Avaliação de Impacto do Edital Mais Museus na Criação de Novos Museus em Pequenos Municípios Brasileiros: uma analise a partir do método de diferenças em diferenças

Flora Maravalhas, Luiz Honorato Silva Júnior

Resumo


Este estudo compreende a avaliação de impacto do edital Mais Museus, ação voltada ao fomento à criação de novos museus, parte do Programa Museu, Memoria e Cidadania, o qual integra a Politica Nacional de Museus. Procurou-se analisar o impacto do edital na criação de museus no territorio brasileiro. A partir do metodo de diferencas em diferencas, evidencias apontam para a insuficiencia da referida politica. Por fim, as iniciativas de criação de museus em municipios parecem estar mais relacionadas a fatores exogenos às politicas de indução, tais como população municipal, nivel de desenvolvimento do municipio, atividades turisticas e contextos regionais.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, R. P.; LIMA, L. Por que, para que e quando fazer?. In: MENEZES, N. F. (Org.). Avaliao Econmica de Projetos Sociais. So Paulo: Fundao Ita Social, 2012.

BNA et al. European Statistical System Network on Culture: final report. Luxemburgo: European Commission/Eurostat, 2012.

BRASIL. Constituio da Repblica Federativa do Brasil. Dirio Oficial [da] Repblica Federativa do Brasil, Braslia, 5 out. 1988. Disponvel em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

______. Lei n 11.906, de 20 de janeiro de 2009. Cria o Instituto Brasileiro de Museus. Dirio Oficial [da] Repblica Federativa do Brasil, Braslia, 22 jan. 2009. Disponvel em: . Acesso em: 01 fev. 2017.

______. Lei n 12.343, de 2 de dezembro de 2010. Institui o Plano Nacional de Cultura - PNC, cria o Sistema Nacional de Informaes e Indicadores Culturais - SNIIC e d outras providncias. Dirio Oficial [da] Repblica Federativa do Brasil, Braslia, 3 dez. 2010. Disponvel em: . Acesso em: 01 fev. 2017.

CARVALHO, S. N. Avaliao de programas sociais: balano das experincias e contribuio para o debate. So Paulo em Perspectiva, So Paulo, v. 17, n. 3-4, p. 185-197, jul./dez., 2003.

COHEN, E.; FRANCO, R. Avaliao de projetos sociais. Petrpolis: Vozes, 1999.

COSTA, F




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v11i31.1672



Direitos autorais 2019 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Principios Norteadores para o Avaliador

Guiding Principles for Evaluators American Evaluation Association (AEA)

Com o proposito de guiar o trabalho dos profissionais de avaliacao e assegurar a etica de sua atuacao, a American Evaluation Association (AEA) - Associacao Profissional de Avaliadores - estabeleceu cinco principios norteadores aqui resumidos:

1.  Indagacao Sistematica, no que se refere à capacidade de coletar dados utilizando tecnicas apropriadas e comunicando metodos e abordagens com a devida transparencia para permitir acesso e critica.

2.  Competencia, no que se refere a demonstrar atuacao competente perante os envolvidos no processo avaliativo e desenvolver continuamente sua capacidade para alcancar o mais alto nivel de desempenho possivel.

3.  Integridade/Honestidade, no que se refere a assegurar honestidade e integridade ao longo de todo o processo avaliativo, negociando com os envolvidos e interessados na avaliacao e buscando esclarecer e orientar procedimentos que venham provocar distorcoes ou indevidas utilizacoes.

4.  Respeito pelas pessoas, no que se refere ao respeito pela seguranca, dignidade e auto-valorizacao dos envolvidos no processo avaliativo, atuando sempre com etica profissional, evitando riscos e prejuizos que possam afetar os participantes para assegurar, o melhor possivel, o respeito às diferencas e o direito social de retorno dos resultados, aos envolvidos.

5.  Responsabilidade pelo bem estar geral e público, no que se refere a levar em consideracao a diversidade de interesses e valores que possam estar relacionados ao público em geral,buscando responder nao somente às expectativas mais imediatas, mas tambem às implicacoes e repercussoes mais amplas e, nesse sentido, disseminar a informacao sempre que necessario.

Indexado em:

  1. DOAJ- Directory of Open Access Journals

  2. Latindex -  Sistema regional de informacion en linea para revistas cientificas de America Latina, el Caribe, España y Portugal

  3. OEI - Organizacion de Estados Iberoamericanos (Madri, Espanha, CREDI)

  4. RCAAP - Repositorio Cientifico de Acesso Aberto de Portugal

  5. LivRe! - Portal do CNEN-Comissao Nacional de Energia Nuclear, do Ministerio de Ciencia, Tecnologia e Inovacao

  6. Qualis/CAPES - Coordenacao de Aperfeicoamento de Pessoal de Nivel Superior (Brasilia, DF)

  7. Scopus - A maior base de dados de abstracts e citacao de literatura revisada por pares:periodicos cientificos, livros e anais

  8. Google Scholar
  9. REDIBRed Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico

 
 

Scimago

SJR : Scientific Journal Rankings

SCImago Journal & Country Rank

Meta: Aval., Rio de Janeiro, ISSN 2175-2753.