A formação do professor no seculo XXI segundo uma abordagem da historia da educação medieval

Terezinha Oliveira

Resumo


Nosso proposito e tratar da formação docente no Brasil tendo por fio condutor a historia e a historia da educação, apoiando-nos em textos de Tomas de Aquino. Para nos, no processo de formação de professores, e preciso que os profissionais nele envolvidos tenham uma nocao clara de que o ensino e a aprendizagem ocorrem quando estes personagens tem consciencia da necessidade de compreender a “essencia” intelectual do homem. Por isso, recuperamos o mestre dominicano para explicitar que o conhecimento se efetiva quando ha entendimento de que os homens sao, por excelencia, seres sociais. Baseados nesses principios, examinaremos os dados sobre o ensino no Brasil, valendo-nos das reflexoes do mestre medieval para mostrar quao relevante e para um pais que as pessoas tenham o conhecimento adquirido pela e na historia. Em termos teoricos, nossos argumentos seguem os principios da historia social, com especial atencao para a ideia de longa duração.


Palavras-chave


Conhecimento; Tomas de Aquino; Formação docente

Referências


ARENDT, H. A crise na educao. In: ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. So Paulo: Perspectiva, 2009. p. 221-247.

ARISTTELES. tica a Nicmaco. Braslia: UnB, 1985b. era a

ARISTTELES. Politica. Braslia: UnB, 1985b. era b

BLOCH, M. Apologia da histria ou o ofcio do historiador. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BRASIL. Ministrio da Educao. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Ansio Teixeira. Censo escolar da educao bsica 2016: notas estatsticas. Braslia, DF, 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATSTICA IBGE. Pesquisa nacional por amostra de domiclios: sntese de indicadores 2015. Rio de Janeiro, 2016. Disponvel em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

KANT, E. Sobre a pedagogia. Piracicaba: Unimep, 1999.

LE GOFF, J. Os intelectuais na Idade Mdia. Rio de Janeiro: Jos Olympio, 2003.

LIBNEO, J. C. Diretrizes curriculares da pedagogia: imprecises tericas e concepo estreita da formao profissional de educadores. Educao & Sociedade, v. 27, n. 96, esp., p. 843-76, out. 2006. https://doi.org/10.1590/S0101-73302006000300011.

MATOSO, F. Em 79 lugar, Brasil estaciona no ranking de desenvolvimento humano da ONU. Braslia DF, 21 mar. 2017. Disponvel em: . Acesso em: 21 mar. 2017. NUNES, B. T. Teacher education is it beating its head on a brick wall? Revista Ensaio: Avaliao e Polticas Pblicas em Educao, v. 26, n. 98, p. 32-51, jan./mar. 2018. https://doi.org/10.1590/SO104-40362018002601337.

OLIVEIRA, T. Reflexes sobre a Reforma Sucupira e as Cartas de D. Dinis: possvel um dilogo da universidade na histria? Srie-Estudos, Campo Grande, v. 22, n. 46, p. 137-54, set./dez. 2017. https://doi.org/10.20435/serie-estudos.v22i46.1096

OLIVEIRA, T.; MENDES, C. M. M.; SANTIN, R. H. Contribuies de Jacques Le Goff para a Histria da Educao Medieval: totalidade e longa durao nos estudos sobre os intelectuais. Brathair, v. 16, n. 2, p. 235-250, 2016.

RODRIGUES, M. F. 44% da populao brasileira no l e 30% nunca comprou um livro, aponta pesquisa Retratos da Leitura. Estado, Cultura. 18 maio 2016. Disponvel em: . Acesso em: 10 jan. 2018.

SAVIANI, D.; DUARTE, N. A formao humana na perspectiva histrico-ontolgica. Revista Brasileira de Educao, v. 15, n. 45, p. 422-33, set./dez. 2010.

SEVERINO, A. J. Educao, trabalho e cidadania: a educao brasileira e o desafio da formao humana no atual cenrio histrico. So Paulo em Perspectiva, v. 14, n. 2, p. 65-71, abr./jun. 2000. https://doi.org/10.1590/S0102-88392000000200010

TOMS DE AQUINO. A unidade do intelecto contra os averrostas. Lisboa: Edies 70, 1999.

TOMAS DE AQUINO. Do reino ou do governo dos principes ao Rei de Chipre. In: TOMAS DE AQUINO Escritos politicos de Tomas de Aquino. Petropolis: Vozes, 1997. p. 123-72.

TOMAS DE AQUINO. Sobre o ensino (de magistro) e os sete pecados capitais. Sao Paulo: Martins Fontes, 2001.

TOMAS DE AQUINO Suma de teologia. Sao Paulo: Loyola, 2002. IIae,questao 79. As potencias intelectivas.




DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002601609

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Ensaio: Avaliação e Politicas Públicas em Educação

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.