Nivel socioeconômico, qualidade e eqüidade das escolas de Belo Horizonte

Jose Francisco Soares, Renato Júdice de Araújo

Resumo


Entre os fatores que impactam o desempenho cognitivo dos alunos da educação basica destacam-se sua familia, as estruturas da sociedade e a escola que ele estuda. A forma de medir estes fatores sofreu enorme impacto com a popularização de duas novas tecnicas estatisticas: a Teoria de Resposta ao Item (TRI) e os modelos de regressao para dados hierarquicos. Nesse trabalho apresentam-se tres medidas caracterizadoras de uma escola; sua posicao construida com ajuda da TRI a partir de indicadores fornecidos pelos alunos, medidas da qualidade e medidas da eqüidade criadas com ajuda dos modelos hierarquicos. A base de dados utilizada e composta por informações provenientes dos questionarios socioeconômicos e pelas medidas de desempenho cognitivo dos estudantes das escolas de Belo Horizonte presentes no SIMAVE 2002 e nos vestibulares da UFMG em 2002, 2003 e 2004. A analise da qualidade das escolas de Belo Horizonte, atraves de modelo onde a influencia do nivel socioeconômico no desempenho dos alunos e controlada, mostra uma dimensao otimista da realidade. Algumas escolas, públicas e privadas, pelas suas politicas e práticas pedagogicas conseguem fazer diferenca no desempenho de seus alunos mesmo quando eles sao socioeconomicamente desfavorecidos. Por outro lado, hoje o sistema de educação basica de Belo Horizonte so consegue produzir qualidade na presenca de alta iniqüidade. O acesso esta garantido, mas apenas alguns terminam a educação basica com desempenho nos niveis de desempenho adequados.

Palavras-chave


Nivel socioeconômico; Efeito escola; Avaliação de sistemas

Referências


COLEMAN, J. S. et al. Equality of educational laboratory, 1996. Disponivel em: . Acesso em: abr. 2004. [ Links ]

FERRAO, M. E. Introducao aos modelos de regressao multinivel em educacao. Campinas, SP: Editora Komedi, 2003. 106 p. [ Links ]

FLETCHER, P. R. A Teoria da Resposta ao Item: medidas invariantes do desempenho escolar. Ensaio: avaliacao e politicas públicas em educacao: revista da Fundacao Cesgranrio, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, p. 21 – 28, jan./mar. 1994. [ Links ]

FRANCO, C. O SAEB: potencialidades, problemas e desafios. Revista Brasileira de Educacao, Sao Paulo, n. 17, p. 127-132, 2001. [ Links ]

HAMBLETON, R. K. Principles and selected applications of Item Response Theory. In: LINN, R. L. (Ed.). Educational measurement. 3. ed. Washington, DC: American Council on Education and the National Council on Measurement in Education, 1993. p.147-200. [ Links ]

GOLDSTEIN, H.; THOMAS, S. Using examination results as indicators of school and college performance. J. R. Statistic. Soc., London, Series A, n. 159, p. 149-163, 1996. [ Links ]

LEE, V. E. Using hierarchical linear modeling to study social contexts: the case of school effects. Educational Psychologist, London, n. 35, p. 125-141, 2000. [ Links ]

MISLEVY, R. J.; BOCK, R. D. Bilog: Item analysis and test scoring with binary logistic models. 2. ed. Chicago: Scientific Software, Inc., 1990. [ Links ]

MOSTELLER, F.; MOYNIHAN, D. P. On equality of educational opportunity. New York: Random House, 1972. [ Links ]

RUTTER, M. et al. Fifteen thousand hours: secondary schools and their effects on children. Cambridge: Harvard University Press, 1979. [ Links ]

SAMEJIMA, F. Estimation of latent ability using a response pattern of graded scores. Psychometrika, New York, v. 17, 1969. Monograph Supplement , n. 4, Part 2. [ Links ]

SAMMONS, P. et al. School effectiveness: coming of age in the twenty-first century. Lisse; Exton, PA: Swets and Zeitlinger Publishers, 1999. [ Links ]

SOARES, J. F. Cognitive achievement inequalities in Brazil: the role of SES, gender, race and region of residence. In: GLOBAL CONFERENCE ON EDUCATION RESEARCH IN DEVELOPING COUNTRIES, 2005, Praga. Trabalhos apresentados ... Praga, 2005. Disponivel em: . Acesso em: mar. 2005. [ Links ]

SOARES, J. F. O efeito da escola no desempenho cognitivo de seus alunos. Revista Electronica Iberoamericana sobre Calid, Eficacia y Cambio en Educacion, Madrid, v. 2, n. 2, p. 83-104, 2004. Disponivel em: . Acesso em: mar. 2005. [ Links ]

SOARES, J. F.; ALVES, M. T. G.; MARI, F. Avaliacao de escolas de ensino basico. In: FREITAS, L. C. (Org.). Questoes de avaliacao educacional. Campinas, SP: Komedi, 2003. [ Links ]

SOARES, J. F. et al. Fatores associados ao desempenho em lingua portuguesa e matematica: a evidencia do SAEB 2003: relatorio tecnico. Belo Horizonte: Laboratorio de Medidas Educacionais, ICEx, UFMG, 2004. [ Links ]

THISSEN, D. Multilog: multiple, categorical item analysis and test scoring: Using Item Response Theory. Chicago: Scientific Software, Inc., 1991. [ Links ]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.