Paz na sala de aula e uma condicao para o sucesso escolar: que revela a literatura?

Rosilene Beatriz Lopes

Resumo


O objetivo deste artigo e discutir o tema indisciplina como contribuicao visando a uma proposta de educação para a paz, por meio da investigação seletiva da literatura. A contemporaneidade requer a superação do autoritarismo, da opressao e da submissao nas escolas. Para construir processos educacionais autônomos e solidarios, dialogicos, emancipatorios e cooperativos, de acordo com Freinet, Freire e outros grandes educadores, este trabalho oferece algumas sugestoes para a escola: (i) equipes de intervencao para resolução de problemas, buscando a autogestao escolar, por meio do desenvolvimento de projetos educativos; (ii) curriculos significativos, haja vista que concorrem para despertar nos alunos o desejo de aprender, e (iii) o dialogo como meio de pactuar modos de convivencia social, com respeito ao amplo leque de diversidades, concebido como riqueza cultural.

Palavras-chave


Disciplina escolar; Violencia escolar; Formação de educadores; Gestao escolar

Referências


AMADO, J. A indisciplina e a formacao do professor competente. [S.l., 20--?]. Disponivel em: . Acesso em: 06 out. 2009.

AQUINO, J. G. A indisciplina na escola atual. Revista da Faculdade de Educacao, Sao Paulo, v. 24, n. 2, p.181-204, jul./dez. 1998a.

______. A violencia escolar e a crise da autoridade docente. Cadernos Cedes, Campinas, v. 19, n. 47, p. 7-19, dez. 1998b.

BARBOSA, M. C. S.; XAVIER, M. L. Os primeiros estudos. In: XAVIER, M. L. (Org.). Disciplina na escola: enfrentamentos e reflexoes. Porto Alegre: Editora Mediacao, 2006, p. 23-31.

BEANE, A. L. A sala sem bullying. Porto: Porto Editora, 2006.

BOGGINO, N. Como prevenir la violencia en la escuela: estudio de casos y orientaciones practicas. Rosario: Homo Sapiens Ediciones, 2005.

CAEIRO, J.; DELGADO, P. Indisciplina em contexto escolar. Lisboa: Instituto Piaget, 2005.

CARITA, A.; FERNANDES, G. Indisciplina na sala de aula. Lisboa: Editorial Presenca, 2002.

CHRISPINO, A.; CHRISPINO, R. S. P. Politicas educacionais de reducao da violencia: mediacao do conflito escolar. 2 ed. Sao Paulo: Biruta, 2011.

COLOMBIER, C.; MANGEL, G.; PERDRIAULT, M. A violencia na escola. Sao Paulo: Summus, 1989.

DEBARBIEUX, E.; BLAYA, C. Violencia nas escolas e politicas públicas. Brasilia: UNESCO, 2002.

DELORS, J. et al. Educacao: um tesouro a descobrir. Sao Paulo: Cortez, 2001.

DEMO, P. Eticas multiculturais: sobre convivencia humana possivel. Petropolis: Vozes, 2005.

DEWEY, J.Vida e educacao. 5. ed. Sao Paulo: Editora Nacional, 1959.

DURKHEIM, E. As regras do metodo sociologico. Sao Paulo: Ed. Martin Claret, 2002.

ECCHELI, S. D. A motivacao como prevencao da indisciplina. Educar em Revista, Curitiba, n. 32, p.199-213, 2008.

ESTRELA, M. T. Relacao pedagogica: disciplina e indisciplina na aula. 4 ed. Porto: Porto Editora, 2002.

FELOUZIS, G. A eficacia dos professores. Porto: Res, 2000.

FLEURI, R. M. Entre disciplina e rebeldia na escola. Brasilia: Liber Livro Editora, 2008.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: historia da violencia nas prisoes. 18. ed. Petropolis: Vozes, 1998.

FREINET, C. L'education morale et civique. 5e ed. Cannes: Editions de l'Ecole moderne francaise, 1960. p. 86. (Serie Bibliothe?que de l'e?cole moderne.). Disponivel em: . Acesso em: 07 ago. 2009.

______. Pedagogia do bom senso. Sao Paulo: Martins Fontes, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

______. Pedagogia da autonomia: saberes necessarios à pratica educativa. Sao Paulo: Paz e Terra, 1997.

______. Pedagogia da indignacao: cartas pedagogicas e outros escritos. Sao Paulo: UNESP, 2000.

GADOTTI, M. Projeto politico-pedagogico da escola cidada. In: Salto para o futuro: construindo a escola cidada: projeto politico-pedagogico. Brasilia, DF: Ministerio da Educacao e do Desporto, Secretaria de Educacao a Distância, 1998, p. 15-22.

GOMES, C. A. A educacao em novas perspectivas sociologicas. 4. ed. Sao Paulo: Ed. Pedagogica e Universitaria, 2005.

______. Poder, autoridade e lideranca institucional na escola e na sala de aula: perspectivas sociologicas classicas. Ensaio: aval. pol. públ.edu. Rio de Janeiro, v. 17, n. 63, p. 235-261, abr./jun. 2009.

GOMES, C. A.; PEREIRA, M. M. A formacao do professor em face das violencias nas escolas. Cadernos de Pesquisa, Sao Paulo, v. 39, n. 136, p. 201-224, jan./abr. 2009.

GOMES, M.; LOPES, R. B. Percepcao dos professores do ensino fundamental sobre indisciplina na escola. In: SEMINARIO DE PESQUISA E POS-GRADUACAO, 6., 2005, Montes Claros; SEMINARIO DE INICIACAO CIENTIFICA, 4., 2005, Montes Claros. Anais... Montes Claros: Universidade Estadual de Montes Claros-Unimontes, 2005.

GOOD, T. L.; BROPHY, J. E. Looking in classrooms. Nova York: Harper & Row, 1984.

JARES, X. R. Educacao e conflito: guia de educacao para a convivencia. Porto: Asa Editores, 2002.

KOUNIN, J. S. Discipline and group management in classrooms. New York: Holt, Rinehart and Winston, 1970.

LAPASSADE, G. Grupos: organizacoes e instituicoes. 3. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1989.

LOBROT, M. A favor ou contra a autoridade. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.

MACHADO, N. J. Educacao: projetos e valores. 3. ed. Sao Paulo: Escrituras, 2000.

MANACORDA, M. A. Historia da educacao: da antiguidade aos nossos dias. 6. ed. Sao Paulo: Cortez, 1997.

OLIVEIRA, V. A.; LOPES, R. B. Indisciplina no cotidiano da sala de aula: estudo de caso. Humanidades: revista dos cursos das Ciencias Humanas, Montes Claros, v. 1, n. 2, p. 18-28, jan./dez. 2006.

PEREIRA, B. O. Para uma escola sem violencia: estudo e prevencao das praticas agressivas entre criancas. 2. ed. Coimbra: Fundacao Calouste Gulbenkian; Fundacao para a Ciencia e Tecnologia, 2008.

PEREIRA, L. A escola numa area metropolitana. Sao Paulo: Pioneira, 1967.

PERRENOUD, P. Dez novas competencias para ensinar. Porto Alegre: Artes Medicas Sul, 2000.

PIAGET, J. O julgamento moral na crianca. Sao Paulo: Mestre Jou, 1977.

RATHS, L. E. Ensinar a aprender: teoria e aplicacao. 2. ed. Sao Paulo: Herder, 1977.

ROGERS, C. R. Liberdade para aprender. 4. ed. Belo Horizonte, MG: Interlivros, 1978.

SAVIANI, D. Historia das ideias pedagogicas no Brasil. 2 ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

TULESKI, S. C. et al. Voltando o olhar para o professor: a psicologia e a pedagogia caminhando juntas. Revista do departamento de psicologia, Niteroi, v. 17, n. 1, p. 129-137, jan./jun. 2005.

VEIGA, I. P. A. Projeto politico pedagogico da escola: uma construcao possivel. Campinas: Sao Paulo, Papirus, 1998.

XAVIER, M. L. Os incluidos na escola: a negacao do processo de disciplinamento. In:______ (Org.). Disciplina na escola: enfrentamentos e reflexoes. 2 ed. Porto Alegre: Editora Mediacao, 2006, p. 145-157.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.