A pesquisa-ação como instrumento de analise e avaliação da pratica docente

Maria de Fatima Barbosa Abdalla

Resumo


Este artigo pretende refletir sobre a pesquisa-ação como instrumento de analise e avaliação da pratica docente. Para isso, investiga um grupo de professoras de Ed. Infantil e das series iniciais do Ensino Fundamental no interior de um Programa de Educação Continuada/PEC-Formação Universitaria. Nesta perspectiva, o texto aborda aspectos norteadores da metodologia de pesquisa-ação e avalia seus efeitos, analisando-os, sob a otica das seguintes dimensoes: a estrutura da escola, como contexto de trabalho; as práticas do professor frente à situação de ensino e pesquisa; e o habitus como maneiras de ser e de estar na profissao. Como conclusoes, ainda que parciais, anuncia alguns principios que permitem ressignificar a pesquisa-ação como estrategia de formação e de aprendizagem profissional capaz de tornar a pratica docente mais critica e coerente na busca de sua necessaria transformação.

Palavras-chave


Pesquisa-ação; Pratica docente; Habitus

Referências


BARBIER, R. A pesquisa-acao. Traducao Lucie Didio. Brasilia, DF: Plano Editora, 2002. [ Links ]

BOURDIEU, P. A economia das trocas lingüisticas: o que falar quer dizer. Traducao Sergio Miceli et al. Sao Paulo: Edusp, 1996. [ Links ]

______. A economia das trocas simbolicas. Traducao Sergio Miceli et al. 5. ed. Sao Paulo: Perspectiva, 1998a. [ Links ]

______. O poder simbolico.Traducao Fernando Tomaz. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998b. [ Links ]

______. A profissao de sociologo: preliminares epistemologicas. Traducao Guilherme J. de Freitas Teixeira. Petropolis, RJ: Vozes, 1999. [ Links ]

______. Razoes praticas: sobre a teoria da acao. Campinas, SP: Papirus, 1997. [ Links ]

CANARIO, R. Os estudos sobre a escola: problemas e perspectivas. In: BARROSO, J. O estudo da escola. Porto, PT: Porto Editora, 1996. p. 121-149. [ Links ]

DEROUET, J. L. O funcionamento dos estabelecimentos de ensino em Franca: um objecto cientifico em redefinicao. In: BARROSO, J. O estudo da escola. Porto, PT: Porto Editora, 1996. p. 61-85. [ Links ]

DESROCHE, H. Entreprendre d'apprendre: d' une autobiographie raisonnee aux projets d' une recherche-action. Paris: Editions Ouvrières, 1990. [ Links ]

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em tres artigos que se complementam. 33. ed. Sao Paulo: Cortez, 1997. [ Links ]

MORIN, E. O Metodo 3: o conhecimento do conhecimento. Porto Alegre: Sulina, 1999. [ Links ]

PIMENTA, S. G. A didatica como mediacao na construcao da identidade do professor: uma experiencia de ensino e pesquisa na licenciatura. In: ANDRE, M. E. D. A.; OLIVEIRA, M. R. N. S. (Org.). Alternativas do ensino de didatica. Campinas, SP: Papirus, 1997. p. 37-69. [ Links ]

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-acao. 7. ed. Sao Paulo: Cortez, 1996. [ Links ]

______. Pesquisa-acao nas organizacoes. Sao Paulo: Atlas, 1997. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.