública. Gestão democrática da educação, Brasília, DF, Boletim 19, p. 14-19, out. 2007.

FISCHER, Beatriz T. Daudt. Avaliação da aprendizagem: a obsessão pelo resultado pode obscurecer a importância do processo. In: WERLE, Flávia Obino Corrêa (Org.). Avaliação em larga escala: foco na Escola. Brasília, DF: Liber Livro, 2010.

LOPES, A. C. Os parâmetros curriculares nacionais para o ensino médio e a submissão ao mundo produtivo: o caso do conceito de contextualização. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, p. 386-400, set. 2002.

MAINARDES, J.; MARCONDES, M. I. Entrevista com Stephen J. Ball: um diálogo sobre justiça social, pesquisa e política educacional. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 106, p. 303-318, jan./abr. 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2014.

MAINARDES, J. Abordagem do ciclo de políticas: uma contribuição para a análise de políticas educacionais. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, p. 47-69, jan./abr. 2006.

Almir Paulo dos Santos

Meta: Avaliação | Rio de Janeiro, v. 6, n. 18, p. 263-280, set./dez. 2014

SARMENTO, M. J. Gerações e Alteridade: interrogações a partir da sociologia da infância. Educação e Sociedade, Campinas, v. 26, n. 91, p. 361-378, maio/ago. 2005.

SHIROMA, E. O.; CAMPOS, R. F.; GARCIA, R. Decifrar textos para compreender apolítica: subsídios teórico-metodológicos para análise de documentos. Perspectiva, Florianópolis, v. 23, n. 2, p. 427-446, jul. /dez. 2005.

WERLE, F. O. C. Sistemas Municipais de Ensino como contexto da gestão democrática e dos Conselhos Escolares. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO, 23., 2007, Porto Alegre; CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO, 5., Porto Alegre, COLÓQUIO IBEROAMERICANO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DE EDUCAÇÃO, 1., 2007, Porto Alegre. De politica e administração da educação: trabalhos apresentados... Porto Alegre: ANPAE, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v6i18.391



Direitos autorais 2015 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.