Avaliação Escolar Para a Aprendizagem: possibilidades e avancos na pratica pedagogica

Ana Paula Silva Santos, Ana Canen

Resumo


Este trabalho pretende apresentar, atraves de uma analise bibliografica, a problematica que envolve a articulação da avaliação escolar e a diversidade cultural presente nas escolas. Neste contexto, propoe a avaliação multicultural como contribuicao para a melhoria constante da aprendizagem e sua adequação à pluralidade cultural. Analisa a produção academica em dois periodicos especializados em avaliação: a Revista Meta: Avaliação e a Revista Ensaio, procurando detectar tendencias, potenciais e lacunas para a avaliação multicultural. De acordo com a analise, constatamos que esforcos tem sido feitos para a superação da avaliação homogeneizadora em detrimento de uma avaliação para a transformação. Assim, a perspectiva multicultural da avaliação se mostra favoravel, na medida em que trabalha com as individualidades dos estudantes, com a diversidade de instrumentos avaliativos e com o acompanhamento constante do desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem.

Palavras-chave


Avaliação escolar; Aprendizagem; Pratica pedagogica; Perspectiva multicultural

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, N. M. C. & CANEN, A. Impactos de polA­ticas de avaliaA§A£o institucional: um estudo de caso no sistema de ensino naval brasileiro. Ensaio. AvaliaA§A£o e PolA­ticas PAºblicas em EducaA§A£o. Vol.15, N.54, 2007, p.53-66.

CANEN, A. AvaliaA§A£o da aprendizagem. In: CANEN, A; SANTOS, A. R. (Org.). EducaA§A£o Multicultural: teoria e prA¡tica para professores e gestores. Rio de Janeiro: CiAancia Moderna, 2009. Cap.3, p. 41-124

HOFFMANN, J. AvaliaA§A£o: mito e desafio uma perspectiva construtivista. 28 ed. Porto Alegre: Editora MediaA§A£o, 2007.

LUCKESI, C. L. AvaliaA§A£o da aprendizagem escolar. 20 ed, SA£o Paulo: Cortez, 2009.

PERRENOUD, P. AvaliaA§A£o: Da excelAancia A regulaA§A£o das aprendizagens - entre duas lA³gicas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

ROMAƒO, J. E. AvaliaA§A£o dialA³gica – desafios e perspectivas. 6 ed, SA£o Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v6i16.208



Direitos autorais 2015 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Principios Norteadores para o Avaliador

Guiding Principles for Evaluators American Evaluation Association (AEA)

Com o proposito de guiar o trabalho dos profissionais de avaliacao e assegurar a etica de sua atuacao, a American Evaluation Association (AEA) - Associacao Profissional de Avaliadores - estabeleceu cinco principios norteadores aqui resumidos:

1.  Indagacao Sistematica, no que se refere à capacidade de coletar dados utilizando tecnicas apropriadas e comunicando metodos e abordagens com a devida transparencia para permitir acesso e critica.

2.  Competencia, no que se refere a demonstrar atuacao competente perante os envolvidos no processo avaliativo e desenvolver continuamente sua capacidade para alcancar o mais alto nivel de desempenho possivel.

3.  Integridade/Honestidade, no que se refere a assegurar honestidade e integridade ao longo de todo o processo avaliativo, negociando com os envolvidos e interessados na avaliacao e buscando esclarecer e orientar procedimentos que venham provocar distorcoes ou indevidas utilizacoes.

4.  Respeito pelas pessoas, no que se refere ao respeito pela seguranca, dignidade e auto-valorizacao dos envolvidos no processo avaliativo, atuando sempre com etica profissional, evitando riscos e prejuizos que possam afetar os participantes para assegurar, o melhor possivel, o respeito às diferencas e o direito social de retorno dos resultados, aos envolvidos.

5.  Responsabilidade pelo bem estar geral e público, no que se refere a levar em consideracao a diversidade de interesses e valores que possam estar relacionados ao público em geral,buscando responder nao somente às expectativas mais imediatas, mas tambem às implicacoes e repercussoes mais amplas e, nesse sentido, disseminar a informacao sempre que necessario.

Indexado em:

  1. DOAJ- Directory of Open Access Journals

  2. EBSCO - Information Services

  3. Edubase

  4. Google Scholar

  5. Latindex -  Sistema regional de informacion en linea para revistas cientificas de America Latina, el Caribe, España y Portugal

  6. LivRe! - Portal do CNEN-Comissao Nacional de Energia Nuclear, do Ministerio de Ciencia, Tecnologia e Inovacao

  7. OEI - Organizacion de Estados Iberoamericanos (Madri, Espanha, CREDI)

  8. RCAAP - Repositorio Cientifico de Acesso Aberto de Portugal

  9. REDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico

  10. Scopus - A maior base de dados de abstracts e citacao de literatura revisada por pares:periodicos cientificos, livros e anais

 
 

Scimago

SJR : Scientific Journal Rankings

SCImago Journal & Country Rank

Meta: Aval., Rio de Janeiro, ISSN 2175-2753.