Concepções Avaliativas no Ensino Superior de Administração

Larissa Medianeira Bolzan, Domingos Fernandes, Elaine Di Diego Antunes

Resumo


Esta investigação teve como objetivo discutir as percepções de estudantes e de professores do ensino superior de Administração sobre o processo de avaliação das aprendizagens. Abordar tal processo se justifica pela produção acadêmica não abundar estudos com o propósito de analisar o processo de avaliação das aprendizagens no ensino superior de Administração (BOLZAN; ANTUNES, 2015). Esta pesquisa é de natureza qualitativa, os dados foram coletados por meio de grupos de foco, com estudantes, e de entrevistas semiestruturadas, junto a professores, de duas instituições de ensino brasileiras e duas portuguesas, tendo os achados sido analisados com base na Análise do Discurso (PÊCHEUX, 2009). Os resultados mostraram que os cursos superiores de Administração investigados estão ainda fortemente orientados por uma avaliação cujo principal propósito é classificar os estudantes. Nestas condições, parece emergir a necessidade de se refletir sobre o processo de avaliação no ensino de Administração, tendo em vista a utilização deliberada e sistemática da avaliação formativa para melhorar a qualidade das aprendizagens e da formação dos estudantes.


Texto completo:

PDF

Referências


FERNANDES, D. Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas. Lisboa: Texto Editores, 2008.

FERNANDES, D. Pesquisas de percepções e práticas de avaliação no ensino universitário português. Estudos em Avaliação Educacional, v. 26, n. 63, p. 596 - 629, 2015a.

FERNANDES, D. Práticas de avalaição de dois professores universitários: pesquisa utilizando obsservações e narrativas de atividades das aulas. EDUCAR em Revista, edição especial, n.1, p.109 –135, 2015b.

PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Traduzido por Eni P. Orlandi (et. al.). 4. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2009.

PERRENOUD, P. Avaliação da Excelência à Regulagem das Aprendizagens: Entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed. 2007. 183p.

YURDAKUL, B. Perceptions of Elementary School Teachers Concerning the Concept of Curriculum. Educational Sciences: Theory & Practice, 15(1), p.125-139. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v11i32.1998



Direitos autorais 2019 Fundacao Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Principios Norteadores para o Avaliador

Guiding Principles for Evaluators American Evaluation Association (AEA)

Com o proposito de guiar o trabalho dos profissionais de avaliacao e assegurar a etica de sua atuacao, a American Evaluation Association (AEA) - Associacao Profissional de Avaliadores - estabeleceu cinco principios norteadores aqui resumidos:

1.  Indagacao Sistematica, no que se refere à capacidade de coletar dados utilizando tecnicas apropriadas e comunicando metodos e abordagens com a devida transparencia para permitir acesso e critica.

2.  Competencia, no que se refere a demonstrar atuacao competente perante os envolvidos no processo avaliativo e desenvolver continuamente sua capacidade para alcancar o mais alto nivel de desempenho possivel.

3.  Integridade/Honestidade, no que se refere a assegurar honestidade e integridade ao longo de todo o processo avaliativo, negociando com os envolvidos e interessados na avaliacao e buscando esclarecer e orientar procedimentos que venham provocar distorcoes ou indevidas utilizacoes.

4.  Respeito pelas pessoas, no que se refere ao respeito pela seguranca, dignidade e auto-valorizacao dos envolvidos no processo avaliativo, atuando sempre com etica profissional, evitando riscos e prejuizos que possam afetar os participantes para assegurar, o melhor possivel, o respeito às diferencas e o direito social de retorno dos resultados, aos envolvidos.

5.  Responsabilidade pelo bem estar geral e público, no que se refere a levar em consideracao a diversidade de interesses e valores que possam estar relacionados ao público em geral,buscando responder nao somente às expectativas mais imediatas, mas tambem às implicacoes e repercussoes mais amplas e, nesse sentido, disseminar a informacao sempre que necessario.

Indexado em:

  1. DOAJ- Directory of Open Access Journals

  2. EBSCO - Information Services

  3. Edubase

  4. Google Scholar

  5. Latindex -  Sistema regional de informacion en linea para revistas cientificas de America Latina, el Caribe, España y Portugal

  6. LivRe! - Portal do CNEN-Comissao Nacional de Energia Nuclear, do Ministerio de Ciencia, Tecnologia e Inovacao

  7. OEI - Organizacion de Estados Iberoamericanos (Madri, Espanha, CREDI)

  8. RCAAP - Repositorio Cientifico de Acesso Aberto de Portugal

  9. REDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico

  10. Scopus - A maior base de dados de abstracts e citacao de literatura revisada por pares:periodicos cientificos, livros e anais

 
 

Scimago

SJR : Scientific Journal Rankings

SCImago Journal & Country Rank

Meta: Aval., Rio de Janeiro, ISSN 2175-2753.