Como Avaliar Docentes? A Percepção dos Docentes na Implantação da Gestão por Competências em uma Instituição de Ensino Superior Privada

Shalimar Gallon, Elaine Taufer, Magela Duarte Just, Claudete Batistella, Roberto Lima Ruas

Resumo


O estudo emerge em um contexto de aumento da oferta de cursos superiores no Brasil. Assim, as Instituições de Ensino Superior (IES) buscam políticas, estratégias e ferramentas gerenciais para ter diferencial no mercado, como a Gestão por Competências (GPC). No entanto, é inovador que a GPC seja aplicada aos docentes, visto a necessidade de adaptação da prática para atender às demandas destes e dos órgãos competentes do ensino superior. Para tanto, este artigo objetiva analisar a implantação da gestão por competências em uma IES privada, por meio de uma pesquisa qualitativa com 18 entrevistas realizadas com professores e gestores da IES. Os resultados mostram que, para os docentes, o programa não está consolidado e precisa de ajustes, tais como, comunicação mais efetiva e maior investimento em capacitação para que ocorra a internalização do modelo; também percebem que a implantação do modelo contribuiu para a qualificação das práticas de GP e no alcance dos resultados da IES.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDRIA, M. Compromisso do docente no ensino do musicista: o conhecimento aliado às necessidades profissionais na contemporaneidade. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA EM MÚSICA DA UFG, 4, p. 114-118, 2004, Goiânia. Anais... Goiânia: 2004.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. 3ª ed. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2009.

BERTÃO, N. Como foi elaborado o ranking das PMEs que mais crescem. Revista EXAME. São Paulo: edição 1121, ano 47, n. 20, 11 set. 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2016.CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Institucional. Disponível em internet: . Acesso em 12 Nov. 2016.

BRANDÃO, H. P. Aprendizagem e competências nas organizações: uma revisão crítica de pesquisas empíricas. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Recife, v.6, n.3, p.321-342, set./dez. 2008.

BRANDÃO, H. P.; BORGES-ANDRADE, J. E. Causas e efeitos da expressão de competências no trabalho: para entender melhor a noção de competência. Revista de Administração Mackenzie (RAM), São Paulo, v.8, n.3, p.32-49, jul./set. 2007.

BRANDÃO, H. P.; BORGES-ANDRADE, J. E.; DE AQUINO GUIMARÃES, T. Desempenho organizacional e suas relações com competências gerenciais, suporte organizacional e treinamento. Revista de Administração, v. 47, n. 4, p. 523-539, 2012.

CARBONE, P. P. Gestão por competência e gestão do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

CARBONE, P.P.; BRANDÃO, H.P.; LEITE, J.B.; VILHENA, R.M. Gestão por competências e gestão do conhecimento. 3.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2009.

DENISI, A. S. Performance appraisal and performance management: a multilevel analysis. In: Klein, K.L.; Kozlowski, S.W.J. (Org.). Multilevel theory, research and methods in organizations: foundations, extensions and new directions. San Francisco: Jossey-Bass, Cap. 3, p. 121-156, 2000.

DUBOIS, D. D.; ROTHWELL, W. J. Competency-based human resource management. California: Davies-Black Publishing, 2004.

DUTRA, J. S. Competências: conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna. São Paulo: Atlas, 2010.

DUTRA, J. S.; FLEURY, M. T. L.; RUAS, R. Competências: conceitos, métodos e experiências. Editora Atlas S. A., 2000.

FERNANDES, B. H. R. Gestão Estratégica de Pessoas com foco em Competência. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

FISCHER, A. L.; DUTRA, J. S.; HIPÓLITO, J. A. M.; FLEURY, M. T. L.; EBOLI, M. Gestão por competências: um modelo avançado para o gerenciamento de pessoas. 2.ed. São Paulo, 2001.

FLEURY, A.; FLEURY, M. T. L. Estratégias empresariais e formação de competências. São Paulo: Atlas, 2001.

FREITAS, A. L. P. A Auto-Avaliação de Instituições de Ensino Superior: uma importante contribuição para a gestão educacional. Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, ES, v. 1, p. 1-15, 2004.

GANGANI, N.; MCLEAN, G. N.; BRADEN, R. A. A competency-based human resource development strategy. Performance Improvement Quaterly, [S.l.], v. 19, n. 1, p. 127-140, 2006.

GOERGEN, P. Ciência, Sociedade e Universidade. Educação & Sociedade, v. 19, n. 63, 1998.

HANASHIRO, D.; NASSIF, V. Competências de Professores: um fator competitivo. RBGN, São Paulo, v. 8, n. 20, p. 45-56, jan/abr., 2006.

IMED. Institucional, 2016. Disponível em internet: . Acesso em 12 Nov. 2016.

KOCHANSKI, J. Competency-based management. Training and Development, v. 51, n. 10, p. 41-44, 1997.

LE BOTERF, G. Desenvolvendo a competência dos profissionais. 3ª ed. Revista ampliada, Porto Alegre: Artmed, 2003.

LIMA, M. G.; NORO, G. B. Gestão de Competências Docentes: um estudo no Centro Universitário Franciscano. Disciplinarum Scientia, v. 4, p. 91-110, 2008.

MILLS, J.; PLATTS, K.; BOURNE, M.; RICHARDS, H. Strategy and Performance: competing through competences. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

MUNCK, L.; MUNCK, M. M.; DE SOUZA, R. B. Gestão de pessoas por competências: análise de repercussões dez anos pós-implantação. Revista de Administração Mackenzie, v. 12, n. 1, 2011.

NASCIMENTO, F.; DOS SANTOS ZUPPANI, T. S.; DUTRA, J. S. Avaliação de desempenho por competências no setor público paulista. Revista da Faculdade de Administração e Economia, v. 7, n. 2, p. 2-32, 2016.

ORSI, A.; BUTTAZI, M. A.; OCHIAI, J. M.; SANTOS, L. D.; SILVEIRA, H. I. Jr. Implantação do modelo de gestão por competências: análise dos benefícios e desafios do processo. In: SEMINÁRIOS DE ADMINISTRAÇÃO (SEMEAD), 9, 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2006.

PERRENOUD, P. Formation continue et obligation de compétences dans le métier d'eenseignant. Paris: ESF, 1999.

PERRENOUD, P.; ALTET, M.; CHARLIER E.; PAQUAY, L. Formando Professores Profissionais. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

PONTE, J. P. Didácticas específicas e construção do conhecimento profissional. In: IV CONGRESSO DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO. Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 4, p. 59-72, 1999, Porto. Anais ... Porto: SPCE, 1999.

QUEL, L. F. Alinhamento de competências em instituições de ensino superior: um estudo de caso na rede privada. REGE. Revista de Gestão USP, v. 15, p. 63-74, 2008.

RODRIGUES, L. L. O sociodrama na formação dos professores. A página da Educação, v. 16, n. 173, dez. 2007. Disponível em:< http://www.apagina.pt> Acesso em: 15 Jul. 2016.

RUAS, R. L. Gestão por competências: uma contribuição à estratégia das organizações. In: RUAS, R. L.; ANTONELLO C. S.; BOFF, L. H. (Orgs.). Aprendizagem Organizacional e Competências. Porto Alegre: Bookman, 2005.

RUAS, R. Desenvolvimento de competências gerenciais e contribuição da aprendizagem organizacional. In: FLEURY, M. T.; OLIVEIRA JÚNIOR, M. de M. (Orgs). Gestão Estratégica do Conhecimento: integrando aprendizagem, conhecimento e competências. São Paulo: Atlas, 2001.

SANTOS, T. S. Avaliação de competências: estratégias e elementos para uma gestão do desenvolvimento organizacional e profissional focados em resultados. In: Congresso CONSAD de Gestão Pública, 3, 2010, Brasília, DF. Painéis... Brasília, DF: CONSAD, 2010. Disponível em internet: . Acesso em: 16 nov. 2016.

SERPELL, A.; FERRADA, X. A competency-based model for construction supervisors in developing countries. Personnel Review, [S.l.], v. 36, n. 4, p. 585-602, 2007.

SINAES. Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Roteiro de Auto-Avaliação Institucional Orientações Gerais INEP/SINAES/CONAES. Ministério da Educação. Brasília/DF, 2004. Disponível em internet: Acesso em 15 nov. 2016.

TRIGUEIRO, M. G. S. Universidades Públicas: desafios e possibilidades o Brasil Contemporâneo. Brasília: UnB, 1999.

YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

ZARIFIAN, P. A gestão por atividades e por processos: o cruzamento dos caminhos. Para onde caminham as organizações. São Paulo: Epusp, p. 13-24, 1994.

ZARIFIAN, P. Objetivo competência por uma nova lógica. São Paulo: Atlas, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v9i26.1300



Direitos autorais 2017 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.