O Ecossistema da Pesquisa Sobre a Educação On-line: panorama da produção discente dos cursos de mestrado e doutorado, no período de 1987 – 2009

Stella Cecilia Duarte Segenreich, Luis Felipe Camêlo de Freitas

Resumo


Este artigo discute a necessidade de se desenvolverem levantamentos sistemáticos da produção científica de temas emergentes, com base em uma pesquisa tipo estado da arte que teve como objetivo estabelecer o ecossistema da Educação online mediante: (a) o mapeamento das teses/dissertações defendidas sobre Educação a Distância (EAD) no Brasil e registradas no Banco da CAPES desde 1987; (b) o levantamento e análise dos aspectos bibliométricos da produção sobre Educação Online. O corpus de análise sobre EAD, com 4035 registros, foi constituído a partir de palavras-chave extraídas das concepções de EAD de Moore, Kearsley e Lévy, e nele constatou-se o crescimento da produção sobre o tema por tipo e nível de curso. Quanto às 247 pesquisas sobre Educação Online, dados sobre sua origem geográfica, vinculação institucional, fonte, financiamento, área de conhecimento em que se situa e temas tratados geram novas questões para pesquisas sobre as políticas públicas e institucionais que utilizam a EAD.

Palavras-chave


Educação a Distância; Ensino Superior; Educação on-line, Estado da Arte

Texto completo:

PDF PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v5i13.170



Direitos autorais 2015 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.