Instrumentos de Avaliação Estrangeiros no Contexto da Saúde Brasileira: processo de tradução, adaptação cultural e validação

Bruno Borges do Carmo, Ligia Gomes Elliot, Li­gia Silva Leite, Luci­ Hildenbrand

Resumo


Este estudo teve por objetivo investigar e analisar sete artigos científicos que contem instrumentos de avaliação com as etapas de tradução, adaptação cultural e validação, do idioma original para a lingua portuguesa. A metodologia utilizada para a primeira etapa, de tradução, nos artigos estudados envolve uma tradução inicial, uma retrotradução, um back translation e uma tradução final. Na segunda etapa, de adaptação cultural, ocorre um desdobramento cognitivo, com tradução literaria e conceitual, onde as questoes sao analisadas e sofrem as devidas adaptacoes. Sao realizadas tambem na nessa etapa comparacoes gramaticais e semânticas, avaliando os significados das palavras em cada item com o objetivo de identificar a clareza e questoes problematicas do instrumento como um todo. Na terceira etapa, de validação, o instrumento ja traduzido e adaptado culturalmente e aplicado e testado, podendo ser reaplicado posteriormente para validar seu conteúdo atraves de informações úteis. Verificou-se que os itens nao devem apenas ser traduzidos para a lingua que sera utilizada, mas tambem sofrer adaptacoes culturais para manter a validade e a equivalencia entre as versoes. Esses processos de tradução, adaptação cultural e validação mostram que nao basta somente traduzir e aplicar os instrumentos, mas tambem a importância na utilização de um guia sistematizado no processo de tradução, adaptação cultural e validação. A tradução e validação para a lingua portuguesa permitem com que os instrumentos passem a ser utilizados na avaliação da nossa população, com a vantagem de obtermos resultados uniformes, padronizados e reprodutiveis.

Palavras-chave


Instrumentos de Avaliação; Saúde; Tradução; Adaptação cultural; Validação

Texto completo:

PDF PDF (Español (España))

Referências


GUILLEMIN, F.; BOMBARDIER, C.; BEATON, D. Cross-Cultural adaption of health-related quality of life measures: literature review and proposed guidelines. Journal of Clinical Epidemiology, v. 46, n. 12, p. 1417-1432, Dec. 1993.

MAKDISSE, M. et al. AdaptaA§A£o transcultural e validaA§A£o do questionA¡rio de claudicaA§A£o de Edimburgo, 2007. DisponA­vel em: . Acesso em: 22 fev. 2011.

MARQUES, A. P. et al. ValidaA§A£o da versA£o brasileira do Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ). SA£o Paulo, 2006. DisponA­vel em: . Acesso em: 3 mar. 2011.

MARX, F. C. et al. TraduA§A£o e validaA§A£o cultural do questionA¡rio Algofuncional de Lequesne para Osteoartrite de joelhos e quadris para a LA­ngua Portuguesa. SA£o Paulo, 2006. DisponA­vel em: . Acesso em: 3 mar. 2011.

MICHELS, M. J. et al. QuestionA¡rio de atividades de autocuidado com o diabetes: traduA§A£o, adaptaA§A£o e avaliaA§A£o das propriedades psicomA©tricas. FlorianA³polis, SC, 2010. DisponA­vel em: . Acesso em: 23 fev. 2011.

PECICIN, M. S.; CICONELLI, R.; COHEN, M. QuestionA¡rio especA­fico para sintomas do joelho “Lysholm Knee Soring Scaleâ€: traduA§A£o e validaA§A£o para a LA­ngua Portuguesa. SA£o Paulo, 2006. DisponA­vel em: . Acesso em: 24 fev. 2011.

OLIVEIRA, B. G. et al. VersA£o em portuguAas, adaptaA§A£o transcultural e validaA§A£o de questionA¡rio para avaliaA§A£o da qualidade de vida para pacientes portadores de Marcapasso: AQUAREL. Belo Horizonte, MG, 2005. DisponA­vel em: . Acesso em: 19 fev. 2011.

OLIVEIRA, G. C.; MEVES, R.; AVANZI, O. QuestionA¡rio SRS-30 para adolescentes portadores de escoliose idiopA¡tica. SA£o Paulo, 2010. DisponA­vel em: . Acesso em: 3 mar. 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.22347/2175-2753v4i11.129



Direitos autorais 2015 Fundação Cesgranrio

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Principios Norteadores para o Avaliador

Guiding Principles for Evaluators American Evaluation Association (AEA)

Com o proposito de guiar o trabalho dos profissionais de avaliacao e assegurar a etica de sua atuacao, a American Evaluation Association (AEA) - Associacao Profissional de Avaliadores - estabeleceu cinco principios norteadores aqui resumidos:

1.  Indagacao Sistematica, no que se refere à capacidade de coletar dados utilizando tecnicas apropriadas e comunicando metodos e abordagens com a devida transparencia para permitir acesso e critica.

2.  Competencia, no que se refere a demonstrar atuacao competente perante os envolvidos no processo avaliativo e desenvolver continuamente sua capacidade para alcancar o mais alto nivel de desempenho possivel.

3.  Integridade/Honestidade, no que se refere a assegurar honestidade e integridade ao longo de todo o processo avaliativo, negociando com os envolvidos e interessados na avaliacao e buscando esclarecer e orientar procedimentos que venham provocar distorcoes ou indevidas utilizacoes.

4.  Respeito pelas pessoas, no que se refere ao respeito pela seguranca, dignidade e auto-valorizacao dos envolvidos no processo avaliativo, atuando sempre com etica profissional, evitando riscos e prejuizos que possam afetar os participantes para assegurar, o melhor possivel, o respeito às diferencas e o direito social de retorno dos resultados, aos envolvidos.

5.  Responsabilidade pelo bem estar geral e público, no que se refere a levar em consideracao a diversidade de interesses e valores que possam estar relacionados ao público em geral,buscando responder nao somente às expectativas mais imediatas, mas tambem às implicacoes e repercussoes mais amplas e, nesse sentido, disseminar a informacao sempre que necessario.

Indexado em:

  1. DOAJ- Directory of Open Access Journals

  2. Latindex -  Sistema regional de informacion en linea para revistas cientificas de America Latina, el Caribe, España y Portugal

  3. OEI - Organizacion de Estados Iberoamericanos (Madri, Espanha, CREDI)

  4. RCAAP - Repositorio Cientifico de Acesso Aberto de Portugal

  5. LivRe! - Portal do CNEN-Comissao Nacional de Energia Nuclear, do Ministerio de Ciencia, Tecnologia e Inovacao

  6. Qualis/CAPES - Coordenacao de Aperfeicoamento de Pessoal de Nivel Superior (Brasilia, DF)

  7. Scopus - A maior base de dados de abstracts e citacao de literatura revisada por pares:periodicos cientificos, livros e anais

  8. Google Scholar

 

 

Scimago

SJR : Scientific Journal Rankings

SCImago Journal & Country Rank