Avaliação Escolar Para a Aprendizagem: possibilidades e avanços na prática pedagógica

Ana Paula Silva Santos, Ana Canen

Resumo


Este trabalho pretende apresentar, através de uma análise bibliográfica, a problemática que envolve a articulação da avaliação escolar e a diversidade cultural presente nas escolas. Neste contexto, propõe a avaliação multicultural como contribuição para a melhoria constante da aprendizagem e sua adequação à pluralidade cultural. Analisa a produção acadêmica em dois periódicos especializados em avaliação: a Revista Meta: Avaliação e a Revista Ensaio, procurando detectar tendências, potenciais e lacunas para a avaliação multicultural. De acordo com a análise, constatamos que esforços têm sido feitos para a superação da avaliação homogeneizadora em detrimento de uma avaliação para a transformação. Assim, a perspectiva multicultural da avaliação se mostra favorável, na medida em que trabalha com as individualidades dos estudantes, com a diversidade de instrumentos avaliativos e com o acompanhamento constante do desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem.

Palavras-chave


Avaliação escolar; Aprendizagem; Prática pedagógica; Perspectiva multicultural

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, N. M. C. & CANEN, A. Impactos de políticas de avaliação institucional: um estudo de caso no sistema de ensino naval brasileiro. Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação. Vol.15, N.54, 2007, p.53-66.

CANEN, A. Avaliação da aprendizagem. In: CANEN, A; SANTOS, A. R. (Org.). Educação Multicultural: teoria e prática para professores e gestores. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2009. Cap.3, p. 41-124

HOFFMANN, J. Avaliação: mito e desafio uma perspectiva construtivista. 28 ed. Porto Alegre: Editora Mediação, 2007.

LUCKESI, C. L. Avaliação da aprendizagem escolar. 20 ed, São Paulo: Cortez, 2009.

PERRENOUD, P. Avaliação: Da excelência à regulação das aprendizagens - entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

ROMÃO, J. E. Avaliação dialógica – desafios e perspectivas. 6 ed, São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v6i16.208



Direitos autorais 2015 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.